REDEORTO ganha Selo de Excelência em Franchising 2022 pela ABF
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Rede de clínicas odontológicas REDEORTO ganha Selo de Excelência em Franchising 2022 pela ABF

17/03/2022

Condecoração representa excelência em gestão, alinhamento e qualidade dos serviços oferecidos pela franquia

A REDEORTO, franquia de clínicas odontológicas com mais de 200 unidades espalhadas por todo o país, anuncia que foi chancelada com o Selo de Excelência em Franchising pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Este é o oitavo ano consecutivo que a rede de franquias recebe a condecoração.

Esta conquista representa um grande marco e reconhecimento da rede, levando em conta que esta é considerada a maior distinção do mercado de franquias no Brasil. Significa que há um reconhecimento por parte da ABF na qualidade e excelência da REDEORTO atuando como uma franqueadora em território brasileiro.

Criado em 1990, este selo da ABF fomenta o mercado de franquias pela busca de excelência nas operações e relações com os franqueados. Além disso, estimula as empresas a constantes melhorias e aprimoramento do desempenho nas redes.

O Selo de Excelência em Franchising (SEF) também pode ser visto como um termômetro de gestão das marcas, onde as operadoras podem medir o índice de satisfação com suas franqueadoras. 

Obter uma chancela dessas, portanto, significa que as unidades da franquia estão alinhadas com a proposta da marca, a qualidade da prestação dos serviços é reconhecida e que a franquia é referência na adoção das práticas das melhores gestões e em oferecer serviços.

Nascida pelo desejo de facilitar o acesso aos tratamentos ortodônticos pela Classe C, a rede de franquias odontológicas REDEORTO foi fundada em 2006 pelo empresário Rubens Vergani e hoje conta mais 130 unidades em 17 estados e no Distrito Federal. 

Formado pela FORP – USP e com especialização em ortodontia e MBA em Administração, a ideia surgiu a partir da observação de Vergani que, no início da década de 90, os tratamentos ortodônticos eram restritos às classes sociais mais favorecidas. 

Assim, ele pensou formas de reduzir os custos do tratamento e contemplar o acesso à saúde bucal para mais pacientes. A ideia pioneira foi não cobrar do paciente o valor do aparelho, apenas a manutenção mensal, o que tornou o tratamento mais acessível.

Com isso, Rubens Vergani deu início a um novo modelo de franquias, que hoje conta com mais de 800 profissionais da odontologia e é responsável por gerar mais de 1200 empregos diretos, além dos indiretos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS