Sorrisus é case de sucesso em evento do Sebrae

13/11/2017

Programa Minas Franquia ganha força no Norte de Minas com mais franqueadores O Sebrae Minas promoveu em Montes Claros, no dia 7 de novembro, na Câmara de Dirigentes Lojistas, o lançamento de quatro franquias na região Norte de Minas. A noite também foi de inspiração para o público, com os cases de sucesso da franquia […]

Programa Minas Franquia ganha força no Norte de Minas com mais franqueadores

Sorrisus

O Sebrae Minas promoveu em Montes Claros, no dia 7 de novembro, na Câmara de Dirigentes Lojistas, o lançamento de quatro franquias na região Norte de Minas. A noite também foi de inspiração para o público, com os cases de sucesso da franquia Mazé Doces Caseiros, de Carmopólis de Minas, e da Sorrisus Clínicas Odontológicas, de Montes Claros.

Os empresários conheceram um pouco mais sobre como tornar suas empresas franqueadoras e as vantagens de ter o próprio negócio por meio de franquia. Ernandes Silva, presidente da CDL, destaca que “enquanto a economia sofria uma retração, o mercado de franquia não parou, exemplo da Sorrisus, nossa referência de sucesso por seu ritmo de expansão”.

O público de empresários conheceu os novos franqueadores, Trajeto Móveis, Laae Laboratório de Análise de Água e Efluentes, Mastec Cartuchos e Toners, Trajeto Móveis e Mega Móveis. Todos capacitados pelo Programa Minas Franquias.

Cláudio Oliveira, gerente regional do Sebrae-MG, diz que “a entidade está antenada em empresas que seguem critérios rigorosos para minimizar ao máximo o risco do negócio. Nossa meta é colocar no mercado opções para quem quer investir. Esse grupo apresentado aqui é seleto para ir adiante no processo de franqueamento. As histórias de cada um mostram que tudo é possível e em segmentos diversos, basta que o norte-mineiro veja seu real potencial”.

Histórias que inspiram

Num momento em que as oportunidades teimavam em não aparecer, Maria José de Lima Freitas, a Mazé, seguiu o sonho de criar seu próprio emprego e de gerar muitos outros para a sua cidade. Após muitos desafios, em 1999 fundou a Mazé Doces, na cidade mineira de Carmópolis de Minas.

Ela conta que “o amor pelo que faz, o cuidado com que os doces são produzidos aliado aos investimentos na produção e gestão do negócio e à constante busca por inovação tornaram a Mazé Doces referência em frutas cristalizadas, compotas e geleias”.

O ponto alto da noite foi a experiência de Marcelo Miranda, como fundador e gestor da Saudalys Franchising, que a partir da Sorrisus está com um projeto de incubadora de franquias. O empresário lembrou que ao escolher a saúde como área de atuação se baseou em muita pesquisa e dados de mercado. “O profissional de saúde se prepara por mais de cinco anos em cuidar da saúde, porém, não tem know-how para gerenciar um negócio próprio. Ainda há franqueados quem vêm de outras áreas de atuação, daí a Saudalys vem suprir esta demanda, aliando tecnologia, processos e metodologias para o sucesso do negócio”.

A meta da Saudalys é chegar ao número de 300 unidades Sorrisus comercializadas até o final de 2017. Atualmente, existem 67 clínicas odontológicas da rede em funcionamento em todo o país. Marcelo frisa que este mercado o atraiu pelo baixo índice de insucesso. “Dados do Sebrae mostram que cerca de 50% das empresas fecham as portas em até três anos. Entretanto, no setor de franquias, este índice cai para menos de 3%”.

O papel da franqueadora é de suma importância, desde a escolha do franqueado até o local onde o ponto será instalado. “A Sorrisus tem itens os quais não abrimos mão para garantir a satisfação do franqueado. Um sistema de georeferenciamento para apontar o melhor local, a tecnologia dos equipamentos, a ética e compliance, a excelência nos serviços prestados e muito foco nos processos em todas as etapas”.

Mercado em ascensão

Dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising) mostram que Minas Gerais é um dos estados mais promissores no que se refere ao crescimento do setor de franchising. De acordo com recente levantamento da ABF, o Estado cresceu 9,7% no faturamento, chegando a R$ 4,4 milhões em 2016. Atualmente, é o quarto colocado em número de empresas franqueadoras, com 171 marcas; e o terceiro em franquias em operação, chegando a 4.982 pontos.

“Franquia é a bola da vez e a tendência é de crescer também em cidades do interior. O Sebrae trabalha para fomentar o surgimento de franquias mineiras entre empresas bem-estruturadas, com know how para fazer parte do segmento de franchising e dividir a experiência e os riscos de mercado com outros investidores”, explica a coordenadora estadual do Minas Franquia do Sebrae, Alessandra Simões.

Ela conclui que “enquanto o franqueador investe em metodologias e processos, o franqueado precisa seguir a cartilha à risca. Afinal, é ele quem vai colocar o cliente dentro da loja. Esta dedicação ao negócio que diferencia uma franquia de outra do mesmo segmento e determina sua consolidação no mercado”.

Avaliação

NOTÍCIAS RELACIONADAS