Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Modelo enxuto de franquia faz sucesso e rede de educação conquista o Brasil

08/01/2020 | Publieditorial

investimento seguro

Se você está procurando por um investimento seguro, com certeza o franchising é uma das melhores opções.

Agora, se a ideia é aumentar as suas chances de ter um bom retorno, a dica de hoje é investir no segmento de educação, um dos mais tradicionais no setor.

De acordo com dados recentes da Associação Brasileira de Franchising (ABF), os serviços educacionais correspondem a 10,4% do total de unidades do setor de franquias e faturaram R$ 11,4 bilhões em 2018.

Cada vez mais, aumenta a procura por cursos que complementam o currículo, já que muitas pessoas querem uma forma de se destacar no mercado de trabalho.

Para atender essa demanda e voltar a expandir suas franquias de escolas de informática e inglês, a Microcamp desenvolveu um modelo de negócio mais enxuto, econômico e viável.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 

O lançamento do modelo Smart aconteceu no início de 2019 e, onze meses depois, a marca conclui que tomou a decisão certa: está com dez escolas em fase de montagem (incluindo uma unidade própria) e projeta a abertura de mais 20 unidades para 2020.

O formato tem despertado interesse de investidores com diferentes perfis: têm pequenos e médios investidores, há antigos franqueados que têm escola no modelo antigo e querem experimentar o novo, e até diretores da empresa que decidiram empreender.

Franquia para cidades menores

A demanda por uma educação de qualidade existe nas mais diversas regiões do País.

Há diversas vagas no mercado de TI que não são ocupadas por falta de profissionais qualificados.

Dessa forma, investir em uma franquia como a Microcamp é, mais do que ganhar dinheiro, oferecer às pessoas da sua região a oportunidade de ter um futuro promissor.

Enquanto o modelo antigo era montado em regiões centrais de cidades de médio e grande porte, e comportava milhares de alunos, sendo necessárias 120 matrículas por mês, o atual pode ser instalado em municípios a partir de 100 mil habitantes.

 “São escolas pequenas, com no máximo 8 funcionários e capacidade para 800 alunos, com necessidade de 30 matrículas (mínimo) por mês para atingir as metas de faturamento propostas, o que facilita a operação” avalia Elsner Cornetti, diretor de expansão da Microcamp.

De acordo com o diretor, o investimento inicial baixo, o ponto de equilíbrio já no 6º mês de operação (em média), o retorno do investimento em torno do 18º mês e o lucro líquido de, no mínimo, R$ 30 mil por mês, são os principais atrativos que estão garantindo o sucesso do novo modelo.

Além disso, a marca não cobra taxa de publicidade, tem royalties de 2%, considerado baixo, e facilita o pagamento da taxa de franquia.

Com essas facilidades a expectativa é que a marca esteja presente nos 26 estados e em todas as cidades com mais de 100 mil habitantes nos próximos 10 anos.


QUERO MAIS INFORMAÇÕES DESTA FRANQUIA!

 


Por Publieditorial