Papel da franqueadora em ajudar o franqueado
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca
Cada vez mais negócios

O papel da Franqueadora em ajudar o Franqueado a crescer

10/05/2022

Por Adir Ribeiro

CEO & Fundador da Praxis Business

 

Empreender exige coragem, dedicação, curiosidade, criatividade, visão, habilidades técnicas, mas também protagonismo, domínio emocional, e claro, liderança.

Não por acaso, há Franqueados que obtêm resultados muito mais expressivos do que outros – mesmo vendendo o mesmo produto, da mesma marca, em condições sociais, econômicas e demográficas semelhantes.

Os desafios são grandes, assim como o investimento financeiro, de tempo, de energia e de conhecimento.

Será preciso o apoio da Franqueadora, por meio de iniciativas concretas, para que o empresário desenvolva as competências acima mencionadas, e tantas outras, tão características dos grandes líderes.

Na última Convenção da IFA (International Franchise Association) realizada em Fevereiro, em San Diego-EUA, muito se falou sobre o papel da Franqueadora em ajudar o Franqueado a crescer:

Uma coisa é oferecer suporte, no contexto de ensinar o Franqueado a operar o negócio, ensinar o que está no manual da franquia. É o básico. É o mínimo. O passo seguinte é ajudá-lo a crescer. 

 
 

Mas agora você se pergunta: E como? Como ajudar o Franqueado a crescer?

Entre as propostas apresentadas na convenção internacional, estão: o desenvolvimento de Programas de Liderança e de projetos de Assessment (instrumentos de avaliações das competências comportamentais.

É um escaneamento do empreendedor – seu comportamento, performance, forças e potenciais).

Repare, é mais do que um suporte padrão.

E essa discussão é necessária porque o papel do Franqueado como líder de um time e gestor de um negócio vai lhe demandar habilidades e responsabilidades que farão total diferença nos resultados em vendas e na perenidade do seu negócio.

As ferramentas de assessment são extremamente úteis para avaliar forças e possíveis pontos de melhoria, ampliar o autoconhecimento, a autoconsciência, assim como apoiar na definição de metas e outras decisões importantes no exercício da sua gestão.

Destaco o quão importante é não tratarmos o assessment como um processo isolado e muito menos como um relatório que é entregue ao Franqueado sem uma devolutiva cuidadosa e contextualizada à pessoa e ao cenário do qual faz parte.

O ideal é que ao passar por essa avaliação, o Franqueado conte com um profissional qualificado para a devolutiva, como um psicólogo especializado, para contextualizar o resultado da avaliação ao seu momento atual e contexto de trabalho.

Faz parte do projeto um processo estruturado de coaching, de mentoring, e, com isso, os PDIs (Programa de Desenvolvimento Individual).

Vale lembrar também: não basta aplicar o assessment e ter os perfis comportamentais dos Franqueados mapeados sem compará-los, sem os benchmarks da rede.
 

Agora: Por que as Franqueadoras investiriam nesse projeto?

Porque um Franqueado que desenvolve habilidades de liderança, de protagonismo e de comportamento empreendedor é aquele que não espera que alguém, ou que a Franqueadora, resolva todos os seus problemas.

Esse Franqueado que foi desenvolvido é agora provedor de soluções – e não de reclamações.

Ele toma decisões e responde com maturidade pelos problemas e conflitos que podem advir das suas escolhas.

O Franqueado que desenvolveu a Liderança tem visão, assume as rédeas da sua vida e do seu negócio.

Ele vai demandar menos energia da equipe da Franqueadora.

Porque ele tem coragem para assumir os desafios que se apresentam, dedicação e criatividade para a solução de problemas, sabe fazer perguntas, manter acesa a chama da curiosidade e inovar na medida do possível.
 

Aprendizagem contínua

Nessa jornada, não devemos deixar de olhar para o desenvolvimento do Franqueado por meio de capacitação contínua.

Programas estruturados de desenvolvimento de Liderança, workshops sobre competências socioemocionais tão importantes à gestão, e a inclusão de conteúdos digitais sobre essa temática na sua plataforma de Ensino a Distância, são fundamentais para que o Franqueado possa seguir evoluindo e transformando a si mesmo, ao seu negócio e ao seu time.

O desenvolvimento contínuo do líder e de sua equipe, a capacidade de ir além do trivial, é o que vai garantir a efetividade e a sustentabilidade do negócio em um contexto de mundo tão complexo, com mudanças tão frequentes e significativas.

Não dá para estacionar no desenvolvimento humano. É importante avançar sempre!

 

Fonte: Praxis Business