Spa Nature, a rede de clínica estética focada na classe C e D
Spa Nature, a rede de clínica estética focada na classe C e D

Encontre aqui as melhores franquias

«
  • Tipos
  • Tipos
Escolha pelo menos um opção para sua busca
Spa Nature, rede de clínicas de estética voltada para a clásse C e D

A rede Spa Nature está revolucionando a Estética com foco na classe C e D

21/07/2023 | Publieditorial

Faz quase três anos que os sócios Jarbas Abreu, 37 anos, e Gleilson Félix, 25, se arriscou para abrir uma clínica de estética, no Grajaú, bairro periférico na zona sul de São Paulo: a Spa Nature, que hoje cresce com franquias.

Os dois tinham acabado se mudar de Fortaleza (CE) para a capital paulista em busca de novas oportunidades de trabalho e de vida, em meio à crise sanitária promovida pela covid-19.

“A pandemia levou tudo que a gente tinha.

Quando houve flexibilização [nos protocolos de isolamento], corremos para São Paulo”, conta Jarbas Presidente da Empresa.

A necessidade de empreender e a experiência profissional de Jarbas e Gleilson, que já trabalhava no ramo estético havia alguns anos, os levou a criar a Spa Nature, uma clínica de estética com foco em clientes das classes C e D.

“Eu não queria fazer algo igual ao que já estava sendo feito, teria de ser diferente.”

O negócio começou com uma maca emprestada, e um trabalho de quase 24 horas por dia.

“O mercado de estética é limitado, cria um bloqueio para uma parcela da população. [A verdade é que] só faz harmonização facial quem tem dinheiro.

Tem muito discurso de democratização de estética, mas pouca prática. Queríamos quebrar isso”, diz Jarbas.

Em oito meses — e com a ajuda da divulgação através do instagram —, os sócios passaram a ter um faturamento médio mensal de R$ 70 mil.

Mantiveram boa parte dos serviços sob sua tutela e contratavam colaboradores freelancers.

Assim, conseguiram investir em equipamentos melhores e abrir mais dois pontos, com um leque mais enxuto de serviços.

A ideia era justamente testar o potencial de replicação do negócio.

A estratégia foi apostar em combos e pacotes promocionais com nomes que dialogam com o público-alvo, como “Bumbum na nuca” ou “Bye bye, estria”, com preços entre R$ 49,90 e R$ 1 mil, e parcelamento em 10 vezes no cartão.

O segredo para baratear os serviços, de acordo com Jarbas, é combinar procedimentos que têm necessidade de equipamentos a outros tipos de terapia.

O “Bumbum na nuca”, por exemplo, alia uma máquina de estimulação elétrica à ozonoterapia.

Eu quero trazer o método do varejo para a estética, pensando na dinâmica de preço, para conversar com o cliente da periferia”, diz.

Hoje são mais de 100 serviços oferecidos, de massagens modeladoras, drenagem linfática e detox com argila a hemoterapia com ozônio e tratamentos com enzima.

O público é variado: a Spa Nature atende mulheres cis e trans, mas também tem uma boa fatia de homens entre os clientes.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

Jarbas já tinha trabalhado como supervisor de franquia em uma rede de educação.

Logo, sabia tudo o que precisaria ser feito no negócio para prepará-lo para o crescimento.

De acordo com ele, antes mesmo de começar a se expandir, já manualizava os processos, criava a universidade Spa Nature e desenhava os padrões de atendimento.

“No final de 2021 iniciamos o processo de formatação de franquia. A primeira unidade foi aberta em Guarulhos [na região metropolitana de São Paulo], e depois já fomos para o Espírito Santo. Hoje temos quase 25 unidades abertas e mais de 20 em processo de implantação”, diz o empreendedor.

No ano passado, com oito unidades, a rede faturou R$ 850 mil.

De acordo com Jarbas, o faturamento mensal de cada clínica gira em torno de R$ 30 mil, e o reflexo das franquias já poderá ser visto em 2023.

O investimento inicial para a abertura de uma unidade varia entre R$ 80 mil e R$ 120 mil e, apesar de algumas especificidades no atendimento, o investidor não precisa ser da área de estética ou possuir qualquer tipo de especialização no segmento.

“O franqueado pode contratar um profissional técnico que ficará responsável pela gestão dos serviços e tocar só a parte comercial e de gestão.

Pessoas que já atuam no segmento também podem trabalhar com a gente, seja investindo em uma unidade do zero ou fazendo a virada de bandeira”, afirma Jarbas.

 

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

Por Publieditorial