Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

A necessária transformação digital no franchising

31/07/2020

*Por Natiele Krassmann

Parafraseando o especialista em tecnologia Gary Vaynerchuk, “um negócio que não se digitalizou tem grandes chances de morrer”.

No campo das franquias e empresas com foco em vendas de produtos ou serviços físicos, a pandemia mostrou que essa realidade vai muito além de uma simples necessidade, é urgência!

Antes um braço tímido no setor de franchising, a tecnologia era uma ideologia deixada, pela maioria das redes, em segundo plano, a ser implementada “mês que vem, ou talvez no outro”.

Mas, desde março, com o isolamento social, a transformação digital foi a alternativa encontrada, forçosamente, pelas redes de vários setores para se manter em funcionamento.

Como bem pontua a Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), essa mudança vai movimentar R﹩ 465,6 bilhões até 2023, sejam em vendas, análise de pessoas, integração de canais de atendimento ao cliente, entregas, inteligência artificial, captação de leads, entre outros.

O potencial é enorme na aplicação da tecnologia em franquias, mas, pelo que já vimos, não são todos que estão preparados para essa mudança.

Afinal, em qualquer que seja o negócio offline e/ou físico, tal como um restaurante, lojas de conveniência ou de presentes, por exemplo, é preciso encarar o assunto, dedicando tempo e energia para seu entendimento.

Não basta fazer um planejamento para comprar um moderno sistema de gestão ou de controle de estoque: a tecnologia não é nada sem o aspecto humano.

Em outras palavras: de nada serve o mais moderno sistema sem que pessoas (do sócio ao operador) entendam o que é e sua funcionalidade, aplicando primeiramente nas sedes ou em algumas unidades chaves e, depois, repassando para a rede.

Trabalhar com erro e acerto, testando o que melhor se encaixa nas necessidades da sua empresa também faz parte do processo e dá um entendimento maior das possibilidades.

Por isso, amigo empreendedor, permita-se quebrar paradigmas sem preconceitos.

Entenda que transformação digital vai muito além de digitalizar o analógico: faz parte de uma nova cultura que trará benefícios ao negócio, desde que bem incluído e integrado.

A implementação de soluções tecnológicas permite a otimização de processos, aumento de produtividade, comunicação com o mercado e consumidores, além de uma integração, ainda mais forte, com a rede.

Porém, uma mudança dessa ordem deve vir de uma estratégia global, única e consistente, partindo de uma liderança firme e disciplinada para fazer acontecer, garantindo a implantação com sucesso.

No franchising, especificamente, uma das principais vantagens da utilização de ferramentas tecnológicas é que tudo se multiplica, porque o efeito é aplicado em rede.

Então, assim que as fases de conscientização, escolha e adaptação estiverem passadas, a transformação se acelerará em todos os âmbitos.

O caminho ideal deve incluir especialistas e consultores para facilitar o processo a todos e potencializar o uso dessas soluções, a fim de integrá-las melhor à estrutura organizacional.

Afinal, é algo que beneficia toda a cadeia, incluindo clientes, fornecedores e parceiros franqueados, no caso das empresas franqueadoras.

Todos têm a ganhar: franquia, rede e, claro, o consumidor (já 100% conectado).

* Natiele Krassmann é Co-fundadora da marca Criamigos, rede de franquias de pelúcias personalizáveis

Para saber mais sobre a franquia Criamigos, CLIQUE AQUI.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS