Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

Escolha pelo menos um opção para sua busca

Mundo Verde investe na expansão em São Paulo

04/12/2003

Crescimento da rede foi debatido em convenção de franqueados, no Rio

Maior franquia de produtos naturais, dietéticos e esotéricos da América Latina, a rede Mundo Verde definiu como meta para 2004 a abertura de 30 lojas no mercado paulista, atingindo um total de 60 nos próximos três anos. Hoje, existem quatro lojas no Estado: três na capital e uma em Campinas. Outras duas virão em breve, ambas na capital. Daqui a duas semanas será aberta uma casa na alameda Santos, nos Jardins, e até o fim do ano, uma unidade na avenida Paulista.

A expansão no mercado paulista e em todo o país marcou a primeira convenção nacional dos franqueados da rede, realizada no último domingo, dia 26, no Rio de Janeiro.

O crescimento projetado para todo o país é de 90 novas lojas nos próximos três anos, expandindo a presença do Mundo Verde – além de São Paulo –, também no Nordeste e no Sul do país. Minas Gerais, que já tem duas lojas em Belo Horizonte, terá ainda neste ano sua segunda loja no interior, na cidade de Cataguazes. Hoje, quase 80% das 105 lojas da rede estão situadas no Rio de Janeiro. O Mundo Verde também tem lojas no Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Santa Catarina e Brasília.

Duas campanhas foram lançadas durante a Convenção: a “Mundo Verde 48h”, que garante ao franqueado resposta a suas indagações em, no máximo, dois dias, e “Eu faço Acontecer”, um comprometimento dos funcionários da franquia com a excelência no atendimento aos franqueados. Na ocasião, diretores, supervisores e gerentes falaram de propostas e métodos de trabalho junto aos lojistas e de mudanças na equipe.

Outro ponto discutido durante a convenção foi o engajamento social da rede Mundo Verde. A atriz Glória Pires, presidente de honra do ISEP (Instituto Social Elza Pires), parceiro do Mundo Verde no projeto Mundo Verde Casazul, expôs detalhes da iniciativa, que funciona em sua antiga casa no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, e atende a 70 crianças e jovens de 7 a 20 anos da Favela-Bairro Terreirão. Glória ressaltou a importância da parceria feita com a rede em julho deste ano e que possibilitou ao Instituto Social Elza Pires uma ampliação no atendimento, oferecendo às crianças e jovens alimentação natural com base em um cardápio preparado pela nutricionista do Mundo Verde, atendimento médico, odontógico, oficinas de teatro, música e dança. Foi discutida também a possibilidade de, no futuro, os jovens participantes do Mundo Verde Casazul trabalharem nas lojas da rede, no Rio de Janeiro.

Ainda no aspecto social, duas outras exposições foram feitas para incentivar o franqueado a participar dos projetos da rede. A primeira delas, “Inclusão pelo Trabalho”, parceria do Mundo Verde com a APAE, tem como objetivo a contratação de um portador de necessidade especial em cada loja. Em novembro, será criada a logomarca Mundo Verde-APAE, em solenidade na sede da APAE no Rio de Janeiro. Hoje, três lojas Mundo Verde já empregam jovens com deficiência: duas no Rio e uma em Salvador. Dílson Clayton da Costa Chaves é um deles. Começou a trabalhar em junho passado na loja da avenida Marechal Floriano, no Centro do Rio. Para ele, conseguir o emprego com carteira assinada, o primeiro de sua vida, foi uma bênção de Deus. Dílson trabalha no almoxarifado e já está entregando produtos para clientes da região.

Os franqueados também foram informados sobre o projeto “Mundo Verde Eco Social”, espaço que a rede vem criando em várias lojas para comercializar produtos de instituições que atuam nas áreas social e ecológica. Finalizando o evento, os lojistas assistiram a duas palestras sobre motivação e vendas, feitas pelo consultor Cláudio Diogo, autor do livro Vender Mais e Melhor e por Raul Candeloro, editor da revista Venda Mais.

A primeira convenção do Mundo Verde contou com o apoio de vários fornecedores, entre eles Welleda, Natural Wealth, Moinho Special, Delícias do Forno, Portal, Transasa, Fitorio, Pazzi, O.G Brinquedos, Brasmed, Botica dos Anjos, Doce Viver e Pincelli. O Mundo Verde é líder do setor na América Latina. Em 105 lojas, atende 45 mil clientes por dia, gerando mais de 1.200 empregos diretos.

Avaliação

NOTÍCIAS RELACIONADAS