Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Maxilabor Diagnósticos aderiu ao franchising

26/06/2018

Franquia Maxilabor

Objetivo é chegar a 200 unidades franqueadas nos próximos 6 anos

São Paulo, junho de 2018 – O MAXILABOR Diagnósticos abriu, em outubro de 2017, um processo de venda de franquia com o objetivo de alcançar as principais capitais brasileiras e, ainda, cidades com população acima de 200 mil habitantes. Com esta iniciativa, o laboratório pretende, não só aumentar a divulgação de sua marca (há 19 anos no mercado), como também atender a uma demanda que cresce a cada dia, por força de uma lei já estabelecida: a Lei 13.103 (*)

O objetivo para 2018 é inaugurar mais 40 franquias e chegar a 200 unidades nos próximos 6 anos. Vale dizer, que o MAXILABOR possui, atualmente, 22 unidades próprias, uma unidade franqueada em Taboão da Serra (SP) e 7 em implantação. Temos em negociação outras 9 unidades.

Para se tornar um franqueado MAXILABOR é preciso atender a algumas exigências como: instalações com cerca de 30 m², até 2 funcionários e um investimento em torno de R$ 25 mil, já incluída nesse montante o valor da taxa de franquia, que é de R$ 15 mil. Por se tratar de uma franquia na área da saúde, é, ainda, necessário, abrir uma empresa caracterizada como posto de coleta com CNAE (Código de Atividade Econômica) específico e atender a toda a legislação sanitária aplicável a este tipo de negócio.

Para a abertura da unidade de franquia MAXILABOR, o franqueado conta com orientação e treinamento de toda equipe do laboratório. Assim, o franqueador disponibiliza seus departamentos como produção, comercialização, marketing, entre outros, para todo o suporte que se fizer necessário.

Diante disso, o MAXILABOR, ao abrir este processo de franquia, disponibiliza aos interessados um modelo de gestão de sucesso, pois o franqueado terá a possibilidade de representar uma marca idônea, de tradição e referência nacional e internacional em exames toxicológicos.

Sobre o MAXILABOR

Fundado em 1999 e único no país a possuir médico revisor reconhecido internacionalmente, o MAXILABOR é um laboratório de análises toxicológicas com expertise para analisar as três matrizes: cabelo, saliva e urina. Essas análises são realizadas em território brasileiro, no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo.

Considerado um Centro de Referência Nacional e Internacional em exames toxicológicos, o MAXILABOR tem excelência em seus serviços e, por isso, sua gestão é baseada nos requisitos da Norma Internacional ISO 17025, sendo o primeiro laboratório deste segmento a obter tal acreditação (Certificado – CRL 0270).

Os laudos emitidos pelo MAXILABOR são aceitos no exterior, pois a CGCRE/INMETRO mantém acordos de reconhecimento mútuo com 58 organismos de acreditação de 46 países, o que confere a aceitação da acreditação em todos esses países.

O MAXILABOR é gerido por profissionais que são pioneiros na implantação de Programas Corporativos de Controle do Uso Indevido de Drogas – CUIDE, em empresas nacionais. Trata-se de um programa moderno, justo e eficaz no combate ao consumo de drogas lícitas e ilícitas no ambiente corporativo e conduzido por profissionais da área da saúde, especialistas em Dependência Química e Comportamentos Compulsivos.

Vale ressaltar, que segundo as últimas estatísticas do DENATRAN, o Maxilabor é o primeiro laboratório brasileiro em número de análises realizadas entre março de 2016 (quando a Lei 13.103 entrou em vigor) até julho de 2017: 168.400 exames.

Por fim, o MAXILABOR é o responsável pelas análises toxicológicas dos funcionários das três principais companhias aéreas do país, atendendo a RBAC 120 (Regulamentos Brasileiros de Aviação Civil), através do Programa de Prevenção do uso Indevido de Substâncias Psicoativas na Aviação Civil, que se aplica a qualquer pessoa que desempenhe atividade de risco à segurança operacional na aviação civil, válidos perante à ANAC. E, também, um dos poucos laboratórios de análises toxicológicas que realiza o exame toxicológico exigido para candidatos a concursos públicos.

(*) A Lei 13.103 determina que motoristas com habilitação categorias C, D e E realizem o exame toxicológico na primeira habilitação, renovação ou troca de categoria. Segundo estatísticas do DENATRAN, de março/16 a julho/17, mais de 1,9 milhão de exames foram realizados nos laboratórios credenciados pelo órgão. E, o Congresso Nacional já discute a possibilidade de ampliar a exigência do exame para categorias A e B remuneradas (taxistas, motoristas de aplicativos, etc.) e, em futuro próximo, para todas as categorias de habilitação. Dessa forma, o franqueado já entra em um negócio cuja possibilidade de Retorno sobre Investimento – ROI, poderá ultrapassar o estimado (116% em 3 anos) em mais de mil por cento.

Ficha Técnica – MAXILABOR

Ano de Fundação: 1999
Sede da Franquia: São Paulo (SP)
Ano de entrada no franchising: 2017
Segmento no franchising: setor de saúde
Total de unidades próprias: 21 (fora a sede)
Número total de franquias: uma franquia até janeiro/18
Investimento inicial total: R$ 25.000,00 (Inclusa a despesa com instalação)
Taxa de franquia: R$ 15 mil
Taxa de Marketing: 3% sobre o faturamento
Royalties: 5% sobre o faturamento
Capital de giro: de R$ 4 mil a R$ 6 mil
Faturamento médio mensal: R$ 10 mil
Prazo de retorno: de 12 a 18 meses (para cenário de 200 coletas mês)
Área para instalação: 30 m²
Número de funcionários na operação: No mínimo 2 + 1 operador
Contato para falar sobre franquias: (11) 3050-8960
E-mail de contato: [email protected]
Site: www.maxilabor.com.br

Informações para a imprensa:

Gisela Vendramini
(11) 3050-8960
(11) 99288-9394
Skype: gisela.vendramini


Não perca a maior feira de franquias da América Latin

 

Faça seu credenciamento online para a ABF Franchising Expo 2018, a maior feira de franquias da América Latina.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS