Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Sistema de franquia é opção para quem quer se tornar MEI

02/12/2019

Microempreendedor Individual

Menor custo, menos burocracias e direitos aos benefícios previdenciários são as grandes vantagens de ser um Microempreendedor Individual

Muitas pessoas encontram através do sistema de franquia a oportunidade de se tornar um Microempreendedor Individual (MEI).

No franchising é possível encontrar uma variedade de redes que oferecem modalidades de negócios de baixo investimento e lucratividade com o limite estipulado para atuação de um MEI – que hoje é de R$81 mil anual.

O franqueado, além de ter os custos operacionais reduzidos ao máximo favorecendo assim para uma lucratividade maior, recebe ainda todo o know-how e suporte da marca.

Exemplo disso é a Gigatron Franchising, franquia especializada em software de gestão.

Diariamente são inúmeros contatos de pessoas interessadas em se tornarem franqueadas impulsionadas justamente pelo desejo de atuação como microempreendedor.

Marcelo Salomão, diretor executivo da franquia, fala que ocorre esse interesse por unir duas frentes importantes para o empresário.

“As pessoas se interessam pelo MEI porque existe um custo menor com menos burocracias e por receber direitos aos benefícios previdenciários.

No sistema de franquias, além do respaldo e know-how sobre o mercado e para conduzir o negócio em si, o franqueado recebe ajuda no processo de formalização e também para lidar com as burocracias existentes – o caminho é muito mais fácil”, explica.

Microfranquias

Outro fator positivo é em relação as microfranquias.

Essa modalidade não exige um investimento alto e, ainda, algumas marcas facilitam o pagamento.

A Gigatron possui dois modelos de negócios – Home Office e Loja Física, com valores de R$ 10.500,00 e R$ 13.200,00 respectivamente.

O lucro líquido, também na ordem, é de R$ 3.500 e R$ 4 mil – respeitando o limite de lucro anual exigido pelo sistema.

O executivo fala que disponibilizar o MEI para ingresso de franquia é uma oportunidade até mesmo de crescimento.

“O número de pessoas querendo sair do emprego e começar seu próprio negócio tem aumentado consideravelmente nesses últimos anos.

O franqueado começa como MEI e inicia a expansão de sua franquia, após certo período de crescimento, ele atinge o faturamento máximo e começa o processo de enquadramento tributário”, explica.

Crescimento exponencial

E falando em crescimento, o termo ultimamente reflete bem a realidade recente desse mercado.

O número de microempreendedores individuais no país ultrapassou neste ano a marca de oito milhões, fechando março com 8.154.678 cadastros, segundo dados do Portal do Empreendedor do governo federal.

Nos últimos cinco anos, desde o período pré-recessão, o número de MEIs no país já cresceu mais de 120%.

Somente nos três primeiros meses do ano, o Brasil ganhou 379 mil novos microempreendedores individuais.

Gigatron Franchising

Fundada em 1998, na cidade de Birigui, interior de São Paulo, a Gigatron Franchising se destaca pela inovação e qualidade de seus produtos e serviços dentro da área de Tecnologia da Informação, especialmente ao que se refere a softwares.

Com o uso de uma metodologia própria, o crescente desenvolvimento do negócio e a propagação de um serviço inovador criado pela empresa – o Software de Gestão Giga ERP – impulsionou a entrada da marca no franchising em 2012.

Atualmente, a rede possui 73 unidades distribuídas pelo Brasil.

CLIQUE AQUI para mais informações sobre a franquia GIGATRON.