Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Antes de comprar uma franquia, que tal fazer um test drive?

23/11/2017

Faça test drive de uma franquia para conhecer a rotina

Gazeta do Povo – Naiady Piva – 14/11/17

Redes brasileiras já oferecem “test drive de franquias”, em que os interessados em comprar uma unidade conhecem de perto o dia a dia da empresa

Comprar uma franquia e só depois descobrir/perceber que você odeia aquele negócio pode ser uma tremenda cilada. Para evitar este constrangimento, algumas redes brasileiras agora oferecem um “test drive”. Para o candidato ter noção de como é “pilotar” o negócio no dia a dia.

O test drive de uma franquia pode durar de três horas até dois dias. É uma mescla de visita guiada e cliente oculto. O interessado vai até o empreendimento e para conhecer como o negócio funciona na vida real, fora da teoria.

A Didio Pizza, por exemplo, geralmente faz os test drives no sábado ou domingo à noite. “É o dia mais desconfortável de você sair da sua casa para ir trabalhar”, e se a pessoa ficar desconfortável de perder um dia de fim de semana, é porque provavelmente não tem perfil para ser dono de uma pizzaria, explica o fundador da empresa, Elidio Biazini.

A rede só faz os testes em unidades de franqueados parceiros. Nunca nas lojas próprias da marca. A ideia é que o franqueado tire suas dúvidas, e para isso converse com alguém que vai contar prós e contras do negócio, que não fique queira somente “vender o peixe”.

Comum lá fora, em especial nos Estados Unidos, o test drive chegou no Brasil há cerca de cinco anos, explica o consultor de franquias Pedro Almeida, da Franchise Solutions. Mas o modelo ainda enfrenta resistência de redes com medo de abrir as portas.

“Mas é um medo infundado. Se alguém conseguir copiar seu modelo só de visitar, é porque o negócio é muito ruim”, opina Almeida. Por isso, diz ele, o test drive seria um bom sinal de que a empresa é “bem-intencionada”. Que não tem nada a esconder.

A experiência de quem já testa 

Aos poucos, o test drive de franquias vai se tornando popular, no Brasil. Redes de diferentes tamanhos já testam o modelo. Veja o que dizem as marcas que já utilizam o modelo.

Spoleto 

No Spoleto, todos os candidatos que evoluem no processo passam pelo test drive. Eles vivem um dia de operação da loja, participam de todos os processos internos de operação e passam por todos os setores.

A coordenadora de expansão do Spoleto, Natalia Costa, explica que esta é uma das etapas mais importantes do procseso. É nesse momento que os candidatos conseguem ter o primeiro contato com a operação, e “podem tomar uma decisão com maior assertividade, ao mesmo tempo em que a franqueadora consegue avaliar a aderência do perfil do franqueado à operação da loja”.

 

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

OrthoDontic 

A rede, que oferece serviços de ordontia, faz um test drive de dois dias “dedicados a uma verdadeira imersão em todos os processos da operação”. O candidato acompanha o dia a dia de uma clínica, com todas as suas atividades e demandas, para que ele “se imagine dentro deste contexto antes de assinar o contrato”, explica o diretor da rede, Fernando Massi.

A OrthoDontic avalia que o test drive aumentou o nível de segurança, ou seja, mais gente desistiu de seguir com o processo, mas houve um aumento expressivo na qualidade dos contratos assinados.

 

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

Suporte Smart 

Centro especializado em Apple e grandes marcas, a Suporte Smart faz uma seleção prévia de candidatos. Os aprovados para a segunda fase fazem uma visita, durante o fim de semana, em uma das lojas, acompanhando todos os processos, desde a entrada até a devolução do aparelho.

O fundador da empresa, Guylherme Ribeiro, vê o teste como uma oportunidade de a pessoa descobrir, antes de investir, se está “preparada para assumir as responsabilidades e entregar a mesma qualidade da marca principal em sua franquia”.

Saladenha 

A Saladenha, que investe no ramo de alimentações saudáveis, agenda o test drive depois que os candidatos se inscrevem no site. Os interessados recebem um email com a data e local do teste, e ali conhecem todos os aspectos da operação. Para o sócio-diretor da rede, Renato Flora, os “candidatos que participam do test drive são mais envolvidos no processo e entendem a importância do franqueado operador, que fica presente o tempo todo na loja, em período integral”.

Anjos Colchões 

O test drive da Anjos Colchões, especializada em colchões e estofados, inclui uma visita à fábrica da marca, na cidade de Capitão Leônidas Marques, no interior do Paraná. É exigência que o franqueado conheça a fábrica “e presencie o dia a dia do negócio, tanto na loja como na unidade fabril”, conta o presidente da Anjos, Claudinei dos Anjos. A principal diferença, depois que o teste foi implantado, é na empolgação. “O importante é que ele se sinta bem e motivado, entenda nosso negócio e seja capaz de transmitir essa alegria”, explica Claudinei.

NOTÍCIAS RELACIONADAS