Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

Escolha pelo menos um opção para sua busca

Jornal O Globo divulga o Prêmio de Design ABF e RDI 2010

23/08/2010

No último dia 20 de agosto o jornal O Globo trouxe uma matéria sobre a importância do Design no ponto de venda. Em destaque o acordo de cooperação entre a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e o Retail Design Institute (RDI). Assinado pela repórter Luciana Calaza a reportagem é fruto do I Prêmio de Design ABF/RDI – entregue na última segunda-feira (12/08), em São Paulo – com o objetivo de estimular o uso do design como ferramenta estratégica de negócio. Confira na íntegra:

Design no ponto de venda: quesito fundamental para a comunicação com o consumidor
Por: Luciana Calaza/ Jornal O Globo

Se o design de uma loja é importante para elevar as vendas, ele é fundamental para os pequenos e médios negócios, porque esses, sem grandes verbas de publicidade, precisam explorar ao máximo o `marketing do ponto de venda`. Atenta a essa questão, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) firmou um acordo de cooperação com o Retail Design Institute (RDI), uma associação de profissionais criativos de vários segmentos, como arquitetos, designers, publicitários e educadores, voltados para o varejo. Uma das contribuições do instituto foi o desenvolvimento do Prêmio de Design ABF/RDI – entregue na última segunda-feira, em São Paulo – com o objetivo de estimular o uso do design como ferramenta estratégica de negócio.

As grandes vencedoras da noite foram a Hering Store, que levou o prêmio Design do Ano, e a Contém 1g, que venceu na categoria Inovação do ano. Os projetos foram avaliados em oito itens (planejamento de loja, iluminação, materiais/acabamentos, sinalização, visual merchandising, conceito, inovação e sustentabilidade), explica George Hommer, presidente do RDI.

– A Hering apresentou um projeto consistente e com um ótimo desempenho comercial. A Contém 1g trouxe uma inovação na forma de vender seus produtos e se relacionar com as clientes através da degustação. E, assim cada um dos projetos vencedores dentro das categorias de franqueadores master, pleno e sênior tiveram pontos fortes suficientes para se destacar dos demais.

Para Hommer, a premiação deve estimular a contínua evolução do design nas franquias e ainda fortalecer e estreitar as relações entre franqueador, designer e franqueados na materialização da estratégia da marca no ponto de venda. O presidente do RDI ressalta que, no sistema de franquias, embora o investimento em design venha crescendo, o caminho é maior, por ser um componente necessário para o fechamento do pacote oferecido aos franqueados.

– Com certeza, todos ganham com este relacionamento, inclusive e, principalmente, o consumidor. Além disso, a renovação e evolução constante do ponto de venda beneficia também o staff quando este observa que a empresa evolui, investe e aposta no negócio – diz, lembrando que as mudanças devem ocorrer no momento correto, com evolução do conceito a cada cerca de cinco anos e um refresco do ponto de venda a cada dois anos para manter-se atual mas também relevante para seus consumidores.

No caso da Hering, que tem mais de 300 lojas no país, explica Ronaldo Loos, diretor comercial da Cia Hering, o projeto de design, adotado desde 2007, precisava transmitir o conceito de uma marca de moda casual, moderna e acessível.

– Foi dentro desse espírito que buscamos, em primeiro lugar, um visual que destacasse a marca Hering. Em termos de mobiliário e equipamentos, procuramos planejar uma operação que criasse a percepção efetiva do produto, e aí está incluída uma mesa chamada `passarela` que caracteriza todas as nossas entradas de loja e que é, efetivamente, uma passarela com nossos produtos. Por último, vislumbramos que uma loja que tem uma proposta de ser acessível a todos os públicos tem que ter portas amplas, não pode ter uma entrada tímida – explica Loos.

Já a caso da Contém 1g, que também passou por uma reformulação de marca em 2007, passando a concentrar seu foco em maquiagem, a intenção do planejamento de design foi transformar os pontos de venda em espaços altamente sensoriais, criando um vínculo emocional da marca com o consumidor.

– A ambientação foi proposta para que o lado do sonho e da fantasia trouxesse ao cliente o desejo de possuir e vivenciar o produto. Um espaço de lazer e entretenimento, no qual o cliente possa passar o maior tempo possível aprendendo e experimentando os produtos – ressalta Maria Luiza Nogueira Graça, gerente sênior de Visual Merchandising.

Outra premiada pela ABF e pelo RDI, na categoria Franqueador Sênior (redes franqueadoras com 30 ou mais franqueados e com no mínimo cinco anos de atividade), foi a rede de calçados Capodarte. Adquirida pelo Grupo Paquetá em meados de 2007, a empresa abriu, no final deste mesmo ano, a primeira loja com o conceito remodelado. Segundo o gerente executivo Gerson Vaccari, foram aproximadamente seis meses de pesquisa e desenvolvimento do conceito, que deveria apresentar como diferencial a sofisticação, o conforto e o bem estar.

– Sofás e poltronas de couro, tapete exclusivo, madeira, texturas nas prateleiras e o papel de parede com monograma exclusivo da marca, tornaram o projeto requintado e diferente. Receber esse prêmio representa o reconhecimento de muito investimento e pesquisa. Objetos de decoração, materiais, iluminação, merchandising, aliados ao conceito previamente estabelecido, foram exaustivamente estudados até que pudéssemos chegar no projeto atual – diz Vaccari.

Confira também a cobertura do evento. Clique aqui!

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS