Estudo aponta que cidades no interior são melhores para franquias
Estudo aponta que cidades no interior são melhores para franquias

Encontre aqui as melhores franquias

«
  • Tipos
  • Tipos
Escolha pelo menos um opção para sua busca
cidades no interior

Interiorização à vista: Estudo aponta que cidades fora das capitais são melhores para franquias 

28/11/2023

Dados divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que 14 das 30 cidades que mais cresceram por operação em franquias no Brasil estão no interior 

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) acaba de divulgar um novo levantamento com dados sobre o impacto positivo da estratégia de interiorização para quem deseja investir em uma franquia.

Segundo o Ranking das 30 Maiores Cidades, 50% das cidades (14) que mais cresceram percentualmente por operação de franquias no Brasil não estão nas capitais.

O estudo avaliou o aumento de unidades do setor durante o primeiro semestre de 2021, comparado ao mesmo período de 2022.

Para o diretor de relacionamento e novos negócios da Associação Brasileira de Franchising (ABF-RJ), Umberto Papera Filho, investir na interiorização garante aluguéis até 50% mais baixos do que em grandes cidades, além de uma menor concorrência.

“Entrar no franchising fora das capitais oferece muitos benefícios para o investidor, como menor concorrência, custos operacionais potencialmente mais baixos e uma demanda de clientes que são pouco abastecidos naquela região.

Nas cidades menores, o preço dos aluguéis pode custar até metade do valor, quando comparado com as capitais, por exemplo.

Além disso, caso a marca faça o dever de casa de construir uma relação afetiva com a comunidade, ou seja, entendendo questões culturais e regionais, haverá também maior aceitação e potencial de crescimento”, explica o especialista em franchising e CEO da Wings Company, empresa especializada em formatação e aceleração de franquias.

Umberto, que conta no currículo com trabalho junto à grandes marcas como Melissa, Bob’s, Reserva, Giraffas e TT Burger, indica os pontos cruciais na hora de empreender nessas regiões.

“Pesquise o mercado local e entenda as necessidades e o perfil dos consumidores de lá.

Se necessário, adapte o modelo de negócios para aquela realidade, mas sem perder a identidade da franquia.

Estabeleça conexão com a comunidade local para construir uma relação sólida e promover a marca”, orienta o profissional.

Para os brasileiros interessados em investir no interior, contar com o know-how de uma franqueadora experiente no assunto aumenta as chances de conduzir um negócio bem-sucedido.

Por isso, listamos algumas marcas que oferecem modelos de franquias e estratégias desenvolvidas especialmente para a interiorização da marca.

Veja abaixo algumas opções:

 

YES! IDIOMAS: 

Com meio século de história e mais de 200 escolas espalhadas por 16 estados + Distrito Federal, a YES! Idiomas aposta em um modelo de microfranquia voltado para a expansão no interior do país.

Idealizado para operar em cidades de até 50 mil habitantes, o formato Soft requer um investimento inicial de R$ 98 mil.

Outra opção oferecida pela rede para a expansão via interiorização é o Modelo Educacional, uma microfranquia indicada para donos de instituições de ensino.

Formulado para operar no sistema store in store com escolas, esse formato requer o investimento inicial de R$30 mil.

Vale lembrar que a rede foi eleita em 2023 a Melhor Franquia do Ano, em uma premiação promovida pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

 

SUBURBANOS PIZZA: 

Com foco na interiorização, a Suburbanos Pizza, marca com redondas e lojas inspiradas no estilo nova-iorquino, acaba de lançar seu 1° modelo de microfranquia: a pizzaria low-cost.

A dark kitchen de baixo custo requer um investimento de R$120 mil e foi desenvolvida para operar em cidades de até 200 mil habitantes.

O objetivo da rede com a novidade é fincar sua bandeira em lugares com potencial de expansão, mas com capacidade para uma operação reduzida.

Atualmente, a marca carioca conta com 27 unidades espalhadas por cinco estados brasileiros (Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Brasília e Paraíba.

 

Fonte: Broto Comunicação

NOTÍCIAS RELACIONADAS