Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Programa de excelência em redes de franquias

09/05/2013

Matéria reproduzida da Revista Franquia & Negócios – Edição 30

Por Adir Ribeiro

O sistema de franchising no Brasil vem crescendo de maneira significativa nos últimos anos e isso traz reflexos importantes para todos os envolvidos no processo, desde os consumidores, cada vez mais exigentes e com diversas opções à sua disposição, até os franqueados, que também estão mais maduros e críticos.

O desafio para os franqueadores se amplia nesse contexto, no sentido de criar ferramentas e processos que visem avaliações contínuas e consistentes, que garantam ao mesmo tempo uma gestão de negócios eficiente pelos seus franqueados, focada em resultados (aspectos quantitativos) sem perder  a qualidade, do atendimento aos clientes, da manutenção dos padrões, da excelência operacional (aspectos qualitativos), entre outros.

A estruturação e implantação de um Programa de Excelência torna-se estratégica para envolver toda a rede com métricas e critérios conhecidos e difundidos, que servirão de guia para a condução dos negócios e por conseqüência deverá gerar resultados que irão sustentar o crescimento das franquias e da marca.

No Brasil ainda temos poucas redes se utilizando desse tipo de ferramenta, talvez pelo desconhecimento na montagem do programa, mas que representa uma excelente oportunidade para elevar o nível de suporte oferecido pela maioria.

É importante ressaltar que à medida que o franchising amadurece e os franqueados ficam mais experientes, amplia-se a necessidade de suporte mais estratégico ao invés de somente operacional. Quanto maior for o envolvimento dos franqueados e suas equipes no Programa, maior será o potencial de sucesso para o negócio.

A excelência tem que se tornar hábito para que se fortaleça na cultura empresarial e no DNA da franquia. Dessa maneira o franqueador poderá estabelecer metas mais específicas para toda a rede, criando premiações com bases efetivas, desde a melhor franquia em vendas, atendimento aos clientes, padronização de unidades, postura comercial, gestão de pessoas, controle de indicadores de desempenho, entre outros critérios.

Além disso, será possível criar uma cultura de performance que irá nortear todo o suporte aos franqueados, com bases concretas de avaliação, com a redução da subjetividade, melhorando também o relacionamento e guiando os franqueados em direção às boas práticas de gestão dos negócios e claro, aos resultados melhores.

Adir Ribeiro é sócio-diretor e fundador da Praxis Education (www.praxiseducation.com.br)

Quer aprofundar-se neste assunto?
Participe do curso “Gestão de Redes / Desenvolvendo Programas de Excelência para Redes de Franquia”, para informações clique aqui!