var lazyload = new LazyLoad({ elements_selector: ".lazy" }); }
Brasileirinho Delivery chega a 91 unidades e fatura R$ 70 milhões no ano
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Brasileirinho Delivery chega a 91 unidades e fatura R$ 70 milhões no ano


11/12/2018


brasileirinho delivery faturamento

Foi um ano e tanto para o Brasileirinho Delivery, rede especializada em comida popular brasileira no box, que fechou 2018 com 91 unidades franqueadas e R$ 70 milhões de faturamento. “Conseguimos alcançar todos os nossos objetivos: melhoria no suporte, lançamento do nosso próprio aplicativo (o BRD), aumento no faturamento e vendas nas unidades”, afirma Jhonathan Ferreira, diretor presidente da marca.

Mas na visão do diretor, a grande conquista do ano foi a realização da Convenção de Franqueados: “A marca estava para completar cinco anos e nunca havíamos feito um evento como esse. Além de nos aproximarmos dos franqueados, conseguimos realizar um evento com palestrantes importantes e parceiros de peso”. Durante a Convenção, foram apresentadas as evoluções conquistadas pelo Brasileirinho neste ano e as metas e novidades que estão por vir em 2019.

No mercado de franquias o setor de alimentação possui destaque: é o que mais movimenta o franchising brasileiro. Apenas no terceiro trimestre deste ano o setor faturou R$11,61 bilhões, segundo balanço da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Do total de 146.134 unidades de franquias registradas no Brasil, 31.710 são de alimentação.

Novas tendências

Boa parte do saldo positivo registrado pelo Brasileirinho se deve, principalmente, ao aumento da procura por serviços delivery. “Também comercializamos modelos de negócio onde o cliente pode fazer a refeição no estabelecimento, mas o foco da rede são as entregas”, comenta Ferreira.

Nos últimos anos, os serviços de entrega foi um dos que mais cresceu no setor de alimentação brasileiro. Dados da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) mostram que os pedidos delivery faturaram acima dos R$10 bilhões em 2017. A rotina corrida e o trânsito caótico fizeram com que as pessoas optassem, cada vez mais, por refeições práticas que economizassem o máximo de tempo possível.

“Além do conforto de ter sua comida entregue em casa ou no trabalho, o delivery economiza tempo e dinheiro”, diz o diretor.

Sempre atento às mudanças do mercado, o Brasileirinho viu no público vegetariano/vegano uma grande oportunidade: a linha Veganíssimos é responsável por cerca de 15% do faturamento total registrado pela empresa. “Temos essa preocupação com o público que não consome carne nem nenhum produto de origem animal.

Nossa parceria com a Sociedade Vegetariana Brasileira garante esse compromisso que nós seguimos à risca”. Inclusive, a tendência foi notada pela 12ª Pesquisa Setorial ABF Food Service que revelou que 38,9% das redes monitoram padrões de consumo vegetarianos e veganos.

“Já estamos mapeando as novas tendências do mercado para o próximo ano. Notamos que os consumidores estão cada vez mais preocupados com a saúde e com questões éticas relacionadas ao alimento, estão mais atentos com aquilo que consomem”, explica Ferreira.

A rede tem em processo de desenvolvimento a adoção de copos e canudos biodegradáveis feitos de papel para facilitar o processo de reciclagem destes materiais nas unidades. Para Jhonathan, o consumo saudável e consciente começa a partir de iniciativas como essa:

“O cliente quer colaborar com o meio ambiente e com o mundo onde vive, mas ainda faltam muitos estabelecimentos com essa consciência. Não podemos cobrar um consumo responsável se não oferecermos a possibilidade de isso acontecer”, explica.

Expansão

Em 2018, foram comercializadas mais de 20 franquias da rede, sendo que nove já foram inauguradas e estão em operação: seis na região Sudeste, uma no Nordeste, uma no Sul e outra na região Centro-oeste – as demais serão inauguradas entre o final de dezembro e janeiro do próximo ano.

Há quatro anos no franchising, a marca possui uma boa reputação e reconhecimento no mercado: com unidades em todas as regiões brasileiras, o Brasileirinho ocupa a 5ª posição no ranking das dez marcas mais pedidas do iFood, principal aplicativo de pedidos online do Brasil.

“Nosso interesse é a nível nacional em cidades com mais de 100 mil habitantes. As conversões que fizemos neste ano foram em cidades importantes que são referências em suas regiões, como Curitiba, Campinas, Uberlândia e Petrolina, só para citar algumas”, comenta Ferreira.

Metas

O Brasileirinho vai começar 2019 com novidade: a linha Petisco será lançada em janeiro e terá no cardápio itens como linguiça calabresa, picanha suína com cebola caramelizada, fraldinha acebolada e frango Kentucky (frango empanado com cebola). Ainda no começo do ano a marca vai dar início aos encontros regionais com seu Time de Consultoria, começando por São Paulo para avançar para as demais regiões do país em seguida.

Em maio, o Brasileirinho realizará sua 2ª Convenção de Franqueados com lançamento de novos pratos, campanhas e outras novidades.

Ferreira acredita que o ano que vem pela frente será extremamente promissor: “Com a evolução dos aplicativos, o acesso à internet e a cultura da alimentação fora do lar aumentando a cada ano, o Brasileirinho terá uma participação ainda maior nesse mercado”.

Ele acredita que com as dificuldades em locomoção nas grandes cidades e o alto preço dos combustíveis as pessoas vão buscar opções mais práticas e rápidas para se alimentar. “E a marca vai de encontro com essa modernização dessa nova maneira de se pedir um almoço ou jantar”. Para 2019, o Brasileirinho espera realizar 80 novas negociações e chegar a 150 franquias em operação.

Sobre o Brasileirinho Delivery 

Criado em 2013, o Brasileirinho Delivery é uma empresa que oferece comida típica brasileira no box. Inserida no franchising em 2014, a marca conta com mais de 100 unidades (distribuídas pelo Brasil) e caiu no gosto do brasileiro ao proporcionar uma experiência inusitada pela forma de apresentação do alimento agregada ao delicioso e surpreendente sabor que é enaltecido pela utilização de produtos frescos e de qualidade.

Com dois modelos de negócios: Express, modalidade que comporta o formato delivery, e a franquia Full, no qual proporciona uma área para o cliente se alimentar no local, o Brasileirinho exige investimento de R$100 mil e R$130 mil, respectivamente. No cardápio, são mais de 30 sabores entre opções tradicionais, massas, premium, saudáveis e veganas.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

 


Por Portal do Franchising

NOTÍCIAS RELACIONADAS