var lazyload = new LazyLoad({ elements_selector: ".lazy" }); }
Franquias para casais: como ganhar dinheiro investindo em franquias
Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Franquia para casais: Como um casal pode ganhar dinheiro investindo no franchising


08/12/2020


investimento para casais

Que tal se juntar ao seu companheiro e abrir um negócio juntos?

Uma pesquisa do International Stress Management Association no Brasil (ISMA-BR) mostrou que casais que trabalham juntos conseguem diminuir conflitos e cobranças na relação, além de gerar menos exaustão profissional.

Empreender é uma atividade que exige dedicação, quando o parceiro está junto nessa jornada tudo se torna mais fácil, pois há um apoio mútuo.

Muitos casais encontram nas franquias uma oportunidade para começar um novo negócio de forma segura e acabam descobrindo muitos benefícios na parceria.

Vamos elencar algumas delas:

  • União de esforços: é possível explorar as principais habilidades de cada um. Se um tem mais facilidade em lidar com o público e o outro em cuidar do caixa, é possível realizar essa divisão;
  • Juntos pelo mesmo objetivo: um casal costuma ter sonhos e objetivos comuns. Quando os dois entram juntos na jornada do empreendedorismo estão em sintonia e, de uma forma geral, buscam a mesma coisa, o que torna a parceria mais harmoniosa;
  • Mais confiança: você já conhece o seu parceiro e, por isso, sabe exatamente seus pontos fortes. Isso ajuda a ter uma confiança nas atividades desenvolvidas pelo parceiro;
  • Desenvolvimento profissional em conjunto: os dois estarão unidos na jornada e poderão aprender e se desenvolver juntos.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias faturaram R$ 186.755 bilhões em 2019.

Há diversos modelos de negócios no setor que podem ser explorados por casais empreendedores.

Abaixo, contamos as histórias de casais que investiram em franquias. Confira:

 

Franquias para casais: Leonardo Marchi Oliveira, 25 anos, e Hellen Cristina Belineli, 34 anos, franqueados da Via Certa Educação Profissional

Eu sou formada em Fisioterapia, porém estava há algum tempo atuando na área administrativa e era colaboradora da Unidade Via Certa de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.

Leonardo é formado em engenharia civil e estava estagiando na área na cidade de Ilha Solteira.

A ideia de investir na franquia Via Certa partiu de nossos familiares e abraçamos a ideia de imediato.

Os benefícios de ter um cônjuge como sócio são que dividimos as tarefas e temos uma pessoa do nosso lado em que confiamos.

O que mais encontramos de dificuldade é não falar de trabalho o tempo todo (risos).”, Hellen Cristina Belineli

Para saber mais sobre a franquia Via Certa, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Alexandra Machado, 47 anos, e Luiz Claudio Machado, 49 anos, são franqueados da YES! Idiomas

“Há exatos 14 anos somos franqueados da YES! Idiomas. Eu era professora de inglês e ele tinha uma fábrica de sorvetes.

Pelo segmento em que eu já trabalhava, sabia que uma franquia era a melhor opção por conta de padrões, know-how, modelo pronto, etc.

E realmente foi a melhor decisão, porque em um ano já havíamos alcançado as metas estabelecidas para dois anos. Isso tudo graças a nossa dedicação e trabalho; além do suporte da franqueadora.

Em dois anos decidimos abrir outra unidade. E assim, ao longo desses 14 anos, conseguimos realizar muito sonhos profissionais e pessoais.

Os maiores benefícios de tê-lo como meu sócio são a liberdade para discutir qualquer assunto referente à empresa; além de disponibilidade a qualquer hora para soluções de problemas e respostas emergenciais.

A confiança que temos um no outro facilita gerir nossos setores. Também é muito gratificante alcançar sucesso e independência financeira ao lado de quem a gente ama e confia.”  Alexandra Machado

Para saber mais sobre a franquia Yes! Idiomas, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Danicler Bavaresco e Naiara Zanatta Bavaresco são franqueados da Maple Bear

Danicler Bavaresco é engenheiro civil e Naiara Zanatta Bavaresco é professora.

Ambos são do Mato Grosso, mas se mudaram para Maringá por conta da universidade. No Paraná, se conheceram, casaram e tiveram dois filhos.

Danicler atuava como engenheiro civil em uma empresa pública, tinha estabilidade, mas não havia mais espaço para crescer profissionalmente. Com a chegada dos filhos, a distância da família virou um fator determinante para o casal decidir voltar para o Mato Grosso e investir no próprio negócio.

Por Naiara ter experiência na área de educação, investiram em uma Maple Bear, escola de ensino bilíngue, inaugurada na primeira semana de fevereiro em Sinop, no interior do estado.

Ela é coordenadora pedagógica e Danicler faz toda a parte de gestão do negócio. A escola iniciou o ano letivo com 58 alunos do ensino infantil.

Com a chegada da pandemia, as aulas foram suspensas. Durante alguns meses, a marca atuou com envio de conteúdo EAD, mas atualmente está com as aulas presenciais, após liberação dos órgãos competentes, já que a região foi pouco atingida pelo coronavírus.

Para saber mais sobre a franquia Maple Bear, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Jefferson Vendrametto, 45 anos, e Luciane Somera, 47 anos, são franqueados CEBRAC

“Eu e a Luciane éramos namorados. Eu tinha passado recentemente na FATEC de Ourinhos e precisava me sustentar na cidade. Por isso, comecei a dar  aulas em uma escola de informática.

A Luciane conquistou também o seu primeiro emprego registrada em uma escola que se chamava CEBRAC e me indicou para dar aulas lá. Foi assim que começou a nossa história com a rede. Hoje somos donos de 3 escolas do CEBRAC e sócios na franqueadora.

Nós dois somos ligados com a área educacional então foi um caminho natural optar por um negócio que já atuávamos como docentes.

Conversamos com o franqueador Wilson Giustino e conseguimos a licença da escola em Botucatu, SP. O que nos chamou atenção foi o volume de alunos quando éramos professores. Dávamos aulas em muitos períodos e enxergamos ali um potencial empresarial. Até aos domingos nós tínhamos turmas. Em Botucatu abrimos a escola em 1998.

Os benefícios de ter o cônjuge como parceiro de negócio são confiança, parceria, e a troca estratégia. E todo o tempo é tempo para desenvolver o negócio. É bom porque somos pessoas muito diferentes e por isso temos habilidades diferentes. Nos complementamos nos negócios e na vida.

Como trabalhamos juntos há 25 anos temos que tomar cuidado para que a parceria profissional não interfira na gente como casal. Estabelecemos que não iríamos falar de negócios em casa. A relação amorosa não pode ficar esquecida. O lugar para se cuidar do negócio é um, o da nossa vida conjugal é outro. É importante delimitar isso para o casal ir bem”, Jefferson Vendrametto.

Para saber mais sobre a franquia Cebrac, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Ana Caroline dos Santos Tavares, 34 anos, e Felipe Jacobsen Rodrigues de Freitas, 38 anos, são franqueados SUPERA

“O Felipe trabalhou no mercado de seguros por mais de dez anos e também nos últimos três anos tivemos um carrinho de churros gourmets para eventos. E eu sou formada em publicidade, trabalhei com Assessoria de Comunicação e também nos últimos dez anos com Marketing Digital.

A experiência do carrinho de churros nos mostrou que nós queríamos empreender, mas também precisávamos de um apoio, algo que nos desse um suporte, justamente por conta da nossa pouca experiência na área do empreendedorismo e a gente viu na franquia uma oportunidade de realizar o nosso sonho de empreender de uma forma que fosse mais segura.

Na hora de buscar uma franquia para investir, pensamos primeiro no ramo da alimentação, que já era o que a gente estava seguindo, mas percebemos que exigia muitos cuidados. Percebemos que o ramo de educação também estava em expansão, só que não queríamos algo mais comum, como um curso de inglês.

Ele me mostrou o Supera, como eu também sou especialistas em tendências, já sabia que a parte de saúde cerebral e saúde mental, ainda mais aliada a educação, era uma tendência de mercado. Vimos uma oportunidade de empreender em um ramo que a gente já admirava e também em algo inovador para a nossa região.

Eu acho que o benefício maior é você ter o seu companheiro a pessoa que você confia, que sabe que está nisso com você de verdade, acho que isso é um dos maiores benefícios.

E as maiores dificuldades eu acho que justamente não levar os desafios do dia a dia para dentro de casa.

Algumas coisas são chaves para que o nosso negócio em família dê certo: a confiança, transparência e maturidade.

Eu acho que a maturidade do casal é o principal ponto. O casal precisa estar bem na relação para que o negócio esteja bem.

É muito importante definir bem as funções de cada um. Aqui mesmo o Felipe é responsável pelo pedagógico e eu sou responsável pelo administrativo e comercial, futuramente a gente pode evoluir isso, mas por enquanto é como a gente definiu e temos seguido dessa forma e respeitado muito o papel de cada um dentro da empresa”, Ana Caroline Tavares.

Para saber mais informações sobre a franquia SUPERA, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Amanda Guimarães e Luiz Guilherme Júnior são franqueados da Dr. Shape

“Eu trabalhei na África e no Oriente Médio por cerca de 11 anos, em multinacional. De volta ao Brasil, conheci minha esposa, Amanda, que é nutricionista, e começamos a pensar em abrir uma franquia. Conhecemos a Dr. Shape e investimos na marca. Deu tão certo que logo abrimos a segunda loja, com o lucro da primeira, em Campo Grande.

A loja de Campo Grande estava instalada em um rua com bom movimento, mas vimos a oportunidade de mudá-la para o shopping Norte Sul Plaza, num ponto com boa visibilidade e maior.

Então, decidimos investir e ampliar o mix de produtos. Incluímos mais itens, como os produtos vendidos a granel – alimentos e suplementos – e mais itens de vestuário esportivo. A loja ficou incrível e tem 100 m².

Valeu muito a pena, porque o que vendemos em um dia, no shopping, é o equivalente a uma semana do que vendíamos na loja de rua, anteriormente.”, Luiz Guilherme Júnior.

Para saber mais sobre a franquia Dr. Shape, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Thais Felix de Lima Rego, 36 anos, e Julio Cezar Cerqueira Rego, 37 anos, são franqueados do Instituto Gourmet

“Sou advogada. Julio, em sociedade com a família, trabalhava no ramo do transporte. Temos alguns amigos franqueados de outras marcas, que tiveram sucesso no projeto.

Nós dois concordamos que investir em uma franquia era uma boa opção para nossa família. Começamos analisando vários tipos de franquia de ramos diferentes. Entramos em contato com algumas e analisamos as propostas. Fomos na feira ABF Franchising Expo e conversamos com várias marcas.

Ao final da feira, ficou claro que o Instituto Gourmet era a opção que mais nos encantou.

Muitas vezes, nas nossas carreiras anteriores, um não entendia a realidade da vida profissional do outro. Tínhamos uma visão de gestão diferente, por exemplo. A proximidade nos negócios, somada à maturidade profissional, nos deixou mais alinhados.

Outro benefício importante é conseguirmos nos revezar na rotina da nossa filha quando o cotidiano na empresa fica mais corrido.

A maior dificuldade que temos é parar de falar de trabalho em momentos que nossa atenção deve estar voltada para a nossa filha. Ou acabar dormindo tarde, pois o assunto de trabalho nunca tem fim.

O fundamental para trabalhar em casal é ter muito diálogo e parceria!” Thais Felix de Lima Rego

Para saber mais sobre a franquia Instituto Gourmet, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Angela Ana Pinheiro Marion, 35 anos, e Elizeu Limana Marion, 34 anos, são franqueados da Anjos Colchões & Sofás

“Trabalhávamos com locações de máquinas para linha doméstica e a ideia de mudar de negócio surgiu pelo sonho de escalar em um negócio com rentabilidade maior.

Já estávamos há um bom tempo à procura de um novo negócio, e quando conhecemos a franquia da Anjos Colchões & Sofás entendemos que era a grande oportunidade que estávamos buscando.

Sabíamos que os desafios seriam grandes pois além de mudar de negócio também mudaríamos de cidade e estado e logo a saudade da família chegaria.

Mas ao olharmos para os números e as perspectivas de crescimento não tivemos dúvidas na hora de decidirmos por esta mudança, afinal, nossos sonhos com a família são a nossa grande razão em fazer acontecer.

Já trabalhamos juntos em outro negócio e tentar separar a vida amorosa dos negócios é sempre desafiador. Mas a possibilidade de desenvolvimento e amadurecimento tanto do negócio quanto da relação sempre nos traz satisfação e realização.

Dividir as tarefas dentro da empresa e em casa com certeza é a receita de sucesso, pois a cobrança fica menor e cada um pode dar o seu melhor naquilo que tem mais habilidade. Estamos sempre em busca de melhorarmos, tanto como pessoas e como profissionais, e conversas diárias nos faz refletir e nos possibilita as mudanças para melhores resultados.

Estamos felizes com nossa escolha. A nova cidade é linda e próspera (São José/SC) e a Anjos tem produtos incríveis para oferecermos. Tem sido uma satisfação estar aprendendo tanto e esperamos em breve colher os frutos”, Angela Marion.

Para saber mais sobre a franquias Anjos Colchões & Sofás, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Diego Lísias Martins, 35 anos, e Sabrina dos Santos Rocha, 30 anos, investiram na franquia Doutor Sofá

“Eu era recepcionista em um buffet infantil e Sabrina era auxiliar administrativa, mas estava desempregada.

Tudo começou quando um casal de amigos nossos, Leandro e Juliana, hoje franqueados de Florianópolis e Regiões, nos apresentaram a Franquia Doutor sofá e nos mostraram como seria interessante para o nosso crescimento também e a ser um franqueado, pois é o segmento inovador e traz saúde e bem-estar a todas as pessoas.

Nada disso teria acontecido se eles não tivessem nos ajudado em todos os sentidos, chegamos hoje até aqui graças a ajuda deles desde o nosso início. Desde então, estamos fazendo um trabalho incansávelmente de propagação da marca na região.

Sempre tivemos o sonho de empreender e recebemos uma proposta do nosso amigo, que sempre acreditou no nosso jeito empreendedor e apostou na compra como sócio-investidor da unidade Laguna da Doutor Sofá.

Eu e a Sabrina vimos como a última oportunidade das nossas vidas de sair de empregado com renda limitada para ser empreendedor, mesmo sem capital, mas com vontade.

A maior dificuldade foi aceitação das pessoas e a conscientização que é importante para nossa saúde a higienização dos estofados de seis em seis meses, pois os ácaros também fazem muito mal trazendo problemas respiratórios e alergias a pele e consequentemente acabam abaixando a nossa imunidade.

Mas com muita determinação e resiliência, temos feito um trabalho com muita excelência de propagação da marca na região e aceitação tem sido muito boa.” Diego Lísias Martins.

Para saber mais sobre a franquia Doutor Sofá, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Caio Leão e Marcela Dias Besson Genovese, ambos com 38 anos, são franqueados da OrthoDontic

“Eu  e Marcela estamos juntos há 22 anos e casados há 13.

Além da parceria afetiva, estendemos a união para os negócios e assinamos um contrato com a rede de franquia OrthoDontic no segundo semestre de 2019, em sociedade com um sócio investidor.

Antes de abrir a empresa, exercia minha profissão nas clínicas odontológicas na cidade de Valinhos (SP) e a Marcela trabalhava como jornalista em editorias gastronômicas. Com nossas carreiras já consolidadas e os aprendizados adquiridos por mim na rotina das clínicas, decidimos abrir o negócio focado em odontologia.

Nós nos apoiamos um no outro e dividimos as funções, eu ficaria responsável pela parte financeira e operacional do negócio enquanto a Marcela com as áreas de recursos humanos e comunicação.

A parceria construída com a Marcela, tanto no relacionamento quanto na vida profissional, nos levou para um novo patamar, trazendo mais experiências e oportunidades de crescimento.” Caio Leão.

Para saber mais sobre a franquia OrthoDontic, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Fernanda Souto, 40 anos, e Guilherme Lappe, 37 anos, são franqueados da Odontocompany

“Somos advogados de formação. Tínhamos uma empresa de locação de máquinas para café. Surgiu da vontade de empreender em um novo ramo e, claro, pesquisas à respeito.

Fomos a uma reunião em São Paulo para avaliação de franquias e naquele momento já decidimos que era Odontocompany. 

São muitos benefícios de ter o marido ou esposa como um sócio, há uma união imbatível, sempre que necessário ajustamos detalhes como sócios, estamos sempre perto um do outro. 

A maior dificuldade é identificar o perfil de cada um. Depois desta análise tudo se torna muito fácil e as tarefas/ demandas ficam mais tranquilas.”

Para saber mais sobre a franquia OdontoCompany, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Marcos Aurélio Friedrichsen, 51 anos, e Eliane Friedrichsen, 50 anos, são franqueados da Pormade Portas

Éramos representantes comerciais.

A ideia de investir em franquias nasceu de um desejo em dar um tempo da estrada. Viajávamos bastante como representantes. Também queríamos um negócio rentável e com retorno rápido e quando conhecemos o projeto da Pormade decidimos que era o que buscávamos.

Trabalhar com o cônjuge requer um cuidado ainda maior para que os eventuais problemas do negócio ou divergências não interfiram no relacionamento.

O benefício maior é o grande conhecimento que temos um do outro, afinal,  estamos há mais de 30 anos juntos, o que confere um entrosamento ainda maior ao negócio.”

Para saber mais sobre a franquia Pormade, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Dennys Tiba, 44 anos, e Crystina Thiemi Shiroma Tiba, 41 anos, são franqueados Home Angels

“Eu tinha comércio no setor automotivo e minha esposa era enfermeira.

Em 2012, vendi a loja e fiquei sem ocupação na época. Fiz algumas pesquisas na internet sobre microfranquias e achei a Home Angels.

Queríamos algo no sentido de serviços ou melhoria em prestação de serviços e nada de pagar aluguéis exorbitantes.

Como eu tinha experiência na questão de vendas e administração e minha esposa na questão técnica dos cuidados acabou sincronizando e tendo uma boa adaptação.

É muito bom trabalhar com a esposa no quesito confiança. Um já conhece bem o outro, ou seja, conseguimos evitar diversos atritos. Já conhecemos nossas limitações também, não gerando cobranças desnecessárias. 

Não temos nenhuma dificuldade como casal, enfrentamos os desafios do dia dia juntos, numa boa. Poderia dizer que a fonte de renda é única, mas acho que não acredito que seja uma dificuldade pra nós.” Dennys Tiba.

Para saber mais sobre a franquia Home Angels, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Sonia Muzi Martins de Borba, 42 anos, e Sérgio Menezes de Borba, 47 anos, investiram na Casa de Bolos

“Eu era enfermeira e o Sérgio Advogado.

A ideia de investir em uma franquia surgiu da necessidade de investimento em um negócio sólido e estruturado, que pudesse oferecer um excelente know how, e, como éramos clientes há anos da Casa de Bolos, conhecedores da qualidade dos produtos, após uma pesquisa aprofundada, fizemos essa opção. 

Nosso projeto maturou por dois anos aproximadamente e sempre estivemos de acordo em relação a modalidade do negócio – franquia – e qual seria esta.

A visão de sermos franqueados Casa de Bolos sempre nos pareceu a melhor escolha. 

Eu e meu marido sempre tivemos um ótimo relacionamento, dividindo sonhos e lutas, dessa forma, tem sido fácil administrar um negócio como casal. Mesmo em situações que se apresentam como problema, nossa parceria sempre consegue achar uma boa solução. 

Como ambos participam integralmente da operação e administração do negócio, especialmente no início, é necessário estar atento e encontrar um tempo para a vida pessoal. A empresa faz parte de nossas vidas, mas não é o todo. É preciso estarmos atentos para não nos sobrecarregarmos.” Sonia Muzi Martins de Borba.

Para saber mais sobre a franquia Casa de Bolos, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Andrea Luciane Polak, 47 anos, e Renato Ordilei de Lima, 52 anos, são franqueados da É Seguro

“Eu, Andréa, trabalhei por 20 anos na área de saúde, na área administrativa e nos últimos cinco anos iniciei meu trabalho como funcionária em uma Corretora de Seguros, onde me apaixonei por este ramo.

O Renato era proprietário de uma agência de turismo, depois trabalhou como consultor em cooperativa de proteção veicular. A ideia de buscar uma franquia foi do Renato que está sempre procurando novas oportunidades de negócios. Essa oportunidade foi vista no facebook.

Chegamos facilmente ao acordo de investir na franquia, uma vez que atuávamos no ramo e sabíamos do potencial oferecido pela É Seguro, onde temos todo o suporte para sucesso do negócio e satisfação dos clientes.

Nós dois queríamos a mesma coisa e aí conseguimos unir o útil ao agradável, trabalhar juntos por um objetivo comum.

Iniciamos nosso trabalho em janeiro deste ano, estávamos indo muito bem, em março veio a pandemia, tivemos uma queda, mas graças a Deus em junho houve uma melhora e a cada mês fica melhor, hoje investimos na É Seguro Pay, mais uma oportunidade oferecida pela franquia, estamos trabalhando muito e estamos felizes e gratos.” Andrea Polak.

Para saber mais sobre a franquia É Seguro Corretora, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Marcelo Toledo Rossi e Adriana Alexandre Rossi investiram na Sterna Café

“Sou contadora e desenvolvi meu trabalho em multinacionais na área financeira e Marcelo, educador físico, tinha comércio de suplementos nutricionais.

Marcelo tinha fechado a loja de suplementos e a área em que trabalhava tinha mudado para o Uruguai, então surgiu a ideia de empreender e começamos a pesquisar.

Depois de muitas pesquisas em franquias, visitas a cafés, conversar com franqueados e com o próprio Deiverson, sócio proprietário da Sterna Café, chegamos a uma conclusão que esta marca estava se fortalecendo e gostamos do jeito empreendedor do franqueador.

Um completa o outro, eu gosto de controles, desde o estoque até custo, e treinamento, já o Marcelo é um excelente vendedor.

Empreender não é fácil, precisa de uma boa equipe fortalecida, controles internos, estabelecer metas, desenvolver pessoas e trabalhar com esposo(a) requer disciplina e respeito. Pessoalmente, apegamos no ponto forte um do outro.” Adriana Rossi.

Para saber mais sobre a franquia Sterna Café, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Antônio Jorge Pinheiro Moreira e Tânia da Silva Lima são franqueados da N1 Chicken

“Antônio Jorge era condutor de aplicativo e eu sou chef de cozinha, sempre trabalhei com eventos de almoços e jantares durante vinte anos. 

Tínhamos o desejo de investir em algo que achávamos promissor. Como eu tinha o conhecimento em gastronomia, decidimos investir no ramo de alimentação.

Entre nós, há confiança e credibilidade mútua em todos os aspectos.

Após 18 meses em atividades com a primeira unidade na Ilha do Governador, estamos prestes a inaugurar a segunda unidade dessa vez em Niterói. Hoje podemos afirmar que fomos privilegiados em optar pela franquia N1 Chicken.” Tânia Lima.

Para saber mais sobre a franquia Number One Chicken, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Cynthia Aristhéa e Gustavo Fuchs de Jesus, franqueados da Calçados Bibi

Depois da maternidade, Cynthia que é advogada e mãe com dedicação integral após o nascimento das duas filhas, e seu marido Gustavo, buscavam novos desafios na carreira.

Eles decidiram apostar em um negócio próprio após Gustavo se desligar de uma agência bancária onde trabalhou por 35 anos.

O casal conhecia a Calçados Bibi como consumidores dos produtos para suas filhas, mas puderem entender melhor sobre a rede após visitar a feira de franquias ABF Franchising Expo, promovida pela Associação Brasileira de Franchising. A identificação com o negócio foi imediata.

Para saber mais sobre a franquia Bibi, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Jomar Oliva e Elisângela Batista Oliva, franqueados da 5àsec no Brasil

Jomar Oliva, administrador de empresas, foi o primeiro franqueado da 5àsec no Brasil. Em 1994, ele conheceu a marca por meio de um amigo, que comentou que estava chegando ao Brasil uma rede de lavanderias francesa.

Paulistano, o empresário desejava sair da metrópole, onde trabalhava na área de transportes, para ter uma vida mais tranquila no litoral do Nordeste. Levar a marca 5àsec, até então uma novidade no País, para Fortaleza foi uma decisão certeira.

Assim, em outubro de 1995, ele e a mulher Elisângela Batista Oliva, inauguraram a primeira unidade da rede no bairro Meireles. O sucesso do negócio fez com que Jomar abrisse outras lojas num intervalo médio de dois a três anos, tornando-se um multifranqueado da rede.

Para saber mais sobre a franquia 5àsec, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Renato Raposo, 47 anos, e Andrea Raposo, 47 anos, são franqueados Acquazero

Renato trabalhava como coordenador financeiro de uma grande empresa de engenharia durante 24 anos e ficou desempregado após a venda da empresa para um grupo Chinês.

Eu era Gerente Administrativa de uma empresa de controle de pragas e após 12 meses da existência da Acquazero, pedi demissão e investiu na parte comercial da loja e serviços residenciais (limpeza de sofá, colchão, tapetes, etc.). 

Após o desemprego do Renato fomos à uma feira de franchising e adoramos a proposta da Acquazero. Era exatamente o valor que tínhamos para investir e a proposta se encaixava com o perfil dele. 

Pensamos em um ramo de atividade que trouxesse prazer para o Renato que adora o ramo de estética automotiva. 

Juntos estamos sempre buscando o melhor para a empresa e nossa família. 

Momentos difíceis todos os comerciantes passaram durante a pandemia, muitos boletos foram negociados, contratos de trabalho suspensos, mas tudo isso só aumentou a nossa vontade de crescer e ver que estamos no caminho certo para o sucesso.” Renato Raposo.

Para saber mais sobre a franquia Acquazero, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Cristina Ribeiro, 32 anos, e Vinícius Ribeiro, 34 anos, investiram na franquia Cuidare Brasil

Cristina e Vinícius Ribeiro são mais do que um casal. Ela aos 32 anos, e ele com 34, decidiram formalizar mais um laço: o de sócios numa franquia em Caxias do Sul (RS), cidade natal do médico e da biomédica de formação.

A marca eleita pela dupla foi a Cuidare Brasil, uma das principais redes de cuidadores de pessoas do país, fundada em 2016, no Rio Grande do Norte.

Empreender sempre esteve nos planos do casal, embora não tenham experiência no ramo empresarial.

A partir daí surgiu a ideia de investir numa franquia, justamente por oferecer suporte, treinamentos, menor possibilidade de riscos, planos de carreira, estratégia de marketing, além de um nome já consolidado no mercado.

Após muitas pesquisas e contatos frequentes com a franqueadora, o casal decidiu realizar o investimento. 

“A ideia do negócio partiu do Vinícius a qual me agradou muito, e então resolvi seguir com ele nessa busca por uma franquia de cuidadores. Eu acho que os maiores benefícios de trabalhar em conjunto é a confiança; saber que podemos contar um com o outro sempre, a troca de conhecimento e saber que estamos crescendo e aprendendo juntos. Ainda somos novos nesse mundo, mas até o momento não vi dificuldades como casal e sócios, com certeza vão aparecer mas estamos conseguindo levar a empresa com respeito, tolerância e sabendo separar os assuntos”, pontua Cristina.

Para saber mais sobre a franquia Cuidare Brasil, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Liana Lopes, 42 anos, e o marido, Marcos Aurélio Reis, 41 anos, investiram na Clinicão

Muitas vezes, empreender num negócio surge por meio de uma necessidade.

Há alguns anos, Liana Lopes, de 42 anos, e o marido, Marcos Aurélio Reis, de 41, apostaram numa franquia da Clinicão, em São Paulo.

A rede pet surgiu como uma boa alternativa para o casal que optou pela  franquia na qualidade de receber suporte e conhecimento da franqueadora, já que não tinham conhecimento na área.

O casal atuava em áreas completamente distintas quando decidiu abrir a clínica veterinária. Ela fazia parte do setor de RH de uma empresa, e ele trabalhava no setor de Construção. Os dois reuniram algumas economias e apostaram no segmento de saúde pet, que, segundo Liana, era um ramo com grandes possibilidades de crescimento. 

“Eu acredito que o maior benefício de investir em casal é de ter a possibilidade de um dar suporte para o outro. E o nosso maior desafio inicial foi de entrar em um setor que não tínhamos conhecimento, mas no final, tudo valeu a pena, recebemos um grande suporte da rede”, avalia Liana.

Para saber mais sobre a franquia Clinicão, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Larissa Mascarenhas Fontes, 38 anos e Rafael Antonioni de Sousa, 35 anos, investiram na Enjoy Inglês Profissionalizante
Casais que empreendem juntos

“Eu, Larissa, era servidora pública na área de segurança e Rafael era consultor de negócios, no ramo imobiliário. Somos formados em Psicologia.  

Sempre pensamos em ter nosso próprio negócio e acreditamos que o modelo de franquia traz o know-how fundamental para o sucesso do empreendimento. Diferentemente da maioria dos casais, acreditamos que trabalhar juntos em prol dos mesmos objetivos e sonhos facilita a realização, além de ser mais coerente, visto que estamos do ’mesmo lado’.

Antes de investir, pesquisamos outros modelos de franquia até encontrarmos a Enjoy.

Eu tive uma experiência em comércio de produtos (era sócia) e, junto com Rafael, discutíamos, entre outras coisas, sobre os desafios de trabalhar com venda de produto, devido a gestão e custo do estoque.

Então, na Enjoy encontramos um modelo de negócio voltado para a prestação de serviço e dentro do que acreditamos: desenvolvimento de pessoas.

Desde o início estávamos alinhados, pois construímos nossos planos juntos, mas foi necessário redirecionar nossas carreiras.

Acreditamos que, em primeiro lugar, assim como na vida de casados, na vida profissional  estamos em busca do mesmo ideal/sonho e  trabalhamos juntos para  esta realização.

Temos valores parecidos, o que facilita a condução do negócio. Levamos o trabalho para casa de forma leve e produzimos mais insights.

Aproveitamos o que cada um tem de melhor.  O fator confiança também é muito importante no dia a dia,  tanto em termos estratégicos quanto financeiro. Sempre conversamos sobre tudo, inclusive sobre investimento e retorno e, consequentemente, a melhor forma de fazer isso acontecer.

Do mesmo jeito que levar ‘trabalho’ para casa pode se tornar negativo quando passa a ser o único assunto, ou levarmos alguma divergência não bem resolvida como sócios para casa e isso interferir na relação como casal, podemos também no conforto do lar termos boas ideias para resolver alguma pendência que ficou no final do dia.

Acredito que a parceria entre casais traga mais benefícios do que parceria sem vínculo emocional.” Larissa Mascarenhas.

Para saber mais informações da franquia Enjoy, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Renata Gonçalves de Magalhães Ramos, 38 anos, e Marden Fernando Miranda Ramos, 40 anos, investiram na CRIAMIGOS

Empreender em casal

“Eu era enfermeira, trabalhava em hospital, e Marde é médico e continua trabalhando como Médico Anestesiologista. 

Nos conhecemos no trabalho,  em um hospital referência de Belo Horizonte. Já estávamos acostumados a trabalhar junto e entender os limites entre o profissional e pessoal. 

O casamento reforçou nosso sistema de parceria! Temos o diálogo como a base da nossa parceria, conversarmos muito sobre as decisões a serem tomadas, sempre levando em consideração o negócio e família! Sempre tivemos os mesmos objetivos e sonhos.

Fiz alguns cursos de especialização de gestão de negócios e pensei em buscar uma franquia para investir. Durante  uma viagem a passeio para Gramado, vimos a Criamigos, entramos para comprar um urso para nossas filhas e nos apaixonamos pelo modelo de negócio. 

A ideia de espalhar amor em forma de pelúcia e o modelo inovador já nos conquistou de início. Não tivemos dúvida que seria este o negócio.”

Para saber mais sobre a franquia Criamigos, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Rosane Ribeiro de Souza Lima, de 38 anos, e Sergio de Lima Silva, de 35 anos, franqueados da Água Doce Sabores do Brasil

franquias para casais

Uma união tanto amorosa quanto de negócios que teve início na Água Doce Sabores do Brasil em Tupã, no interior de São Paulo.

Rosane Ribeiro de Souza Lima, de 38 anos, e Sergio de Lima Silva, de 35 anos, trabalharam juntos, se conheceram, casaram e viraram parceiros de negócios.

Ela foi por cinco anos responsável por toda parte administrativa da matriz. Ele atuou como monitor da franqueadora por 12 anos, viajou para diferentes estados brasileiros para treinar as equipes, dar suporte aos franqueados e colaboradores, além de verificar se as operações estavam seguindo o padrão da rede.

Em uma dessas viagens, Sérgio recebeu um convite para se tornar gerente da unidade de Primavera do Leste, no Mato Grosso. Nascidos em Tupã, ambos decidiram encarar o desafio.

Após um ano exercendo a função, a antiga franqueada decidiu sair do negócio e perguntou se Sérgio, juntamente com a esposa Rosane, gostaria de assumir o negócio.

E foi assim que, em março de 2019, eles se tornaram franqueados da Água Doce Sabores do Brasil.

“Além de contar com uma carteira de clientes ativos e ter um ótimo relacionamento com os fornecedores que já estavam habituados com as demandas da unidade, temos toda a experiência necessária conquistada ao longo de tantos anos trabalhando para a marca, para fazer com que a operação seja gerida da melhor maneira possível. Foi uma grande oportunidade para nós”, relata Sérgio.

 Para saber mais sobre a franquia Água Doce Sabores do Brasil, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Patrícia Dantas e Adriano Dantas, ambos com 43 anos, são franqueados da Minds English School
investimento para casais

“Nos conhecemos em uma empresa anterior do mesmo segmento, onde éramos vendedores de curso de inglês, nos apaixonamos um pelo outro no mesmo momento que nos apaixonamos por esse trabalho!

Desde muito cedo trabalhando com escolas, cultivamos juntos o sonho de termos nossa própria escola!

Nessa transição participamos do nascimento da Minds Idiomas onde tivemos a oportunidade em empreender em uma marca nova e inovadora.

Nos tornamos franqueados de Santos. Depois disso, devido ao crescimento da Unidade de Santos, buscamos a nossa segunda escola e então nasceu São Bernardo do Campo,  um dos recordes da Minds Idiomas em atingir o ponto de equilíbrio e gerar lucratividade atingindo 1000 alunos no seu primeiro ano de abertura.

E assim foi acontecendo as outras escolas, sempre devido ao crescimento da Unidade anterior! Um crescimento consciente.

Os maiores benefícios em trabalharmos juntos é poder contar um com outro em todos os momentos, ele no comercial e eu na Administração. O que deixa a empresa mais equilibrada. Crescermos profissionalmente juntos, as nossas realizações acontecendo ao mesmo tempo e conseguirmos entender a carga horária de trabalho pesado um do outro sem cobranças.

As maiores dificuldades é não levar trabalho pra casa, também temos nossas opiniões contrárias em relação a empresa em alguns momentos e precisamos chegar a um acordo sempre pensando no melhor para o futuro de todos!”

Para saber mais sobre a franquia Minds English School, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Raquel Menezes Muniz Reis, 33 anos, e Helessandro Santos Reis, 49 anos, são franqueados da Pello Menos

“Eu era bancária. Helessandro já tinha experiência sendo franqueado de outra rede desde 2007 no ramo de chocolates. Com a minha saída do banco, decidimos na ocasião investir em uma franquia em outro ramo. 

Eu já era cliente do Pello Menos há muitos anos e sempre gostei muito do método e serviço.

Quando pensamos em investir numa franquia, buscamos principalmente uma marca com credibilidade e boas referências e de cara, pensei no Pello Menos. Procuramos então conhecer melhor a franquia, a história da marca e tudo que envolvia o investimento na operação. 

Desde o início foi tudo muito pensado em conjunto, pesquisamos, estudamos, discutimos prós e contras, possibilidades, e decidimos juntos, não houve divergências.

Somos muito parceiros, na vida e nos negócios. Temos características diferentes que se complementam no que diz respeito a administração do negócio e isso é ótimo, principalmente porque entre nós há muito respeito e confiança. 

Por mais que nos esforcemos, é inevitável levar assuntos de trabalho para casa e nem sempre isso é saudável. Se não houver sabedoria, a parte profissional pode de alguma forma interferir na relação do casal.” Raquel Reis.

Para saber mais informações sobre a franquia Pello Menos, CLIQUE AQUI.

 

Franquias para casais: Luana Valentino, 39 anos, e André Soares, 41 anos, são franqueados da Multysat

negócios para casais

O André atuava no ramo gráfico e eu como executiva de expansão de franquias. 

O cenário que vivenciamos durante todo ano de 2020 foi de extrema importância para que o André decidisse sair do ramo gráfico, que mesmo antes da pandemia já vinha sofrendo mudanças comportamentais com o crescimento do mercado digital. 

Começamos então nossa busca por  outras alternativas, pensando  em algo lucrativo e escalável com possibilidades de usar ferramentas de internet. 

Eu, que já trabalhava na formatação e expansão de negócios de franquias, conheci a Multysat através de uma amiga, que me pediu opinião sobre o negócio e, analisando a proposta, me interessei bastante pelo negócio. 

Eu e o André sempre tivemos vontade de tocar algo juntos mas, para abdicar de um bom salário e tomar a decisão de empreender, tinha que ser por algo que acreditássemos muito. Foi na Multysat que encontramos os  requisitos necessários para então por esse plano em ação. 

Dentro das nossas expectativas, a Multysat é um negócio escalável que pode ser feito pela internet, com um ótimo serviço para oferecer ao mercado e por um valor competitivo e tudo isso alinhado com nossos valores, pois com 3 filhos, prezamos por segurança, e temos certeza que essa é uma preocupação generalizada, desta forma, após analisarmos, a decisão foi de comum acordo. 

Quando o casal está alinhado em seus objetivos, é muito bom trabalhar em conjunto, pois muitas vezes existe a falta de compreensão de um com as demandas do outro em relação a carreira profissional. Quando se empreende junto, os dois estão sempre na mesma direção, não tem como não estar, pois a sociedade também é um casamento. 

Não vejo lado negativo na sociedade entre casais que são bem resolvidos, talvez apenas o fato de falarmos de trabalho o tempo todo, mas sinceramente eu amo trabalhar então não me importo.” Luana Valentino.

Para saber mais sobre a franquia MultySat, CLIQUE AQUI.

 

Negócios para casais: Ricardo Garcez Marin, 48 anos, e Cleide de Alencar Marin, 50 anos, são franqueados da Chocolateria Brasileira
Empreender em casal

“Por muitos anos trabalhamos em instituições bancárias, eu no departamento de finanças e minha esposa na área de negócios imobiliários.

Em 2018, decidimos empregar nosso capital economizado ao longo dos anos, em uma negócio próprio para complementar a nossa renda, já que a Cleide havia saído do banco e poderia ficar à frente do negócio.

Escolhemos investir numa franquia, após estudar o segmento do franchising. Fizemos diversas pesquisas, vimos  redes dos mais variados setores, limpeza, entre outros, mas  decidimos pela Chocolateria Brasileira, por oferecer um suporte mais completo e ser visualmente mais atraente.

O maior benefício de ter o marido ou esposo como sócio é ter um pensamento em comum: o bem da nossa família e do nosso negócio.

As maiores dificuldades são adequar o tempo para curtir nossa família, pois o negócio exige dedicação integral. Antes conseguíamos dar mais atenção para nossos filhos, agora, temos que conseguir adequar nossos horários para conseguir ficar com eles.” Ricardo Marin.

Para saber mais sobre a franquia Chocolateria Brasileira, CLIQUE AQUI.

 

Casais que empreendem juntos: Raul Bonan, 50 anos, e Christiane Theodoridis Bonan , 47 anos, são franqueados Megamatte

negócios para casais

“Raul era engenheiro de telecomunicações  e eu advogada. A ideia de investir em uma franquia surgiu com a vontade de ter um negócio próprio, trabalharmos para nós mesmos. Eu sempre quis uma cafeteria e ele concordou.

A ideia de começar um negócio foi minha e ele depois aderiu. O maior benefício de tê-lo como sócio é estar sempre junto, com os mesmos objetivos e fins.

Já as dificuldades são estar o tempo todo tomando decisões, tendo ideias às vezes diferentes. É preciso saber distinguir os empresários da relação marido e esposa.”

Para saber mais sobre a franquia Megamatte, CLIQUE AQUI.

 

Empreender em casal: Wesley Masterson, de 41 anos e Adriana Leme, de 39, investiram na Clínica da Cidade

investimento para casais

O casal Wesley Masterson e Adriana Leme viu os negócios tomarem um rumo inesperado nos últimos dois anos. Isso porque a dupla que atuava na área de Tecnologia da Informação, decidiu investir numa franquia no segmento de saúde.

A Clínica da Cidade conquistou de vez os apaixonados. Eles começaram com uma unidade e hoje já possuem três no interior de São Paulo, duas em Sorocaba e uma na cidade de Itu.

Wesley e Adriana sempre tiveram vontade de empreender num negócio que tivesse um propósito social, então começaram a pesquisar, e a partir do momento que surgiu a oportunidade em investir na área de medicina acessível não pensaram duas vezes.

Segundo eles, um negócio sólido, em um segmento que está em crescimento, e que tem um propósito social muito forte, principalmente no Brasil, um país com uma grande carência na área da saúde, foram os pontos que definiram a escolha pela marca, que foi tomada pelos dois, sem nenhum tipo de divergência.

“O bom de trabalhar em conjunto, da mesma maneira que você vive num relacionamento, você gosta das mesmas coisas e compartilha dos mesmos princípios, isso aí se reflete no ambiente de trabalho, nós temos muito sintonia para gerir o negócio.

 Esse é um dos pilares do nosso negócio que teve um crescimento vertiginoso nesses últimos dois anos. No entanto, conviver no mesmo ambiente, pressupõe-se que a proximidade vai ser maior e que vão surgir pontos divergentes, por isso tem que ter jogo de cintura para saber dividir bem o ambiente pessoal do ambiente profissional, para que um não influencie negativamente no outro”, afirma Wesley.

Para saber mais sobre a franquia Clínica da Cidade, CLIQUE AQUI.


Veja outros conteúdos que selecionamos que irão ajudá-lo a empreender: