Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

Escolha pelo menos um opção para sua busca

Como ganhar dinheiro com franquias? Confira 10 dicas excepcionais

19/06/2018

Como ganhar dinheiro com franquias

Por se tratarem de negócios mais maduros e testados no mercado, as franquias largam na frente se comparadas à empresas comuns quando o assunto é ganhar dinheiro. Isso porque, quando você adquire uma franquia, obtém junto todo o know how desenvolvido pelos franqueadores para tornar o negócio lucrativo. Ou seja, a receita do sucesso está ali, basta seguí-la à risca. No entanto, na prática, nem sempre é isso o que acontece. Se o franqueado não respeitar as estratégias definidas pela rede ou cometer erros crassos, o negócio pode ir por água abaixo. Para evitar que isso aconteça com você, que está aí pensando em comprar uma franquia, consultamos especialistas em franchising que deram as melhores dicas de como ganhar dinheiro com franquias em cada uma de suas fases, desde a inauguração até a maturação do empreendimento.

Antes de tudo, você precisa entender que há infinitas possibilidades de se ganhar dinheiro com franquias. Alguns fatores como o tipo de negócio, segmento, produto e/ou serviço oferecido, além dos modelos de gestão e colaboradores podem interferir nos resultados, tanto para cima quanto para baixo. Por isso, a primeira dica é escolher muito bem a rede com a qual você irá trabalhar.

Para a especialista em franchising e diretora da Franquear Consultoria, Milena Lidor, a escolha da franquia é a decisão mais difícil e importante para o franqueado que pretende ganhar dinheiro nesse setor. E é exatamente por isso que ela recomenda que essa aquisição seja muito bem planejada e coerente.

“Uma vez que você optou por investir em franquias, é preciso aprender o trabalho com total dedicação. A rede franqueadora te ajudará oferecendo informação e conhecimento sobre o negócio, produto e serviço que será oferecido aos consumidores. Vale também entender se a sua franquia casa bem com as necessidades da região onde a unidade será montada”.

 

Para deixar mais claro, confira abaixo as dicas infalíveis para ganhar dinheiro com franquias do início ao sucesso do negócio. As dicas são da consultora Milena Lidor:

 

    • Se identifique com o segmento: escolha uma área de mercado com a qual você se identifique. Não escolha um segmento específico visando ou atraído apenas pela lucratividade que o negócio ‘promete’. Se você não acordar de manhã contente em ir para sua empresa, nunca vai conseguir ganhar dinheiro com ele, quem dirá inspirar pessoas e expandir os seus negócios.

 

    • Escolha a franquia certa: escolha uma franqueadora que realmente mostre domínio sobre o negócio e o segmento em que atua. Tenha certeza de que ela tenha testado todas as possibilidades operacionais. Para aprofundar esse conhecimento, ao escolher a franquia, visite a unidade piloto e veja de perto como funcionam as estratégias de operação e a gestão administrativa.

 

    • Conheça o histórico da rede: converse com franqueados da rede escolhida e analise o seu histórico de operações. Conhecer bem a franquia, inclusive sua história, pode ser um diferencial bastante positivo na hora de conquistar os primeiros clientes.

 

    • Analise dados e contratos com cautela: analise cautelosamente todos os documentos que lhe forem disponibilizados com a ajuda de profissionais como, por exemplo, advogados e consultores que possam questionar detalhes que poderiam passar desapercebidos por você. Entre os principais documentos estão a Circular de Oferta de Franquias (COF), o contrato de franquia e demonstrativos financeiros. Se necessário, você também pode solicitar ajustes nesses acordos. Dessa forma, você poderá afinar os possíveis resultados com a realidade da cidade e região onde a sua franquia será instalada. O Brasil tem dimensões continentais e cada local pode ter a sua particularidade.

 

    • Foco no treinamento: ao entrar definitivamente para a rede é hora de preparar- se para aprender a ganhar dinheiro com o negócio. Você deve participar de todos os treinamentos voltados a novos franqueados. Neste momento, esqueça o celular, as pendências do dia a dia  quaisquer preocupações. Tenha apenas uma coisa em mente: estudar absolutamente tudo sobre o negócio. Foque, concentradamente, no que pode dar certo mas, principalmente, o que pode dar errado (com base na experiência do franqueador e outros franqueados).

 

    • Inaugure bem e controle os gastos: nesta fase, provavelmente, a rede franqueadora vai lhe orientar nos mínimos detalhes para que tudo saia da forma prevista. Siga tudo à risca. Fazer uma boa inauguração gera uma reputação positiva para a marca e, claro, para a unidade. Antes de abrir as portas, treine muito bem a sua equipe com a técnicas de atendimento elaboradas pela marca. Ao abrir as portas, coloque em prática aquilo que lhe foi apresentado. É importante também que você controle bem os orçamentos e não gaste mais do que planejado no demonstrativo financeiro que a franqueadora lhe apresentou. Caso opte por fazer mais investimentos, considere esses valores nas finanças do negócio.

 

    • Meça os resultados: uma das principais funções do franqueado é medir corretamente os resultados financeiros da sua franquia. Para ajudar, algumas redes possuem e oferecem softwares de gestão até 100% automatizados. Periodicamente você deverá analisar as entradas/saídas e verificar com a franqueadora se os resultados estão saindo como o planejado.

 

    • Analise a sua trajetória: após algum tempo de operação, você certamente terá uma dúvida enorme para saber se o que a franqueadora está te orientando é realmente o ideal para o negócio ou, ainda, se você tem de estar presente na franquia todos os dias. Mas saiba que as redes de franquias pesquisam muito antes de implantar algo para na rede. Elas também possuem departamentos próprios (comercial, marketing, etc) para auxiliar os franqueados na divulgação da marca. Se os resultados estão saindo com o planejado, mantenha a trajetória e concentre os esforços na operação. Do contrário, converse com a rede para verificar o que pode ser corrigido e o que não está saindo como programado.

 

    • Tenha bom relacionamento: a relação entre franqueado e franqueadora deve ser baseada em uma típica parceria. Ou seja, quanto melhor a relação entre as partes, mais transparente serão os resultados e as soluções. Evite, então, gerar discussões desnecessárias ou conflitos internos. Quanto melhor a relação e mais alinhada a estratégia, os resultados serão melhores para ambos.

 

    • A multiplicação para o sucesso: com o negócio indo bem, pode ser a hora de expandir. Com outra unidade, você poderá lucrar mais. As franqueadoras costumam facilitar a abertura de novas unidades para quem já é franqueado da rede. Principalmente se eles vão bem.

 

 

Estratégias internas

Algumas estratégias podem não ser passadas pelas franquias. Um exemplo é a manutenção de páginas ou blogs na internet. Segundo Milena Lidor, da Franquear, as mídias online e offline devem ser complementares. Ou seja, caso a rede franqueadora não elabore planos de ação que integrem a unidade física ao ambiente da internet, você mesmo pode criar soluções para fazê-lo.

Outra forma de analisar os ganhos do negócio e avaliar se a sua franquia está mesmo dando dinheiro é através do KPI. A sigla que, em inglês, significa Key Performance Indicator, representa um indicador chave de desempenho por onde o franqueado poderá analisar o comportamento financeiro da unidade. Vale compará-los com franqueados de sucesso. A marca já tem um KPI desenvolvido para aplicar em suas unidades.

 

_______________________________________________________________________

 

Confira outros materiais que o Portal do Franchising preparou para ajudar você a escolher a sua franquia:

_______________________________________________________________________

Por Sammy Eduardo

 

 

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS