Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Empreender transforma realidade de Dracena com franquia de delivery online

11/03/2019

Franquia Delivery Much

Com foco na entrega de valor, Allan Faveri, empreendedor Delivery Much, em Dracena – SP, transformou o delivery online em uma nova fonte de renda para o comércio local.

Com população de 46.536 mil habitantes, Dracena está localizada a 650 KM de São Paulo. Com pouco mais de 70 anos, tem um PIB (Produto Interno Bruto) per capita de R$ 24.326,29 e economia voltada ao terceiro setor.

Fator que, como destaca Allan Galdino de Faveri, empreendedor Delivery Much, por falta de oportunidades, leva os moradores locais a empreender ou buscar oportunidades em outras cidades.

Nascido e crescido em Dracena, com todos os laços na cidade, Faveri se diz apaixonado pela região e faz parte do primeiro grupo: pessoas que acreditam e empreendem na cidade.

Empreender para impactar e causar mudanças

No whatsapp, Faveri desconstrói o imaginário futebolístico. Em meio a troca de mensagens, para agendar a entrevista, ele conta que Edu Dracena, aquele da seleção, se chama na verdade Eduardo Abonizio e ficou conhecido assim por ser da cidade.

Empreendedor Delivery Much há 10 meses, Faveri atende a ligação em seu escritório, ao fundo um quadro da cidade, que, em várias oportunidades, faz questão de dizer que ama.

Ele conta apostar no delivery online graças à paixão pela tecnologia, alimentação e por visualizar uma oportunidade que não fazia parte da realidade de Dracena até março de 2018.

Com experiência de dois empreendimentos mal sucedidos, Faveri percebeu no delivery online uma importante porta para inovar, empreender com segurança – uma vez que conta com o apoio da franqueadora – e causar impacto positivo na região.

“Me adiantei”, conta ele, “Estamos vivendo no Brasil um momento de expansão dos apps de delivery e se não fosse eu a trazer a novidade para cidade, alguém iria trazer.”.

Previsão que acabou ocorrendo. Após adquirir a franquia, Faveri descobriu: haveria concorrência; outros dois aplicativos de delivery online chegaram à cidade no mesmo mês.

Passado o susto inicial, a concorrência serviu como estímulo e em menos de um ano a franquia já recebe mais de 6 mil pedidos por mês e se destaca entre as mais produtivas da rede Delivery Much.

Faveri conta ter se visto em meio a uma “fogueira”. Não havia margem para erros, mas para trabalho duro e focado. “Teve dias que cheguei a visitar até dez restaurantes, muitos deles com a negociação levando mais de uma hora”, comenta e acentua: “virou uma obsessão fazer o negócio dar certo”, meta que aos poucos se consolidou.

Num primeiro momento, nas negociações com os restaurantes, Faveri destaca ter desenhado uma estratégia de parceria e entrega de valor. Ponto positivo que o destacou entre os concorrentes.

Além disso, ele aponta a força hiperlocal. “Muitos dos parceiros, por já me conhecerem, daqui da cidade mesmo, acreditaram na ideia e fechavam contrato de exclusividade. Então, quando o usuário entrava em outro aplicativo, não encontrava boas opções”, explica.

A parceria foi nosso diferencial. Ou seja, havia parceria de um lado e de outro apenas um fornecedor. Além disso, havia também uma mentalidade predatória dos concorrentes, tentando vender ao restaurante a qualquer custo. Houve parceiros que me ligavam falando: fulano diz que faz qualquer negócio para eu não ser parceiro da Delivery Much, aceita trabalhar abaixo do custo só para encerrar a parceria com você

A estratégia deu tão certo que ao longo do trabalho um dos concorrentes acabou desistindo da cidade e o outro não obteve sucesso devido ao modelo de negócio.

De um lado, os concorrentes ofereciam um aplicativo e nada mais. Um deles, lembra Faveri, cobrava taxa de adesão. A política não funcionou, pois antes mesmo da entrega de resultado, já havia cobrança, algo que colocava os empresários em alerta e era o oposto do oferecido pela Delivery Much Dracena.

O grande trunfo enfatiza Faveri é a entrega de valor ao usuário e ao parceiro.“Sempre ofereci solução”, destaca e segue: “mostrei a meus parceiros que iria investir neles. Divulgar os restaurantes e os produtos e ainda trazer novos clientes e eles, por outro lado, não tinham nenhum compromisso comigo. O risco era 100% meu”.

A proposta trabalhada por Faveri é uma das várias possíveis dentro da rede de franqueados Delivery Much. Cada cidade, cada região, tem sua peculiaridade e o que pode funcionar em um local pode não funcionar em outro. O ponto é entender qual o melhor formato para cada realidade.

Foco no cliente: a estratégia vencedora

A exemplo de outras franquias da rede, os primeiros momentos foram de quebra de barreiras e de prova que a solução traria bons resultados aos restaurantes e aos usuários.

Em Dracena, o discurso seguia pela via do “não é possível subir o número de pedidos que já temos”. Em outras palavras, os empresários acreditavam que apenas haveria migração dos pedidos feitos por telefone para o app e, como ônus, o pagamento da comissão ao aplicativo.

Faveri define este como seu principal desafio, pois estava inserido no imaginário local. A fórmula encontrada foi mostrar que haveria incremento de clientes. Nos casos mais relutantes, a ferramenta foi trabalhada em regime de teste de dois ou três meses.

Testes feitos, provou-se um incremento de venda aos restaurantes e um novo mercado na cidade: o de entregas. No início, um problema, pois muitos dos restaurantes que aderiram ao delivery atendiam apenas no salão e o número de motoboys não atendia à demanda.

Para solucionar o problema Faveri desenhou uma estratégia de divulgação do delivery para entregadores parceiros. Em pouco tempo, havia uma lista de motoboys compartilhada com os restaurantes, que acionavam o entregador que preferiam e pagavam por entrega. “Ou seja, não havia necessidade de um funcionário fixo, e caso um entregador não tivesse condições de prestar o serviço não havia prejuízo para o restaurante, porque havia muitas outras opções”, relata.

O trabalho rendeu frutos em todas as pontas. Houve sensível melhora no número de pedidos para restaurantes que tem o delivery. Em alguns casos, as entregas são responsáveis por até 15% da receita total do estabelecimento e gerou muitos empregos diretos e indiretos.

Prova, segundo Allan, que o volume de pedidos que circulam no aplicativo são pedidos que não existiam.

O que é perceptível em toda a cadeia envolvida são novos empregos diretos, dentro do restaurante e indiretos com os entregadores. Então, há muitas vendas a mais, muitos empregos a mais. Isso é prova de que o mercado cresceu. Por exemplo, tenho parceiros que antes da Delivey Much não faziam entregas. Havia muita dúvida, questões com entregadores e hoje um destes casos tem na entrega cerca de 15% da renda do estabelecimento.

Expansão: lições aprendidas

Após 6 meses com a franquia, Faveri observando os bons resultados em toda a cadeia, sentiu que podia ampliar seu negócio e adquiriu Junqueirópolis, cidade vizinha à Dracena.

Contudo, o sucesso não foi replicado. Embora a cidade faça parte da mesma realidade de Dracena, um fator determinou a falha do negócio: o número de restaurantes era muito pequeno e apenas 5 aderiram ao delivery.

Havia uma base interessante levando em conta o número total de restaurantes da cidade, que varia entre 10 e 15 estabelecimentos, contudo contratempos como fechar para reforma, não conseguir atender a demanda e até mesmo encerrar as atividades ocorreram a 4 dos 5 cadastrados no aplicativo e ao usuário apenas uma opção não atendia o problema.

O problema deu a Faveri mais fôlego e aprendizado. Ele destaca focar esforços na pluralidade e substituição. “Então, hoje tenho no Delivery ao menos dois parceiros de cada produto, pois se houver problema em um, o usuário ainda tem um fornecedor daquele produto”.

Outro aprendizado importante é o de não atender uma cidade muito pequena ou muito distante. Segundo Faveri, há um risco muito grande que é minimizado em cidades um pouco maiores. “Sempre vai haver uma parte da cidade que não está com você, mas a parte que está é o suficiente para sustentar o negócio”, enfatiza.

Além disso, ele frisa a importância de ser presente. Algo muito importante para a entrega de valor. Mesmo em um negócio digital, o ponto central é sempre estar disponível para resolver problemas, “muitas vezes dando suporte com computadores, suporte com impressora e até mesmo com internet”, salienta e segue: “pelo olhar do restaurante, ele não quer saber do motivo pelo qual o sistema não está funcionando, ele quer uma solução. Então uma cidade longe me impediria de dar esse apoio”.

Olhando para 2019, Faveri se diz feliz com o negócio e com foco em continuar prestando um ótimo trabalho. “Nosso grande diferencial é ser um parceiro do restaurante. Me posicionar sempre oferecendo valor para os usuários e para os restaurantes. Porque comida por comida, o usuário já tinha essas opções antes, então tem que oferecer alguma coisa a mais, e essa coisa a mais não pode ser abstrata, o usuário precisa sentir que ele está tendo algum benefício, do contrário ele para de usar”, finaliza.

Sobre a Delivery Much

A Delivery Much (DM) é uma franquia de delivery de comida online. Presente em mais de 180 cidades, a empresa é o maior aplicativo de delivery online do interior do Brasil atendendo cidades com população entre 30 e 250 mil habitantes, podendo chegar até 500.

Simples e intuitiva, a DM – por meio da plataforma, que pode ser acessada por site ou app (Android e iOS) -, conecta estabelecimentos e clientes, possibilitando ao usuário selecionar o restaurante, cardápio, forma de entrega e pagamento em poucos minutos.

Quer ser dono do seu próprio negócio? Fale com um consultor da Delivery Much, acesse: Franquias Delivery Much

 


 

Investir no segmento de alimentação poder ser um ótimo negócio. Veja algumas opções de franquias: