var lazyload = new LazyLoad({ elements_selector: ".lazy" }); }
Regiões Norte e Nordeste dominam a expansão do franchising
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Regiões Norte e Nordeste dominam a expansão do franchising


01/07/2021


  • 20% do faturamento e 14% das lojas em operação do franchising vem de ambas as regiões;
  • Fortaleza e Recife são duas capitais no Nordeste que o franchising representa apenas 5% do comércio local;
  • Pará é o estado que mais criou emprego e renda formal e novas empresas em 2020;
  • Norte e Nordeste já as regiões que mais cresceram em vendas no mês de maio, mesmo comparado ao período em 2020, com evolução de 27,1% e 30,3%

O faturamento do setor de Franquias no primeiro trimestre de 2021 teve uma queda de 4% em relação ao mesmo período do ano passado, passando de R$ 41,537 bilhões para R$ 39,881 bilhões. Por outro lado, houve crescimento de 3,3% de novas unidades em operação, contra 2,3% em 2020.

 

Segundo estudo da ABF (Associação Brasileira de Franchising) nos últimos 12 meses, até março deste ano, a receita ficou mais acentuada com a redução do faturamento na ordem de 11,4%.

 

O setor de Beleza, Estética, Saúde e Bem-estar mostrou sua evolução e sua resiliência, ficando em segundo lugar, com 12,7% de alta, apenas atrás do segmento de Casa e Construção, com crescimento de 36,5%, e seguido por Limpeza e Conservação, com 6,6%.

 

O PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre, que surpreendeu o mundo com alta de 1,2%, e a quebra de recorde de vendas no Varejo em abril e maio, pode dar esperança aos empreendedores junto com a vacinação que será importante para a Economia tomar o rumo da prosperidade.

 

Para se ter ideia, no mês de maio, as vendas do Varejo apresentaram aumento de 21%, na comparação do mesmo período no ano passado. As regiões Norte e Nordeste apresentaram evolução no setor de 27,1% e 30,3%, respectivamente.

 

Número justificados

A pandemia da novo Coronavírus fez com que as pessoas ficassem mais em casa, tanto pelo próprio isolamento, como pelo trabalho remoto. E estes são os principais fatores que levam ao crescimento do segmento de Casa e Construção. Isso beneficia o franchising em duas pontas: tanto do consumidor, que tem comprado mais para reformas domésticas; como dos investidores, que perceberam este crescimento e aplicam seu dinheiro em um negócio do nicho.

 

Já os segmentos de Limpeza e conservação, e Saúde, Beleza e Bem-estar estão diretamente ligados à necessidade de cuidados e higienização por conta da Covid-19.

 

O segundo nicho, após o início da pandemia ter sido considerado não-essencial, também sofreu com o fechamento de lojas, mas com as adaptações às regras de isolamento social, tanto as empresas serviços, como a de produtos do setor, conseguiram driblar a crise e retomar com números surpreendentes de crescimento.

 

Mesmo com unidades fechadas por cinco meses em 2020, o franchising nacional fechou com alta na receita em torno de 6,8% em relação a 2019.

 

Conforme os dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiense Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), segmento manteve faturamento médio 8% na última década. Já a consultoria Euromonitor apontou que o setor possa crescer 4,5% até o final deste ano.

 

Grandes redes de beleza crescem e expandem para Norte e Nordeste

Os números apontados até aqui mostram, e justificam, o porquê de as Regiões Norte e Nordeste serem as queridinhas das expansões das redes de franquias.

 

Em 2020, segundo dados da ABF, o franchising faturou mais de R$ 24 bilhões apenas no Nordeste, que já contava mais de 25 mil unidades, e mais de 23% delas no nicho de Saúde, Beleza e Bem-Estar. Isso favorece ainda mais a aposta das redes deste segmento na busca por novos negócios.

 

Unhas Cariocas 

Maior e principal rede de esmalteria do Brasil segue em uma ascensão impressionante. Criada em 2017, mesmo ano que entrou para o franchsing, a marca surgiu justamente por diferenciais que o mercado de cuidado com as unhas não tinha. E isso já foi mais do que suficiente para que a rede evoluísse com velocidade.

 

Com mais de 70 unidades por todo o País, a Unhas Cariocas se tornou a principal referência em esmalteria brasileira porque oferece um tratamento com produto próprio, e sem uso do alicate, que não apenas ajuda no processo de limpeza das unhas, mas oferece cuidado com as mãos e dedos. Além disso, a marca comercializa próprios para clientes, tanto nas unidades como pelo e-commerce.

Com previsão de lançamento de sua fábrica até o mês de julho, a Unhas Cariocas projeta aumentar seu faturamento, incluindo seu plano de expansão para a Região Nordeste do País, onde acumula cinco unidades em operação e pretende terminar o ano de 2021 com o dobro de franquias.

 

Segundo o CEO da Unhas Cariocas, Maurício Cesar, expandir no Nordeste tem relação direta com a aceitação local do seu negócio. “Já tínhamos a região planejada em nosso, mas a receptividade acima das expectativas nos fez antecipar o crescimento no Nordeste. Neste ano, já inauguramos em Recife (PE) e estamos prestes a abrir mais duas unidades, em Maceio (AL) e Fortaleza (CE). Até o final de 2021 pretendemos ter 10 unidades na região Nordeste”, comenta e projeta Maurício.

 

Não+Pelo/No+Vello

 

Em 2020, quando a multinacional completou dez anos de investimentos no Brasil, a rede modificou completamente seus modelos de negócios. Primeiro, um engajamento de toda a rede através das relações digitais para recuperação das vendas comprometidas pelo isolamento social e lockdown.

A rede, que está fazendo a mudança da tecnologia da luz pulsada intensa para o laser, traz duas modalidades de negócios que englobam um investimento de € 2 milhões para a inovação Sun&Safe, exclusiva no mundo, e um mix de quatro lasers para a unidade premium que segue todo o conceito arquitetônico e marketing sensorial europeu, a primeira unidade foi inaugurada em Juiz de Fora, no mês de abril.

 

A partir de agora, o interessado pode escolher a modalidade Sun&Safe ou Premium, cujos investimentos iniciais são R$175 mil e R$375 mil, respectivamente.

 

Outro investimento importante para melhorar o treinamento de quem estão na ponta do negócio foi a criação da Universidade Não+Pelo em parceria com a plataforma Benkyou. Assim sendo, os treinamentos passaram a ser mais constantes e, agora, que a rede inicia uma reciclagem de tecnologia, faz-se mais necessário para as vendas.

 

Por meio dela, os treinamentos, desempenhos das lojas e uma gestão mais eficaz ajudou a rede a superar em 20% a intenção de comercialização de novas unidades em 2020.

 

Até julho deste ano, a Não+Pelo terá inaugurado oito unidades, as próximas três serão no Maranhão, nas cidades de Santa Inês e Bacabal, e no Pará, em Castanhal.

 

Entenda o que é Sun&Safe: É um manípulo formado por refletrores de ouro, cristais de safira e um ponteiro com a tecnologia de Gel Surpremo que inibe qualquer desconforto. Tecnicamente, o Sun&Safe é voltato para três públicos bem definidos: negros de tonalidade de pele escura e pelos mais grossos, pessoas, em geral, que têm a cultura de estar com o corpo bronzeado e homens. O Sun&Safe opera no comprimento de luz entre 700 e 900 nanômetros. Este estudo realizado na matriz da empresa, em Madrid, faz com que a luz atinja eficientemente a melanina sem atacar o cromóforo água. Portanto, o risco é zero de danos dermatológicos proveniente do Sun& Safe.

NOTÍCIAS RELACIONADAS