ABF divulga balanço de 2005 em coquetel de confraternização

16/12/2005

ABF comemora avanços em 2005 e anuncia novidades para o ano que vem

Brasil será sede pela primeira vez do World Franchise Council

 

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) comemora os avanços do setor em 2005 e anuncia expectativas e ações para o próximo ano.

Em seu primeiro ano à frente da ABF, Artur Grynbaum, presidente da ABF e vice-presidente do Boticário, concentrou esforços na busca pelo reconhecimento da importância do franchising no cenário sócio-econômico do país.

Para tanto, atuou firmemente na abertura de novas oportunidades no exterior, no desenvolvimento de franquias públicas e nas atividades do  Fórum Setorial de Franquia junto ao Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior.

A ABF, hoje, é o órgão máximo de representatividade do franchising junto ao Governo Federal e está acompanhando de forma pró-ativa os trâmites do  Projeto de Lei de Franquia,  que propõe alterações na legislação que rege o setor. A associação também desenvolveu um trabalho em conjunto com o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para agilizar o registro das marcas, que atualmente pode demorar até seis anos.

Com a reabertura do Fórum de Franquia, em agosto de 2004, a ABF criou uma cartilha para a divulgação do conceito de franchising e iniciou a participação nas feiras internacionais, que fazem parte do acordo com a Agência de Promoção de Exportações do Brasil (APEX-Brasil). Essa parceria visa a exportação das marcas nacionais e tem como foco os mercados mexicano, americano, português e espanhol.

Este ano, a ABF ampliou os serviços oferecidos aos associados através de convênios e novas parcerias, aumentou o número de cursos com oferta também em outros Estados, expandiu as atividades para outras regiões do país por meio das coordenadorias Nordeste e Minas Gerais, e criou um novo canal de comunicação com o mercado, a Revista Franquia ABF. Além disso, o portal do franchising, outro canal de comunicação da entidade, registrou um recorde de visitação com cerca de 700  mil page views em 2005.

Em 2004, o setor movimentou R$ 31,6 bilhões. Este ano, o crescimento deve ser de aproximadamente 9% sobre o ano passado, e para 2006 a expectativa é  manter o mesmo ritmo de crescimento em torno dos 10%.

 

Convênios para apoio ao desenvolvimento do setor

A ABF firmou recentemente um convênio de cooperação técnica com o Banco do Brasil, por meio do qual franqueadores e franqueados terão à disposição uma rede de 90 agências capacitadas para atender às necessidades dos empresários do sistema com condições especiais. As agências estão distribuídas por todas as capitais do país, sendo que São Paulo e Rio de Janeiro terão 25 e oito agências, respectivamente.

O Banco do Brasil passa a oferecer produtos e serviços customizados para o segmento e a expectativa é que, em um ou dois anos, todas as suas agências estejam aptas para oferecer produtos prontos e desenvolvidos especialmente para as franquias.

Outro importante acordo foi selado com a Caixa Econômica Federal, no qual serão oferecidos produtos como capital de giro, antecipação de receitas, financiamento para investimentos, empréstimo consignado, folhas de pagamento e cobrança bancária, entre outras. As linhas de crédito para os franqueadores vão atender desde micro até empresas de grande porte, que poderão financiar de R$ 20 mil até R$ 2 milhões, valor pago em até 60 meses. As taxas de juros variam de 0,83% am a 3,53% am.

Com a forte atuação da ABF junto ao Fórum de Franquias, o BNDES por sua vez, aumentou o limite do seu cartão de crédito para franquias de R$ 50 mil para R$ 100 mil.

           

 Expectativas para 2006

 

O ano de 2006 será um marco para o franchising nacional.

Em outubro, pela primeira vez será realizada no Brasil a reunião anual do World Franchise Council que contará com representantes da França, Inglaterra, Alemanha, Canadá, Austrália, EUA, China, Filipinas e México.

 

            A ABF acaba de renovar o acordo com a APEX com vistas a dar continuidade aos esforços para a internacionalização das marcas nacionais.

            A ABF Franchising Expo 2006 também contará novamente com um pavilhão internacional que reunirá delegações dos seguintes países  Equador, Peru, Argentina, Venezuela, México e Espanha. Todos esses países são membros da Federação Ibero Americana de Franquias (FIAF), que recentemente foi reinstalada.

             Além disso, durante a ABF Franchising Expo 2006 acontecerá em conjunto com o SEBRAE a  Rodada de Negócios . A  principal finalidade da Rodada de Negócios é aproximar potenciais compradores e vendedores para que negociem produtos, realizem joint-ventures, sociedades, investimentos, transferência de tecnologias, etc. Ao participar das reuniões, as empresas podem identificar novos fornecedores e parcerias capazes de suprir as necessidades do seu processo de comercialização.

Avaliação

NOTÍCIAS RELACIONADAS