Franquia de residenciais, confira motivos para investir
Franquia de residenciais, confira motivos para investir

Encontre aqui as melhores franquias

«
  • Tipos
  • Tipos
Escolha pelo menos um opção para sua busca
Franquia de residenciais para investir

Com foco em oferecer cuidados humanizados ao avô, médica cria franquia de residenciais sênior e fatura R$ 80 milhões

08/03/2023 | Publieditorial

A necessidade que virou negócio em 2014, com a criação da rede de franquias de residenciais sênior Terça da Serra, surgiu após a Dra. Joyce Caseiro não encontrar uma instituição de longa permanência que prestasse serviços de qualidade para acolher o avô Alberto, diagnosticado com Alzheimer.

Com grande carinho pelo trabalho com idosos desde o início da carreira, a médica decidiu empreender na área e, junto com o marido Pedro Moraes, que é economista e especialista em negócios, fundou o Terça da Serra.

Não foi só em empreender que o avô de Joyce foi seu grande inspirador,  na escolha pela profissão também.

Eu descobri que eu queria fazer medicina quando tinha 16 anos.

Meu avô precisou ficar internado e minha família toda trabalhava, então, quem acabou ficando com ele fui eu. Adorei.  Achei aquilo fantástico.

Cuidar das pessoas. Foi aí que eu falei: nossa, eu vou fazer medicina,” conta a médica.

Do sonho de cursar medicina ao diploma na mão, o caminho foi longo.

Foi preciso muito esforço e dedicação de toda família.

“A minha família não tinha dinheiro, minha mãe foi trabalhar na cantina do cursinho para eu poder estudar lá, porque também era caro.

Dediquei-me, e passei para cursar medicina na Unicamp em 2004”, diz Joyce.

Após se formar, a médica trabalhou em algumas instituições de longa permanência, paralelo a isso, ela precisava cuidar do avô, e foi ali que identificou a carência desse mercado de cuidados com idosos.

“Eu precisava cuidar do meu avô, o mesmo que foi meu incentivo a ser médica.

Ele  teve diagnóstico de Alzheimer e realmente não tinha um local adequado para o tratamento dele”.

Pensando em como cuidar do avô, a primeira unidade da Terça da Serra foi instalada na cidade de Jaguariúna, interior de São Paulo, e de lá pra cá o negócio deslanchou.

Com um conceito muito diferente do padrão asilar, o Terça da Serra surgiu para atender a demanda do mercado por instituições que ofereçam cuidados de alto padrão às pessoas da terceira idade.

“Eu queria que outros idosos também pudessem ser cuidados da mesma forma que eu queria que cuidassem do meu avô, com individualidade, amor, respeito e carinho.

A proposta é que o Terça da Serra seja uma extensão da casa dos idosos, com o bastidor hospitalar.

Queremos que a família volte a ser família, e não somente cuidador”, explica a médica sobre a proposta do residencial para idosos.

A atuação em instituições de longa permanência (ILPIs) foi fundamental para identificar todas as necessidades para que o negócio pudesse dar certo.

Listei o que sentia falta nas outras instituições para oferecer às pessoas da terceira idade um atendimento diferenciado e humanizado.

Estruturamos uma base sólida, com tudo padronizado desde o começo.

Cada detalhe foi mapeado e os protocolos e os procedimentos foram feitos para serem replicados com o crescimento o negócio”, afirma a Dra. Joyce Caseiro, sócia-fundadora da rede.

A expansão pelo modelo de franquias teve início em 2016 e atualmente a rede conta com mais de 75 unidades em funcionamento em 22 estados brasileiros.

O faturamento total da rede em 2022 foi de R$ 80 milhões.

Para 2023,  a expectativa é que o residencial fature R$110 milhões e chegue aos 3 mil leitos ocupados.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

No modelo oferecido pela rede, a unidade é gerenciada pelo franqueado com todo suporte estruturado pela franqueadora que oferece um centro de treinamento, fornecedores homologados, auditoria de qualidade, cuidador virtual  com central de monitoramento 24 horas, marketing institucional e consultoria comercial.

Para os interessados na rede, o investimento inicial é a partir de R$ 600 mil, com taxa de franquia e capital de giro.

No final do ano de 2020, o fundo de investimento privado SMZTO, liderado por José Carlos Semenzato, tornou-se o mais novo sócio do Terça da Serra, trazendo know-how em gestão e expansão de redes de franquias, tendo mais de 13 marcas em seu portfólio e mais de 3 mil unidades espalhadas pelo Brasil.

Para a Dra. Joyce Duarte, o investimento veio para agregar na gestão da rede:

Nós crescemos muito nos últimos anos e sempre buscamos fazer tudo de forma organizada e com uma equipe muito preparada.

Isso nos possibilitou receber um investidor tão significativo e nos preparar para um próximo grande salto.

O que a SMZTO tem agregado é muito mais do que capital e me dá muito orgulho ver um fundo de investimento olhando para o público sênior, que foi tão negligenciado.

Para nós, é uma grande satisfação e temos bastante coisa pela frente”.

 

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

Por Publieditorial

 


 

Veja também: