Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Mercado de franquias cresce no primeiro trimestre de 2018 com segmento alimentício em constante aumento de receita

16/08/2018

Hoje, ter uma franquia é motivo de grande sucesso para empresários brasileiros, especialmente se ela for do setor de alimentação. Isso porque, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o primeiro trimestre de 2018 registrou um crescimento de 5,1% se comparado ao mesmo período do ano passado, com uma diferença de faturamento positiva, de mais de R$1,8 bilhão. Além disso, dentre os vários segmentos existentes no País, o alimentício é o mais tradicional e que apresentou a maior alta com relação a 2017, cerca de 7%.

Outro bom motivo para se aventurar neste tipo de negócio é que ele é um dos que apresenta um constante aumento de receita, devido, principalmente, ao aprofundamento do hábito de se alimentar fora de casa do cidadão, do reconhecimento de suas marcas e das constantes ações de comunicação para atrair o consumidor.

Segundo Elaine Buzziol, diretora financeira da franquia Salomé Bar, franquia do segmento de boteco, o ano de 2017 foi excelente para franquia, tendo superado as expectativas com relação ao faturamento. “Só em 2017, tivemos um faturamento total de R$ 16.500.000. No primeiro semestre de 2018, registramos o valor de R$9.110.000; e esperamos que, até o final do ano, possamos atingir a inédita marca de R$20 milhões”.

Mas o que é preciso ser feito para se ter uma franquia de sucesso a ponto de se tornar exemplos positivos no mercado? Essa é uma dúvida que a grande maioria das pessoas que desejam abrir seu próprio negócio tem, principalmente em tempos de economia instável. Dentre os muitos segredos, alguns até secretos, a Elaine compartilhou conosco um pensamento que deve ser colocado em prática todos os dias.

“Para nós, o mais importante de tudo é manter uma boa relação entre franqueado e franquia. Só assim é possível ter eficiência e eficácia no ramo de alimentação ou em qualquer outro de interesse. Nós trabalhamos em conjunto com o mesmo objetivo e procuramos manter nossos clientes engajados em um relacionamento firme e próximo”.

Outro ponto que deve ser encarado pelo empreendedor é o do investimento. Não há crescimento, fortalecimento de marca, nem clientes fidelizados sem investir em seu próprio negócio. E isso não é só logo na abertura de um empreendimento, é um tipo de trabalho que deve ser realizado para sempre.

“Uma ótima maneira de investir é participar de feiras de franquias até para você conhecer o que o seu concorrente anda oferecendo aos clientes, como também poder chegar até o seu público-alvo, de maneira próxima e objetiva”, explica Elaine.

No caso da Rede Salomé Bar, por exemplo, com mais de 10 anos de mercado, o objetivo agora é focar em regiões onde ainda não há uma franquia aberta. “Agora, estamos prontos para isso depois da ótima experiência que tivemos em regiões não tão próximas da matriz, como a Norte e Nordeste”, finaliza a diretora financeira.

 

Se você está pensando em entrar para o mercado de franquias, estes artigos podem te ajudar:

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS