var lazyload = new LazyLoad({ elements_selector: ".lazy" }); }
Franquia financeira, entenda o que é e quais as vantagens
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Entenda o que é franquia financeira e as vantagens de investir em uma


05/04/2021


franquia financeira, saiba como funciona

Uma franquia financeira ou franquia de crédito irá ofertar serviços bancários pouco explorados pelas instituições financeiras, como empréstimos consignado e pessoal, cartão consignado, portabilidade, consórcios, seguros, financiamento e refinanciamento.

O diferencial em relação às agências bancárias é que uma loja de crédito atua como correspondente bancário (corban), oferecendo soluções de forma facilitada e menos burocrática. Como o corban pode representar várias instituições financeiras ao mesmo tempo, as possibilidades de aprovação para o cliente são maiores, tornando a cartela de serviços mais ampla e as taxas de juros mais competitivas.

Por isso, entrar para o ramo de franquias financeiras tem se tornado um dos empreendimentos mais promissores, já que sempre há motivos para que as pessoas busquem linhas de créditos, seja para cobrirem dívidas, investirem em algum negócio ou realizarem um sonho.

Ser um correspondente bancário já atuante e fortalecido no mercado, como a Franquia Empresta, faz com que o modelo de franquia financeira se torne a opção com maior potencial de lucratividade para quem quer tocar um negócio lucrativo e autossustentável.

As vantagens de obter uma franquia financeira

  1. Baixo capital de giro

Para manter uma franquia financeira, não é necessário um alto investimento em capital de giro, pois o papel da franquia é intermediar os serviços da instituição financeira para o cliente. Ou seja, quem empresta o dinheiro é o banco, e não o correspondente. Por essa razão, também não há estoque e nem movimentação de dinheiro nas lojas. O capital necessário é apenas para cobrir as despesas mensais de operação.

  1. Uso de marca consolidada

Além disso, contar com o reconhecimento de uma rede de franquias de crédito já consolidada no mercado, principalmente se você não tiver muita experiência em tocar um negócio próprio, é a opção mais segura e com maior probabilidade de gerar lucros. Isso porque você pode contar com um público cativo que aprova e confia na marca, cujo modelo de negócio já foi amplamente testado.

Para a sua segurança, é essencial optar por franquias que possuam credibilidade, transparência e boa reputação, além de experiência no setor de finanças, como é o caso da Franquia Empresta, que atua há 25 anos na área de serviços financeiros e está presente em 10 estados e no Distrito Federal.

  1. Modelo de negócios sustentável

Como se não bastasse, contar com o apoio do franqueador e o auxílio na gestão do negócio são vantagens de peso na hora de adquirir uma franquia financeira de sucesso. Por exemplo: na Empresta, disponibilizamos treinamentos para os franqueados e vendedores, além de acompanhamento constante durante toda a parceria, com suporte operacional, comercial, estratégico e de qualidade.

É tão importante para a empresa franqueadora quanto para o franqueado que você obtenha êxito no negócio, já que estará utilizando o nome e a imagem da marca. Desse modo, cedemos todas as ferramentas para tornar a sua loja uma potência em vendas.

  1. Mercado com alto rendimento

O mercado de crédito encontra-se em franca expansão, afinal, dinheiro é uma mercadoria que nunca fica ultrapassada. Para franquias financeiras que ofertam empréstimos consignados, modalidade voltada para servidores públicos e aposentados e pensionistas do INSS, o cenário é ainda melhor:

Segundo pesquisa do IBGE, o número de aposentados aumentou 19% nos últimos sete anos, chegando a 30,7 milhões de pessoas no Brasil em 2019, o que configura uma média de 20,5% dos rendimentos anuais da população, e esse percentual só tende a crescer.

Além disso, no empréstimo consignado há uma taxa de inadimplência muito baixa, uma vez que o valor das parcelas é descontado diretamente na folha de pagamento. Esta só ocorre quando há suspensão do salário ou benefício, em casos de falecimento ou quando há desconto de outros valores prioritários, como pensões, sem restar saldo para o pagamento do empréstimo.

Outro público atraído pelo setor de créditos é o de microempreendedores, que já são mais de 8,1 milhões no país, número que cresceu em mais de 120% nos últimos cinco anos. Consequentemente, as buscas por empréstimos e financiamentos para tirar os planos do papel também aumentaram.

Quanto custa abrir uma franquia financeira?

O investimento nas franquias de crédito disponíveis no mercado varia de acordo com os benefícios propostos por cada uma aos seus franqueados e cada valor do investimento inicial é referente a uma finalidade específica.

Esse capital envolve a quantia que você precisa ter disponível no momento da assinatura do contrato e geralmente é dividido em três partes:

  • Taxa de franquia – corresponde ao uso de marca e ao know-how da franqueadora que são repassados ao franqueado;

 

  • Reforma da loja – é a padronização do imóvel de acordo com o layout da marca, se adequando ao padrão arquitetônico de cada empresa. Nela está incluída a compra dos equipamentos e da mobília, além de pintura e fachada;

 

  • Capital de giro – é o valor que você precisa ter em caixa para manter a operação da sua loja nos primeiros meses até atingir o ponto de equilíbrio, isto é, até que ela se pague mensalmente e comece a gerar lucros. Esse custo envolve as contas de consumo, aluguel, salários e benefícios dos vendedores, entre outras despesas.

 

Também é possível que a franqueadora cobre taxas periódicas, como royalties, taxa de propaganda e uso de sistemas. Estas devem estar previstas em contrato, e a cobrança fica à critério de cada empresa.

Eu tenho perfil para uma franquia financeira?

Para atuar em uma franquia financeira, é interessante que o investidor tenha o mínimo de conhecimento em mercado financeiro, seja um bom administrador de empresas e possua um bom relacionamento interpessoal.

Contudo, não é necessário experiência prévia para estar apto a se tornar um franqueado. Como dito, há o treinamento e o suporte da franqueadora para que se desenvolvam essas habilidades.

Mas, para ser considerado um perfil adequado para uma franquia financeira, é preciso ter entusiasmo, força de vontade e atitude voltada para ação. Além disso, é indispensável que o franqueado esteja disposto a fazer networking para a prospecção de novos clientes e, sobretudo, que se identifique com os valores da empresa escolhida.

Também vale ressaltar que é necessário ter disponibilidade para administrar e se dedicar integralmente a sua franquia financeira. Quando trabalhamos com o que gostamos, o sucesso é garantido!

Para saber sobre a franquia financeira Empresta, clique aqui.