var lazyload = new LazyLoad({ elements_selector: ".lazy" }); }
Franquias que cresceram em 2020: Franqueados contas suas histórias
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Sucesso mesmo em período de crise: Veja as franquias que cresceram em 2020


10/12/2020


franquias que cresceram em 2020

Não há como negar que 2020 foi um ano bastante difícil!

Muitos negócios fecharam as portas definitivamente por conta da crise causada pelo novo coronavírus.

No franchising, o primeiro semestre foi o mais difícil e o setor sentiu o impacto do fechamento das lojas de forma considerável.

Mas a partir do terceiro trimestre as franquias começaram a demonstrar os sinais de recuperação. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) apontam uma queda de 6,9% nos números do setor se comparado a  2019.

“Seguimos com forte efeito da pandemia no faturamento do setor de Franchising, mas os resultados mostram recuperação, quando comparado com o 2º trimestre”, destaca a entidade.

Mas nem tudo são trevas.

Há também histórias (muitas, por sinal) de empreendedores e empresas que tiveram bons resultados, mesmo em um cenário tão complicado quanto o do último ano.

Muitas dessas histórias estão no franchising!

Se você está pensando abrir um negócio, é bom analisar como a rede que você está interessado agiu durante a pandemia.

Uma das vantagens das franquias é a “rede”, que permite a colaboração entre franqueadora e franqueados em prol dos bons resultados do negócio.

Foi justamente esse “espírito de equipe” que ajudou a diminuir as perdas para muitos empreendedores e até contribuiu para aumentar o lucro, mesmo com as adversidades.

“O mercado é sempre assim, ruim para um e bom para o outro. De um modo geral, não foi um ano perdido porque muita gente cresceu”, comenta Fred Henrique, diretor comercial do Grupo Hashtag Franquias.

As franqueadoras não pouparam esforços para buscar alternativas para adaptar o cenário para a nova realidade.

E, dessa forma, algumas redes tiveram um número de crescimento considerável no faturamento ao longo de 2020.

Há redes que bateram recordes no faturamento!

Por outro lado, franqueados também viram a oportunidade de investir em um novo negócio nesse momento, em que os aluguéis estão mais baratos e as franqueadoras estão oferecendo condições mais atrativas.

Veja o que as franquias fizeram para superar a crise e terem bons resultados em 2020:

 

Sucesso na crise — Anjos Colchões & Sofás

“O ano de 2020 foi de superação, apesar de todo revés provocado pela pandemia do coronavírus, conseguimos  aumentar nosso faturamento e bater recorde de vendas de novas unidades em todo Brasil.

Como nossos produtos visam o bem-estar das pessoas e o isolamento fez crescer a busca por colchões e sofás de qualidade, nos levou a inovar nas formas de vendas online, fortalecendo ainda mais nossa presença no segmento.

Dentro de um período de cinco anos, a Anjos Colchões & Sofás, que atualmente conta com 90 lojas e está presente em seis estados brasileiros e três unidades no Paraguai, quer chegar ao número de 500 lojas em operação”, Leonardo dos Anjos, diretor de franquias da Anjos Colchões & Sofás.

Para saber mais sobre a franquia Anjos Colchões & Sofás, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — OdontoCompany

A OdontoCompany faturou  R$ 400 milhões no primeiro semestre e pretende fechar o ano com R$1 Bi. A rede quer chegar a 1 mil lojas ainda este ano, inauguraram mais de 120 clínicas em plena pandemia e têm aproximadamente outras 160 vendidas.

“Notamos que muitos estavam em busca de redes de alimentação para se tornarem franqueados, mas não sabemos como será o negócio de fast food e como o consumidor irá se comportar no novo cenário.

Então, oferecemos um negócio mais seguro e com rentabilidade garantida, uma vez que, devido à queda dos juros determinada pela Taxa Selic, muitos tiveram rendimentos insatisfatórios em aplicações financeiras.

A meta agora é tornar a empresa líder mundial do segmento, o que deve se concretizar ainda este mês ”, Paulo Zahr, presidente da OdontoCompany.

Para saber mais sobre a franquia OdontoCompany, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Dr. Shape

É maior rede varejista de suplementos alimentares e artigos esportivos, com mais de 60 lojas.  Em abril, com as lojas fechadas, a rede perdeu 60% de seu faturamento. Então,  fez parcerias com academias e apps de ginástica, acionou os clientes por whatsapp e redes sociais, ampliou seu e-commerce e recuperou-se.

Atualmente, está com o faturamento no mesmo patamar do começo do ano, com algumas unidades, inclusive, superando a meta em 20%.

Para saber mais sobre a franquia Dr. Shape, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Pinta Mundi Tintas

alto lucro pinta mundi

A varejista de tintas e acessórios para pintura dobrou o número de unidades em 2020. É um feito e tanto, para um ano de crise econômica e pandemia. A marca inaugurou novas lojas todos os meses, além de superar metas de vendas e faturamento em mais de 120% de maio a novembro.

“Nós atendemos tanto o mercado comercial e corporativo quanto o residencial e isso faz com que tenhamos um amplo público consumidor. Não nos limitamos e, por isso, a pandemia não nos atrapalhou. Ao contrário: fez nosso faturamento crescer”, avalia Nassim Katri, franqueador.

Para saber mais sobre a franquia Pinta Mundi Tintas, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Padaria Pet

A rede, em 2020, cresceu 100% no número de unidades, atingindo a marca de 16 unidades, sendo que 10 delas já estão ativas e seis irão inaugurar em dezembro.

“A expansão da Padaria Pet vai chegar ao nordeste com mais força nos próximos dias, nas cidades de Aracaju, Imperatriz e Porto Seguro. Para 2021, mais 5 franquias serão inauguradas em Recife, Fortaleza, João Pessoa, São Luís e Teresina, superando a marca de 20 unidades em todo território nacional”, explica o diretor de expansão da Padaria Pet, Arquelau So.

Para saber mais sobre a franquia Padaria Pet, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Via Certa

Tivemos 50% de crescimento no número de unidades, saindo de 30 para 46 unidades contratadas, não inauguradas ainda, mas com 37 em operação e 9 a inaugurar.

Tivemos que vencer muitas dificuldades e mudamos nosso sistema de ensino presencial para o Sistema Flex onde os alunos podiam estudar de sua casa ou de onde estiverem pelo sistema on-line. O projeto ficou tão bom que alguns alunos optaram, inclusive, por ficar no on-line ao invés de voltar ao presencial.

Alguns franqueados tiveram um aumento significativo no número de matrícula durante a pandemia, inclusive de faturamento.

Esse ano esperamos fechar com 50 unidades vendidas. Para 2021 a expectativa é chegar aos 100, no mínimo, mas acredito que é possível chegar a 120 unidades. E chegar a 200 unidades em 2022.” Jilo Shimada, diretor de expansão da Via Certa Educação Profissional.

Para saber mais sobre a franquia Via Certa, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Limpeza com Zelo

“Para conquistar os números que obtivemos em 2020, de 35% de crescimento em faturamento, nos guiamos pelo aumento de performance, produtividade, velocidade e ganho de escala, que foram sempre o norte dos programas de limpeza que utilizamos.

O objetivo é tornar esses processos mais completos e satisfatórios. Além das mudanças internas, para breve, há também o plano de abrir mais opções de serviços para que os clientes contratem, pela mesma plataforma, pintura, manutenção hidráulica, elétrica e reparos para endereços comerciais também.

Estamos consolidados no segmento e acreditamos no crescimento do setor, sobretudo por vemos muitas construtoras fazendo IPO, pegando dinheiro na Bolsa de Valores, o que fará o mercado imobiliário explodir no Brasil. Será algo positivo para nós, porque esses lançamentos imobiliários serão potenciais clientes, o que nos leva a expectativa de alcançar R$ 100 milhões nos próximos 18 meses” Renato Ticoulat, fundador da Limpeza com Zelo.

Para saber mais informações da franquia Limpeza com Zelo, CLIQUE AQUI.
 

Franquias com bons resultados — Instituto Gourmet

“Comparado ao mês de março, início da pandemia, tivemos um crescimento em faturamento de aproximadamente 20%. Realizamos encontros semanais com os franqueados para entender o cenário dentro de cada região com objetivo de buscar ações para reverter os impactos da pandemia, fizemos muitos treinamentos de operações comercial e marketing, além da flexibilização de pagamentos de royalties e fundo de marketing.

Pós primeira onda, retornamos as atividades em algumas regiões com 75% da ocupação das salas de aulas e mesmo com desafios, o feedback foi bem positivo. Nosso maior desafio no momento é manter apenas 12 alunos por aula.

Uma turma que tinha em média de 30 alunos tivemos que diluir pela metade e isso é um desafio, pois os custos dobram, mas estamos gerindo. É um investimento a mais que estamos fazendo, pois estamos seguindo à risca as questões de referência de cada município”. Glaucio Athayde, Sócio Diretor do Instituto Gourmet.

Para saber mais sobre a franquia Instituto Gourmet, CLIQUE AQUI.
 

Franquias que cresceram — Casa de Bolos

“Em 2020, mesmo em meio à pandemia, a rede de franquias Casa de Bolos ampliou sua presença pelo Brasil, abrindo 19 lojas novas e já conta com mais 28 em processo de abertura para os próximos 4 meses. Em um ano marcado pelas dificuldades provocadas pelo coronavírus, agimos rapidamente para que o isolamento não prejudicasse o faturamento de nossos franqueados. Implantamos um sistema de delivery próprio, trabalhamos com a proposta do ‘Pegue e Leve’, orientando nossos parceiros para que aceitassem os pedidos via telefone e os entregasse na porta da loja.

Graças a todo o trabalho realizado conseguimos atravessar por este período mantendo todas as lojas em operação e nenhum fechamento. Para o próximo ano, esperamos chegar a 450 unidades, e contamos com o engajamento de franqueados que tenham amor pelo negócio e vontade de crescer junto”, Rafael Ramos, diretor de marketing da Casa de Bolos.

Para saber mais sobre a franquia Casa de Bolos, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — CEBRAC

Nós do CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos) tivemos algumas condições especiais na aquisição de franquias e ampliação das unidades existentes. Por meio dos descontos concedidos e do excelente estudo por região que entregamos aos franqueados (Feito 100% pela nossa equipe de expansão), mesmo em um ano de crise, tivemos 2 inaugurações e uma ampliação de unidade.

A ampliação ocorreu em Itaipava , distrito da cidade de Petrópolis, já as inaugurações ocorreram no Sul do país. Blumenau e Guarapuava foram as cidades que a nossa franquia começou em 2020”, evidencia Rogério Silva, CEO do CEBRAC.

Para saber mais sobre a franquia Cebrac, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — China in Box

“Mesmo em um ano desafiador, a franquia China in Box fechará 2020 com crescimento de 10% em relação a 2019. Conseguimos alcançar esse bom resultado devido ao aperfeiçoamento dos nossos processos de delivery e comunicação e à implantação do conceito de dark kitchens nas lojas, o que possibilitou atender novos públicos por meio de novas culinárias. Para os próximos anos, a expectativa é positiva, pois ocorreu um aumento no hábito do consumidor em pedir comida em casa e, mesmo que aconteça uma diminuição da demanda por conta da chegada da vacina contra a Covid-19, ainda haverá uma grande quantidade de clientes residuais que vai manter o hábito de pedir comida para consumir em casa”, Carlos Sadaki, presidente do Grupo TrendFoods.

Para saber mais sobre a franquia China in Box, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Maria Brasileira

“Entre os meses de março e julho de 2020, fase crítica da crise sanitária, a Maria Brasileira vendeu 51 unidades. Se considerarmos o período de março a novembro, foram 118 vendas, o que representa um incremento de 40% em relação ao ano passado. Para os próximos dois anos, a rede espera crescer 47%.

Para continuar crescendo e atraindo novos empreendedores durante a pandemia, a Maria Brasileira adotou estratégias de isenção das mensalidades do royalties e o fundo de propaganda, e recentemente, na Black Friday, ofereceu ofereceu desconto de R$ 4 mil na taxa de franquia, além R$ 1 mil para mídias de divulgação pré-inaugurais em suas cidades”, Felipe Buranello, CEO da Maria Brasileira.

Para saber mais sobre a franquia Maria Brasileira, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Fábrica de Bolo Vó Alzira

“O ano de 2020 foi bem difícil, mas trouxe oportunidades. O aumento do desemprego e taxa de juro baixa obrigou o brasileiro a buscar alternativa de renda, e empreender através de franquia é um dos caminhos mais seguros devido ao modelo testado e comprovado, além de todo o suporte dado pela franqueadora.

Enxergando essa oportunidade, entramos com uma campanha chamada ‘aluguel grátis’, onde participamos através de descontos comerciais do valor mensal do aluguel de uma nova operação pelos seus primeiros 12 meses de vida. Percebemos que esta ação impulsionou a expansão, além de todo o incentivo para crescer dentro da própria rede, com nossos próprios franqueados. A despeito da crise, tivemos um crescimento de 15% na base de lojas, o que nos dá musculatura para aproveitar a retomada do varejo que deve ser gradual em 2021.

Temos uma boa expectativa de crescimento de 2021, tanto em faturamento, devido a vacinas e volta a normalidade das rotinas, bem como em expansão. Esses fatores estruturais devem permanecer contribuindo para expansão de franquias em 39% no  número de lojas”.

Para saber mais informações sobre a franquia Fábrica de Bolo Vó Alzira, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Sterna Café

“Tivemos um aumento considerável em tempos de pandemia. Abrimos 8 unidades novas nas cidades de São Paulo, Campinas, Brasília e estamos aguardando a abertura da primeira no nordeste, em Recife, que será entre final de dezembro e começo de janeiro 2021. Para este desempenho positivo em plena pandemia, mudamos os pontos comerciais para pontos não tradicionais como Mercadão das Flores em São Paulo, Ministério da Agricultura em Brasília e hipermercados também em São Paulo, capital. Estamos em 7 Estados e para 2021 continuaremos com o plano de expansão para todo o Brasil”, Deiverson Migliatti, fundador da marca.

Para saber mais sobre a franquia Sterna Café, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Sóbrancelhas

“Nós também fomos afetados, em determinado momento tivemos 100% das operações fechadas, sem atender clientes presencialmente, mas isso não nos fez parar literalmente.

Aproveitamos para lançar grandes mudanças que estão fazendo a diferença neste novo normal. Inauguramos 13 novas operações por todo o Brasil, e estamos com 18 contratos assinados para lançar.

Além disso, lançamos a nanofranquia de 8 mil reais, que é uma alternativa para as pessoas que foram atingidas pela crise. Outro destaque é o lançamento do e-commerce. Um projeto que já existia, mas que foi lançado neste momento para atender os clientes que estavam em casa e gostariam de se cuidar.

E não parou por aí! Com a retomada gradativa do varejo, trouxemos para os clientes, inovações em serviços e produtos, como o Brow Lamination, e também os produtos Booster Clareador Facial C20 e Clareador Stem Cell para intensificar os cuidados com a pele. Além desses lançamentos, até o final deste ano, pretendemos trazer mais cinco novos serviços de estética facial. Não podemos parar.

É necessário criar em momentos de dificuldades e se moldar aos acontecimentos. Ser resiliente é um dos principais fatores para uma empresa prosperar e não ser afetada em situações desafiadoras como esta”, Luzia Costa, da Sóbrancelhas.

Para saber mais sobre a franquia Sóbrancelhas, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — OrthoDontic

No segmento de saúde e bem-estar, por dois meses consecutivos, a OrthoDontic registrou em julho (R$ 26,155 milhões), agosto (R$ 26,540 milhões) e setembro (R$ 26.870 milhões) os maiores faturamentos de sua história de 18 anos desde a fundação, em 2002.

“Projetamos fechar 2020 com um faturamento de R$ 296 milhões – um aumento de 7% em relação a 2019 – e um total de 200 unidades em operação. Até o fim do ano, nossa previsão é de que 11 novas unidades sejam inauguradas. Outras três inaugurações já estão programadas para o início de 2021. ”Afirma Fernando Massi, um dos sócios da OrthoDontic.

Para saber mais sobre a franquia OrthoDontic, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Mais Top Estética

Franquias de alto crescimento

A rede de franquia Mais Top Estética, mesmo em meio a pandemia, no mês de outubro ultrapassou a marca de 100 unidades vendidas,  registrando lucro não só em setembro, como também no trimestre e no ano. O sucesso das vendas e na captação de franqueados deu-se principalmente ao novo modelo de negócio em formato de microfranquia home care, com investimento inicial de R$ 58 mil e que está no processo de implantação em mais de 20 unidades no Brasil.

“Foram 11 inaugurações em 30 dias, 21 franquias vendidas em setembro, e uma unidade inaugurada a cada 36 horas. Até o final de 2020 pretendemos fechar o ano com 160 franquias e, para 2021 queremos atingir a marca de 300 unidades.” comenta o CEO da Mais Top Estética, Caio Rodrigues.

Para saber mais sobre a franquia + Top Estética, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Rockfeller Language Center

“Apesar das incertezas que a pandemia trouxe, a rede da Rockfeller Language Center conseguiu se adaptar e ter uma ótima resposta ao “novo normal”. Tanto que continuamos sem fechar nenhuma unidade e tivemos um crescimento de 2,4% de alunos em comparação ao mesmo período do ano passado.

Quer dizer que conseguimos novos alunos em uma época incerta e, ainda, não fechamos nenhuma escola. Isso mostra que, além da nossa resposta rápida, o nosso produto continuou a atender as expectativas do cliente no modelo remoto.

Além disso, vendemos 23 novas escolas este ano. Para o nosso tamanho de rede e, considerando o momento, foi um crescimento considerável. Investimos no suporte ao franqueado, para que a taxa de retenção da rede aumentasse mesmo com a pandemia. Na expansão, focamos nas vantagens do segmento, por ser um setor sólido e perene, acabou atraindo novos franqueados.

Para 2021, a expectativa é voltar ao ritmo pré-pandemia, com crescimento de 30 a 40% em matrículas e com o dobro de novas franquias deste ano”, afirma André Belz, fundador e diretor da rede.

Para saber mais sobre a franquia Rockfeller, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Viva Eventos

Desde o começo da pandemia, o setor de eventos foi um dos mais atingidos pela necessidade de distanciamento social. Nos últimos seis meses, porém, marcas do segmento aproveitaram o período para fortalecer suas presenças em outras regiões.

A Viva Eventos, rede de festas de formaturas, fechou cinco novos contratos neste período. Três destas novas unidades são em capitais de estados que ainda não atuava, como Recife (PE), Porto Velho (RO) e Palmas (TO). Além delas, o atendimento ao interior de São Paulo ganhou reforço com as unidades de Jundiaí e Piracicaba.

“Até o fim do ano, estamos com a expectativa de fechar outros dois contratos e, como os serviços da VIVA Eventos são de longo prazo, as unidades já conseguem atuar no fechamento de contratos com formandos mesmo sem decisão de quando os eventos serão retomados” Afirma Renato Menezes, CEO do Viva Eventos.

Para saber mais sobre a franquia Viva Eventos, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Maislaser

“Desde março de 2020, a Maislaser teve 34 unidades inauguradas e outras 54 estão em implantação. Com isso, a rede soma atualmente 125 franquias.

Uma parte desse crescimento se deu pela redução de taxa de franquia para cidades de até 100 mil habitantes, além do aumento no número de dias para a inauguração da unidade e o lançamento da plataforma e-commerce, que está promovendo um crescimento gradual de 20% de faturamento em todas as unidades.

Para os próximos 5 anos, temos a expectativa de ter 500 unidades no país”. Sidney Eduardo Kalaes, sócio da marca e presidente do Grupo Kalaes.

Para saber mais sobre a franquia Maislaser, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Odonto Special

“A marca inaugurou 9 unidades desde o início da pandemia e conta com outras 22 em implantação, somando 34 unidades no total da rede.

Reduzimos a taxa de franquia para cidades com até 50 mil habitantes e acima de 150 mil, além do aumento no número de dias para a inauguração da unidade.

A marca ainda desenvolveu a campanha de teleorientação Suporte Odonto Special (SOS) como forma de esclarecer dúvidas ou passar orientações para pacientes que estavam em casa.

Com essas ações, nossos franqueados tiveram mais respaldo e segurança para investir na rede. Nossa expectativa de crescimento é conquistar 500 franquias nos próximos 5 anos”. Felipe Abreu, sócio da Odonto Special.

Para saber mais sobre a franquia Odonto Special, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Instituto Ana Hickmann

“Após o início da pandemia, tivemos 9 unidades inauguradas, além de outras 18 que estão em implantação. Atualmente, temos 31 franquias.

Para a venda de novas unidades durante a pandemia, reduzimos a taxa de franquia para cidades de até 100 mil habitantes e aumentamos o número de dias para a inauguração das unidades. Com essas facilidades, conseguimos atrair novos investidores. A marca prevê 300 franquias nos próximos 5 anos”. Sidney Eduardo Kalaes, sócio da marca e presidente do Grupo Kalaes.

Para saber mais sobre a franquia Instituto Ana Hickmann, CLIQUE AQUI.

 

MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental

franquia micropro

A rede de ensino profissionalizante, com 38 escolas no Estado de S. Paulo, também enfrentou problemas no começo da pandemia, com as escolas fechadas. Como a marca já dispunha de uma plataforma para ensino EAD pronta, conseguiu engajar os alunos em aulas, mas não ficou satisfeita: criou um curso online, gratuito, para que as famílias assistissem juntas.

A ideia foi motivar pais e filhos a refletirem sobre suas vidas e carreiras. E deu certo: houve mais de 2.000 inscritos para 1.000 vagas e a marca criou um novo curso, na mesma toada, com 10 mil vagas disponíveis.

Para saber mais sobre a franquia MicroPro, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Oral Unic

“Não é novidade para ninguém que enfrentamos um ano muito difícil, provavelmente 2020 tenha sido um dos piores anos desde as grandes guerras, mas foi um ano de muito aprendizado.

Na Oral Unic, tivemos um ano muito intenso, revisamos diversos processos para suportar as necessidades dos franqueados e investimos na contratação de novos colaboradores em áreas chave da empresa, como os departamentos de implantação e operações.

Investimos, fortemente, em tecnologia para ajudar o franqueado na tomada de decisões, trazendo ferramentas como CRM e estratégias de B.I. Todo este esforço é traduzido em números, encerramos 2019 com 57 clínicas em operação e 203 milhões de sellout, devemos fechar 2020 com 93 clínicas em operação e mais de 370 milhões de faturamento. Ou seja, um crescimento de 83% em novas unidades e mais de 60% de aumento no sellout da rede. Já o ticket médio também obteve um salto comparado com o mesmo período de 2019, saindo de R$ 6.134,00 por paciente, para R$ 6.652,00, um crescimento de 8,5%.

Mesmo em um ano com muitos desafios, os resultados da Oral Unic são surpreendentes e apontam para um 2021 muito promissor, focado em investimentos constantes na rede, suporte diferenciado para o franqueado e foco na valorização das pessoas”, afirma Nadim Farid, fundador e CEO da rede.

Para saber mais sobre a franquia Oral Unic, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Mercadão dos Óculos

“Em 2020, o Mercadão dos Óculos comercializou 200 unidades e inaugurou outras 120 franquias. Durante a pandemia, foram mais de 100 aberturas e de 130 novos contratos. O trabalho com multifranqueados e em cidades pequenas explica parte desse crescimento.

Além disso, a rede lançou uma nova tecnologia de venda, o VisioLens, investiu em lentes próprias e em marcas internacionais com venda exclusiva”. Gustavo Freitas, diretor-executivo do Mercadão dos Óculos.

Para saber mais sobre a franquia Mercadão dos Óculos, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Drogarias Max

Nas Drogarias Max, o percentual de crescimento atingiu a média de 40% no período de março a novembro de 2020, atingindo a receita total de R$ 253 milhões. Em unidade, as vendas subiram 29% em relação ao mesmo período de 2019.

“Ninguém planejava um crescimento de 40%. A nossa projeção era a mesma do mercado, prevista no início de 2020 para ficar entre 8% a 10%.

Mas a pandemia mudou o cenário e fez com que as vendas de determinados produtos disparassem, principalmente em março e abril”, observa Lucas Procópio, gerente de Negócios da Max.

As expectativas para 2021 são as melhores possíveis, pois a rede acaba de lançar o seu Plano Estratégico de Expansão 2020/2021, com um modelo de adesão alternativo e mais flexível, voltado ao varejo independente.

“Para ajudar o independente a crescer e, ao mesmo tempo, oferecer um modelo mais flexível sem perder o foco da franquia, criamos o Selo Max, cujo valor da mensalidade é de apenas R$ 699,00 durante os primeiros 12 meses”, informa o gerente da Max. Com o novo plano de expansão, a Max espera aumentar em 25% o número atual de lojas.

Para saber mais sobre a franquia Drogarias Max, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Clínica da Cidade

“Mesmo 2020 sendo um ano excepcional por conta do surgimento do novo coronavírus no país, a marca bateu recordes de faturamento e expansão nacional, passando de 9 para 25 unidades franqueadas durante a pandemia, e com projeção de mais cinco até o final deste ano.

Recentemente, a rede abriu novas unidades nas cidades paulistas de Indaiatuba, São Roque, Bauru, Sorocaba, Piracicaba e Itu.

E para 2021, localidades como Rio de Janeiro, Bahia, Piauí e Distrito Federal estão entre as aberturas estratégicas da franqueadora. O faturamento da Clínica da Cidade acompanhou o ritmo de desenvolvimento do setor e cresceu mais de 40% em 2020.

Em um ano atípico, tivemos um crescimento de mais de 200% em número de unidades, triplicamos a nossa rede de clínicas particulares, e vemos 2021 como um ano promissor para a saúde”, afirma o gerente de expansão, Conrado Oliveira.

Para saber mais sobre a franquia Clínica da Cidade, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Cuidare

“Apesar da pandemia, 2020 foi um ano de expansão para a franquia Cuidare. Investimos em tecnologia, estrutura física e pessoas, e os resultados estão superando nossas expectativas.

Comercializamos 18 novas unidades, metade delas de março a dezembro; iniciamos a internacionalização da marca, sendo Portugal o ponto de partida da Cuidare no exterior; além de aumentarmos o faturamento da rede em até 30%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

E as conquistas não param por aí: fomos eleitas uma das melhores franquias para se investir, segundo o guia da PE&GN e entramos oficialmente para a ABF como associados. Para 2021, as expectativas são as melhores, pretendemos abrir mais de 30 novas unidades em diversas partes do Brasil, entre outras ações estratégicas já em andamento”, relata o diretor de expansão da Cuidare Brasil, Daniel Costa.

Para saber mais sobre a franquia Cuidade, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Clinicão

“Apesar da crise, aliada à pandemia, o setor pet foi um dos que menos sofreu. Fazemos parte de um segmento que fatura mais de R$ 35 bilhões por ano.

A Clinicão, por exemplo, em algumas de nossas unidades, obteve um crescimento acima de 30%, conseguindo inclusive migrar do formato “Consultório” para “Clínica”. O suporte que oferecemos aos franqueados através de consultoria de campo e acompanhamento semanal online, aliado ao trabalho de marketing foi fundamental neste período.

Nosso segmento sofre menos em relação aos demais, pois o amor e a “humanização” dos pets proporciona que os tutores invistam cada vez mais na saúde e cuidados com os seus animais de estimação, sendo considerado hoje como “serviço essencial”. Nossa meta para 2021 é dobrar o número de unidades, chegando a dez na região sudeste”, pontua o gerente de expansão, Luciano Di Ciommo.

Para saber mais sobre a franquia Clinicão, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Taki APP

“Com a crise gerada pelo novo coronavírus, houve um aumento bastante significativo na procura por franquias, nosso modelo de negócio, TAKI Brasil – Aplicativo de Compras no Varejo, teve um crescimento considerável, saltando de 15 franquias em 2019 para 100 em 2020 em 20 estados brasileiros.

Nossa meta é oferecer através da tecnologia, rendas maiores aos lojistas parceiros, comodidade e praticidade ao consumidor, além de segurança para todos em um momento tão delicado; atribuímos nosso crescimento a estes fatores. Nossa expectativa para os próximos anos é manter a qualidade com a gestão compartilhada com os franqueados, e assim atingirmos o dobro do resultado que tivemos neste ano”, destaca o diretor de expansão, Adriano Pagliotto.

Para Saber mais sobre a franquia Taki App, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Face Doctor

“Este ano foi excepcional para a Face Doctor, com expansão acima da média. Durante a pandemia fechamos 32 novos contratos nos melhores shoppings, em diversas regiões do Brasil. 2020 foi muito difícil para diversos segmentos, mas independente de ser desafiador, observamos que poderia ser de grandes oportunidades.

Fizemos pesquisas de mercado neste período e decidimos que o caminho seria fechar contratos dentro de shoppings, pois percebemos que ninguém, no mercado de varejo, estava expandindo e, neste momento, a maior parte das empresas ligaram o modo de sobrevivência e pararam a expansão.

Assim, em especial nos meses de março e abril, notamos possibilidades, sobretudo nos shoppings, já que disponibilizavam espaços com custos mais baixos e alto poder de negociação. Com isso, fechamos muitos contratos a longo prazo, com renovação automática e prevemos que o faturamento, pós-pandemia, e nos anos seguintes, será ainda maior.

Aproveitamos e contratamos profissionais motivados, que foram demitidos, e queriam algo sólido e em expansão. Além disso, o mercado de Estética foi o menos impactado. Para ter uma ideia, temos clínicas que faturam em um mês R$250 mil, com média de 25% a 30% de rentabilidade“, conta CEO da rede Nelson Lins.

Para saber mais sobre a franquia Face Doctor, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — MultySat

“Logo após o lançamento da franquia MultySat, no inicio de 2020, veio a pandemia. Tivemos que mudar totalmente nossa estratégia, adequar produtos e criar a franquia Home, com um valor de investimento mais baixo, necessidade que o mercado e o momento exigia.

Somos uma franquia de monitoramento veicular por assinatura e fomos felizes em entrar em um mercado carente na área de segurança. Iniciamos com duas unidades, uma própria e uma franqueada.

Hoje, quase dez meses após o início da crise, já contamos com 10 lojas no Brasil. Acredito que o grande impulsionador desse sucesso tenha sido o posicionamento da marca, um time preparado para atender a rede de franquias e dar total suporte ao cliente.

Nosso objetivo para os próximos cinco anos é a abertura de 150 unidades e a conquista de 150 mil novos clientes.” Gilmar Ferreira, CEO da MultySat.

Para saber mais sobra franquia MultySat, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Pormade Portas

“A Pormade é pioneira no setor de franchising na fabricação e venda de kits prontos e avulsos de portas, rodapés, biombos, papéis de parede, fechaduras e outros acessórios. Desde o início da pandemia do coronavírus, elevamos em 2.100% o faturamento das franquias e, entre os meses de março a outubro de 2020, contabilizamos a marca de R$ 11 milhões em faturamento em relação ao mesmo período do ano passado. Esse resultado é reflexo da abertura de 13 lojas, um crescimento de 144% em unidades mesmo em meio à crise.

Esse incremento foi impulsionado pelo isolamento social, que despertou em muitos o desejo de tirar do papel o projeto de construir ou reformar algum espaço nas residências. O consumidor final também está cada dia mais exigente e, em nossas franquias, conseguimos entregar não só um produto de qualidade, mas direto da fábrica e, consequentemente, sem impostos em cascata. Nos próximos cinco anos, a intenção é abrir 200 franquias e alcançar um faturamento de R$ 120 milhões.” Cláudio Zini, diretor-presidente da Pormade Portas.

Para saber mais sobre a franquia Pormade, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Chocolateria Brasileira

Chocolateria Brasileira

“Para nós da Chocolateria Brasileira, 2020 já pode ser chamado de o ano da resiliência e da superação. Reconfiguramos nosso plano de expansão, no qual priorizamos a abertura de novas unidades em ruas e avenidas, ao invés de shoppings centers,  conseguimos abrir 10 lojas e chegar a estados da Região Norte, onde ainda não havíamos fincado nossa bandeira.

Para os próximos 10 anos, nossa expectativa é chegar a 400 lojas em todo Brasil.” Cintia Pitta, gerente de franquias da Chocolateria Brasileira.

Para saber mais sobre a franquia Chocolateria Brasileira, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Gigatron Tecnologia

“Mesmo em um momento de pandemia nosso modelo de negócio representou um crescimento de 36% no número de novos franqueados e isso aconteceu por conta do número de pessoas que saíram ou perderam o emprego e decidiram empreender em um setor que está aquecido mesmo na pandemia, que é a tecnologia.

Outras características que contribuíram muito para o crescimento da Gigatron foi o modelo ser flexível com a possibilidade do franqueado atuar home office, sem ter um investimento em ponto comercial e também a oportunidade de escala e receita recorrente através do portfólio de produtos.

Continuamos otimistas com o nosso crescimento e estamos com um planejamento de lançar novos produtos dentro do portfólio de soluções, que vai ajudar e acelerar o processo de introdução digital do varejo, deixando nosso modelo de negócio ainda mais competitivo e com uma expectativa de crescimento de 30% no número de unidades no próximo ano.” Victor Ruiz, diretor comercial da Gigatron Franchising.

Para saber mais sobre a franquia Gigatron, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Fórmula Animal

Mesmo com toda a crise enfrentada na questão da saúde e econômica conseguimos ter bons resultados e mantivemos nosso planejamento inicial de aberturas inaugurando três lojas durante a pandemia (Cascavel, Londrina e Divinópolis). Nosso e-commerce se mostrou bastante sólido e nossa comunicação, que já priorizava os meios digitais, fortaleceu esse canal durante o período mais forte do isolamento. Os cuidados por parte dos tutores se mantiveram”, Marcelo Piazera sócio-fundador da Fórmula Animal.

Para saber mais sobre a franquia Fórmula Anima, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Artes Filmes

artes filmes

Esse ano conseguimos pegar carona no boom das produções de Live onde realizamos mais de 70 trabalhos nesse sentido, das mais tradicionais como palestras, musicais, religiosas até mesmo para as mais inusitadas como relacionada a política e feirão de automóveis.

No total conseguimos fechar mais de 400 negócios, totalizando quase 1.000 vídeos produzidos em toda a rede. Por sermos uma franquia mais nova ficamos felizes ao chegar em sete unidades em operação, sendo que agora em dezembro estaremos inaugurando a operação em Jundiaí.

Com o aquecimento do mercado audiovisual e por sermos a primeira franquia do segmento nossa ideia é chegar a 30 unidades até o final de 2021″, Bruno Rodrigues, sócio-fundador da Artes Filmes.

Para saber mais sobre a franquia Artes Filmes, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Buratto Consultórios

“O ano foi desafiador mas extremamente recompensador. Mesmo com a pandemia batendo a porta aceleramos nosso processo de formatação e o finalizamos em junho. De lá para cá inauguramos duas unidades (Santo André e Bela Vista). Para 2021 nossa meta é inaugurar ao menos 10 novas unidades e expandirmos nossa operação fora de SP para todo o Brasil, como foco, em especial, para Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais.

Também temos como meta internacionalizar a marca e levar o nome da rede para a Europa”, Cássia Buratto,  fundadora da Buratto Consultórios.

Para saber mais sobre a franquia Buratto Consultórios, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — NTW Contabilidade e Gestão Empresarial

Franquias para cidades pequenas - NTW Contabilidade

“Em 2020 a NTW Contabilidade teve o maior crescimento de sua história. Até o dia 1 de dezembro crescemos 46%, ou seja, 42 novas unidades foram comercializadas e com expectativa de chegar a 50 novas unidades até 31 de dezembro, o que fecharia com um crescimento de 55% da rede. A Franqueadora investiu em duas frentes.

Para os nossos franqueados os treinamentos passaram a ser mensais por EAD. Passamos a fazer videoconferências semanais de melhores práticas com franqueados. Fizemos lives semanais para clientes, com participação de franqueados. Inserção de Inteligência Artificial nos sistemas de gestão. Lançamento de um novo produto para os franqueados comercializarem, o BPO FINANCEIRO, voltado para micro e pequenas empresas.

Para os Leads interessados em adquirir a franquia criamos condições super especiais de pagamento o que nos ajudou muito em nossa expansão.

Para 2021 a NTW terá muitas novidades, dentre elas darei dois spoilers. A Consolidação de nosso CSC, o NTW BOX, com capacidade de processar toda a demanda dos franqueados, além de novas estratégias para aumentar a captação de clientes para nossos franqueados”, Ricardo Aguiar Gonçalves, diretor executivo da NTW Contabilidade e Gestão Empresarial.

Para saber mais sobre a franquia NTW Contabilidade, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Minds Idiomas

franquias de escolas de idiomas - minds

A Minds Idiomas cresceu literalmente de Norte a Sul do país. Em um ano tão desafiador como foi 2020 tivemos duas inaugurações. Uma na cidade de Palotina, interior do Paraná, e outra em Macapá, no Norte do país. Além disso, a nossa rede está em processo de internacionalização em Portugal.

O país foi escolhido porque nas terras portuguesas vivem mais de 150 mil habitantes, um crescimento de 43% em 2019. A expectativa é abrirmos esta unidade já no inicio do ano novo”, enfatiza Leiza Oliveira, CEO da Minds.

Para saber mais sobre a franquia NTW, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Sodiê Doces

A Sodiê Doces abriu 10 lojas no Brasil e mais uma em Orlando no ano de 2020 e vai inaugurar mais 2 lojas neste mês, fechando o ano com 13 novas unidades franqueadas.

No início de março, a partir do momento que foi recomendado o isolamento social em virtude da pandemia do coronavírus, a maior franquia de bolos artesanais do país compôs um pacote de medidas e ações para auxiliar na solidez das suas mais de 300 lojas espalhadas no território nacional.

As lojas foram orientadas a adotar o esquema de entrega domiciliar (delivery), até então muito pouco praticado pela marca e a franqueadora, Cleusa Maria da Silva, participou pontualmente de todas as ações, isentando já no primeiro mês os franqueados da taxa de propaganda, renegociando prazos junto aos fornecedores, além de outras medidas para fortalecer a marca.

“No início deste ano tivemos que ter muita conscientização e resiliência para encontrar soluções rápidas e criativas, já que o momento era delicado e todos estavam fragilizados e com medo. Continuamos atravessando períodos de incerteza, mas acredito na força do povo brasileiro e tenho fé que tudo isso vai passar e sairemos ainda mais fortes,” afirma Cleusa Maria, fundadora da marca que começou a 23 anos em um espaço de 1,5m.

Para saber mais sobre a franquia Sodiê Doces, CLIQUE AQUI.

 

Franquias com bons resultados — Enjoy Inglês Profissionalizante

Franquias com retorno rápido - Enjoy

“Comemoramos 18 mil matrículas em tempos de pandemia, foram 220 mil visitas feitas nas nossas unidades distribuídas pelo país e acredito que o bom desempenho tenha sido também por estarmos acompanhando de perto o aluno e em constante contato com a família deles, sendo via telefone, vídeo chamadas e aplicativos de mensagens instantâneas, reforçando sempre a importância de dar continuidade aos estudos, o que resultou na formação de mil alunos desde o começo do ano.

Além de não fechar nenhuma unidade e conseguir manter o nível de matrículas elevado, inauguramos 9 novas escolas. Para o próximo ano, pós-pandemia, continuaremos nosso plano de expansão no Brasil e a inauguração de uma unidade nos EUA, em Miami”, Denis Sá, cofundador da rede.

Para saber mais sobre a franquia Enjoy Inglês Profissionalizante, CLIQUE AQUI.

 

Franquias que cresceram — Pizza Prime

“Após o início da pandemia de Covid-19, a Pizza Prime cresceu cerca de 30%, com a abertura de 12 novas lojas, apenas no primeiro trimestre, e triplicamos nosso faturamento com a ajuda do nosso aplicativo de delivery próprio. Até fevereiro de 2021, vamos abrir mais dez lojas e esperamos fechar com um faturamento de R$ 60 a R$ 70 milhões. Para os próximos anos, pretendemos continuar expandindo para todos os estados brasileiros levando o melhor da pizza e, já em 2021 queremos expandir além das fronteiras nacionais e chegar a Portugal”, Gabriel Concon, sócio-fundador da rede Pizza Prime.

Para saber mais sobre a franquia Pizza Prime, CLIQUE AQUI.

 

Sucesso na crise — Mary Help

“Nosso faturamento chegou a cair 70% no início da pandemia da Covid-19, os clientes tinham receio de ter diaristas em casa. Foi daí que lançamos o serviço de sanitização de ambientes que ajudou a aumentar nosso faturamento e auxilia no combate ao novo coronavírus. Hoje conseguimos uma recuperação de 110% com relação ao período pré-pandemia e nossos profissionais voltaram a ter agenda cheia”, declara José Roberto Campanelli, fundador e diretor da Mary Help.

Para saber mais sobre a franquia Mary Help, CLIQUE AQUI.
 


 
Além das franquias que cresceram, selecionamos outros artigos para você conferir: