Maple Bear planeja chegar a 200 escolas em operação até 2023
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Com mais alunos e ciclos, Maple Bear planeja chegar a 200 escolas em operação até 2023

18/06/2022

Para este ano, está prevista a abertura de 17 novas escolas em diferentes regiões e 36 mil alunos matriculados no Brasil

Maior rede de escolas bilíngues do mundo, a Maple Bear segue aprofundando sua presença no Brasil. A marca registrou um crescimento no número de matrículas de 18% em 2021 em relação ao ano de 2020, e de 40% em relação a 2019. Atualmente, a rede conta com mais de 170 escolas em operação em todos os estados e o Distrito Federal, somando mais de 30 mil alunos em território nacional. Além disso, com o início do ano letivo em fevereiro de 2022, a Maple Bear planeja atingir a marca de 36 mil alunos matriculados até o fim do ano. Já em relação ao plano de expansão, a meta é atingir 200 escolas em operação até 2023.

Apenas em 2021, a rede canadense inaugurou 20 escolas e tem mais 70 em fase de implantação em diferentes regiões. Já para este ano, a projeção é inaugurar mais 30, gerando investimentos de cerca de R$ 60 milhões. Dentre as regiões alvo para receber uma escola Maple Bear, há destaque para cidades no Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina e Bahia. Em constante expansão, a Maple Bear registrou um aumento considerável não apenas na base de alunos e no número de escolas, mas também nos ciclos de ensino. Este ano, por exemplo, a rede tem mais de 50 escolas com turmas de Ensino Fundamental 2, enquanto mais de 10 já oferecerem Ensino Médio.

“Nosso objetivo é combinar o crescimento geográfico com a expansão das escolas já em operação. Queremos também que os alunos fiquem mais tempo conosco, tendo um ensino bilíngue de alta qualidade durante toda sua formação, o que certamente irá atrair ainda mais famílias”, explica o CEO da Maple Bear para América Latina, André Quintela.

A metodologia canadense – reconhecida como a melhor entre os países de língua inglesa pelo PISA, programa de avaliação da OCDE – existe há mais de 50 anos e atua de forma robusta no desenvolvimento dos jovens, favorecendo o despertar da paixão pelo aprendizado e a abertura de horizontes aqui e no exterior. “Com o mundo cada vez mais globalizado e digital, ter o segundo idioma é fundamental para o mercado de trabalho e para as interações sociais. Visando o desenvolvimento completo das crianças, trabalhamos questões como criatividade, senso crítico, empatia e resolução de problemas, habilidades socioemocionais fundamentais para o Século 21, sendo isso realizado sempre de forma aplicável ao dia a dia”, afirma Quintela.

Segundo dados da Associação Brasileira do Ensino Bilíngue (Abebi), desde 2014 o segmento de educação bilíngue cresceu cerca de 10%. No estado de São Paulo, por exemplo, há uma estimativa de que o número de instituições que atuam com ensino bilíngue passou de 2,8 mil para 4,6 mil nos últimos cinco anos. Além disso, apenas 5,1% das pessoas com mais de 16 anos têm alguma fluência em inglês no Brasil, segundo dados do British Council.

“Nossa abordagem imersiva se mostra muito eficiente, proporcionando um aprendizado duradouro e uma paixão pelo estudo. Por meio de estratégias pedagógicas alinhadas com o currículo brasileiro e canadense, o aluno se torna protagonista do seu aprendizado. Contamos também com profissionais treinados e que recebem visitas periódicas de educadores canadenses. É dessa maneira que criamos um ambiente seguro para nossos alunos desenvolverem o amor pelo conhecimento, em diferentes áreas, ao longo de toda vida”, ressalta Quintela.

O modelo da Maple Bear vem sendo bem aceito no Brasil e no mundo. Em nível global, a rede tem mais de 550 escolas em mais de 30 países, com mais de 45 mil alunos matriculados. Apesar da pandemia de COVID-19, foram 60 acordos para abertura de escolas em 2020 e 2021.

NOTÍCIAS RELACIONADAS