De dona de casa a empresária de salão de beleza
De dona de casa a empresária de salão de beleza

Encontre aqui as melhores franquias

«
  • Tipos
  • Tipos
Escolha pelo menos um opção para sua busca
De dona de casa a empresária com a Vult

De dona de casa a empresária de salão de beleza: conheça a história de Bruna Azevedo

17/11/2023

Empreendedora realizou capacitação no universo da beleza por meio do projeto 220 Vults e aumentou a renda da família em 50% 

O Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, celebrado em 19 de novembro, foi originalmente estabelecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) com o objetivo principal de reconhecer e celebrar as mulheres empreendedoras em todo o mundo e homenagear as conquistas e resiliência das mulheres que lideram negócios e contribuem para o desenvolvimento econômico global.

No Brasil, esse cenário feminino frente aos negócios vem crescendo.

Segundo um estudo feito pelo Sebrae, a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do IBGE, são cerca de 10,3 milhões de mulheres empreendedoras, o que representa 34,4% do universo de donos de negócios, uma marca inédita para o país.

Ajudando nessa construção de um mundo mais igualitário, Vult, marca pertencente ao Grupo Boticário, desde 2017, segue a premissa de colaborar para uma transformação na sociedade a partir da inspiração entre mulheres e da representatividade, levando a beleza como instrumento de emancipação econômica com o programa 220 Vults, que oferece capacitação para pessoas que desejam ingressar profissionalmente no ramo da beleza.

Essa jornada já impactou a vida de mais de 19 mil brasileiras, como registra um levantamento interno da marca que aponta um aumento de +45% na renda das formandas (média do impacto na vida das mulheres).

Entre as mulheres impactadas pelo programa está Bruna Azevedo, uma jovem de 25 anos, mãe de uma menina de 6 anos, esposa, dona de casa e empreendedora.

Desde 2021 a profissional atua como mentora de cursos de maquiagem no Instituto Vozes da Periferia, em parceria com a Vult, somando esforços para democratizar o acesso ao ofício de maquiadora e transmitindo o seu aprendizado, que hoje garante independência como mulher, mãe e sonhadora.

Antes de se formar maquiadora, Bruna era dona de casa, mãe e esposa e foi uma longa trajetória até chegar ao empreendedorismo.

“Queria conquistar a minha independência financeira e ser uma inspiração para sua filha de alguma forma.

Por isso decidi fazer o curso oferecido pela Vult!

Me formei como maquiadora e comecei a trabalhar na área da beleza como maquiadora, micropigmentadora de sobrancelhas e lábios e professora de maquiagem.

A plataforma social 220 Vults foi uma virada de chave na minha vida, ajudando a conseguir a ter a minha independência financeira e aumentando a renda da família em 50%”, relembra Bruna.

Bruna teve vários desafios durante a sua jornada.

“Quando comecei a atuar como maquiadora eu morava na comunidade da Vila Prudente e atendia em uma cadeira na sala da minha casa.

Tive muita resistência e dificuldade no início, pois as clientes não queriam ir até o ponto de atendimento por estar na periferia”, comenta.

Mas a profissional não desistiu e mostrou todo o seu talento e capacidade, conquistando os clientes com o resultado do seu trabalho.

Atualmente, Bruna tem o seu salão de beleza, o Studio Pink Beauty, que foi aberto há mais de um ano, localizado na região da Vila Prudente.

A empreendedora prevê gerar oportunidade de emprego para outras mulheres que estão começando na área da beleza, além do sonho de abrir franquias do seu Studio.

As informações do programa 220 Vults podem ser acessadas através do link.

 

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

Fonte: PROS – PEOPLE RELATIONS