Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Empreendedor há 17 anos inaugura duas novas escolas de idiomas na pandemia


14/05/2021


Rodrigo Fernandes, 51 anos, atingiu a marca de cinco unidades da Rockfeller Language Center em 2021, mesmo diante das dificuldades do momento

Dono de cinco unidades da Rockfeller Language Center, Rodrigo Fernandes, 51 anos, inaugurou duas delas durante a pandemia. “Não é nada fácil”, diz. “É um desafio ainda maior. O que ajudou muito foi toda a experiência que adquiri ao longo desses 17 anos como empreendedor.”

Rodrigo conta que sempre foi uma pessoa muito disposta para novos desafios, e a pandemia acabou oferecendo oportunidades para a compra de duas novas escolas – ambas em Florianópolis (SC). “Nos negócios existem algumas oportunidades que você não pode deixar passar.”

Em cada uma delas, ele investiu cerca de R$ 300 mil.

A relação de Rodrigo com a Rockfeller Language Center é antiga. Começou no início dos anos 2000, após uma temporada de sete anos morando nos Estados Unidos.

“Quando você fica fora do seu país por tanto tempo, o retorno não é fácil”, diz Rodrigo. “Você acaba ficando muito fora do mercado de trabalho, e a primeira oportunidade que encontrei foi como professor de inglês em uma rede que não existe mais.”

Pouco tempo depois, Rodrigo cresceu na carreira e virou coordenador em uma das escolas. Quando a rede anunciou que deixaria de existir, o dono da escola o convidou para ser sócio em uma nova marca de escola de idiomas, a Rockfeller Language Center, que naquela época dava seus primeiros passos. “Foram dois anos de muito trabalho e dedicação na estruturação do método”, lembra Rodrigo. Em 2004, ele e o sócio abriram a unidade São José, no interior de Santa Catarina. “Nessa fase eu já estava no contrato social, como um dos sócios da unidade.”

Rodrigo ficou 12 anos com apenas uma unidade. Em 2016 abriu sua segunda escola, dessa vez em Palhoça – outro município catarinense. Em 2019 inaugurou sua primeira unidade na capital e em 2020 e 2021 comprou outras duas escolas Rockfeller Language Center já em funcionamento na cidade. No total, o empreendedor investiu cerca de R$ 900 mil.

As cinco escolas hoje rendem um faturamento de, aproximadamente, R$ 5 milhões por ano. As unidades atendem 1.300 alunos e empregam 65 colaboradores.

Quando questionado por que entendeu ser melhor investir sempre na mesma rede de franquias, ao invés de diversificar, Rodrigo responde. “Essa é fácil”, diz. “Acredito muito no potencial da marca e me identifico muito com os processos. Não senti ainda que devo diversificar. Mas pode ser uma opção no futuro.”

NOTÍCIAS RELACIONADAS