Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Em 3 meses, Mercadão dos Óculos inaugura mais de 30 lojas

30/03/2021

Expansão atinge todas as regiões do Brasil; Rio Grande do Sul, com oito novas franquias, e São Paulo, com seis, foram os estados com o maior número de aberturas

Apesar da pandemia, o Mercadão dos Óculos segue em plena expansão. De janeiro a março, a rede inaugurou 31 lojas em todas as regiões do Brasil. Destaque para o Rio Grande do Sul, com oito novas franquias, e São Paulo, com seis, estados com o maior número de unidades inauguradas.

 

Nesse período, o Mercadão dos Óculos inaugurou franquias também na Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Santa Catarina e Rio de Janeiro. A marca é uma das maiores e mais premiadas redes de ótica do país e atualmente conta com mais de 500 franquias entre operação e implantação.

 

“O crescimento do Mercadão dos Óculos é nacional. Trata-se de um modelo de negócio que pode ser aplicado em qualquer região do Brasil”, comenta Gustavo Freitas, diretor-executivo da rede. E completa: “em 2020, crescemos 67% e entramos para o ranking das 50 maiores franquias do Brasil. Isso mostra o comprometimento da franqueadora com seus franqueados e a solidez da rede independentemente do cenário”.

 

As novas unidades estão localizadas nas cidades de Arapongas (PR), Arroio do Meio (RS), Barrinha (SP), Belo horizonte (MG), Caarapó (MS), Campo Bom (RS), Campo Grande (RJ), Carazinho (RS), Castanhal (PA), Caxias do Sul (RS), Colina (SP), Conceição da Barra (ES), Criciúma (SC), Divinópolis (MG), Duque de Caxias (RJ), Eunápolis (BA), Freguesia (RJ), Goioerê (PR), Içara (SC), Ilha Solteira(SP), Jardinópolis (SP), Laguna (SC), Mococa (SP), Orlândia (SP), Porto Alegre (RS), Porto Belo (SC), Santo Antônio da Patrulha (RS), São Sebastião do Caí (RS), Teresina (PI), Teutônia (RS) e Vazante (MG).

 

Os irmãos Victor e Gabriel Pereira Leite são os franqueados da loja de Eunápolis. Eles contam que, no primeiro mês de operação, bateram R$ 81 mil de faturamento, mesmo com o lockdown de alguns dias na cidade. “Já compramos a segunda unidade e, até o final de 2022, pretendemos comprar a terceira”, comenta Victor.

 

Já o casal Keila e Iedilson Craice inauguraram a loja de Arapongas. Ela trabalhava na área da estética e ele em uma empresa de plástico. Apesar de nunca terem atuado em uma ótica, conquistaram ótimos resultados com a primeira unidade e investiram em uma segunda franquia do Mercadão dos Óculos. “O varejo óptico é um ramo que cresce todo ano, ponto que consideramos muito importante”, diz.

 

Antes de adquirir a franquia de Ilha Solteira, Thiago de Freitas Souza trabalhava no ramo da alimentação. Ele começou o negócio do zero e sabia das dificuldades de iniciar outro. “Vi em franquia uma facilidade de crescimento, já que você compra o know how junto”, comenta. Esta é também a segunda unidade de Thiago e a esposa (sócia). “Apesar dos efeitos da pandemia, estou satisfeito com a rentabilidade do negócio”, acrescenta.

 

Expansão e reconhecimento

Para este ano, o Mercadão dos Óculos planeja inaugurar 200 unidades e comercializar outras 250. De acordo com o diretor-executivo, a rede atuará em diferentes frentes, por exemplo, ampliar a presença nas capitais, mas também em cidades com até 30 mil habitantes – para qual a franquia possui um modelo de negócio específico.

 

O Mercadão dos Óculos é um raro caso de uma franquia que, em menos de 10 anos de franchising, entrou para o ranking das 50 maiores. Segundo Freitas, o crescimento da rede de forma geral e, em plena pandemia, está relacionado ao posicionamento de negócio da marca, e nos investimentos feitos ao longo do anos.

 

“As óticas são consideradas serviços essenciais e puderam funcionar em fases mais duras da pandemia. Outra vantagem é o fato de 95% de nossas franquias serem lojas de rua, ou seja, não enfrentaram as restrições do comércio em shoppings”.

 

O diretor-executivo do Mercadão dos Óculos ainda ressalta as ações da rede nos últimos anos, por exemplo, maior investimento em marca própria, inovação com tecnologia de venda, novos canais para atender o cliente, e o crescimento do segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar do setor de franquias, em 3,1%, da qual a rede faz parte.

 

“Desde a fundação, o Mercadão dos Óculos trabalha com marcas próprias de armação, mas no ano passado entramos com lentes próprias também. Isso diminui muito o custo do franqueado para adquirir produtos e aumenta sua margem de lucro”, explica. “Destaco também a força do nosso segmento de atuação que, segundo a ABF, têm crescido todos os anos mesmo em um cenário de crise”, complementa.

 

Em 2020, o Mercadão dos Óculos ganhou pela quarta vez consecutiva a classificação 5 estrelas do prêmio Melhores Franquias do Brasil, realizado pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. No segmento de Saúde e Bem-estar, a marca foi a 1ª colocada entre as óticas. “Hoje, somos a única rede de óticas em todo Brasil a obter o mérito de excelência em franchising”, comenta Freitas.

 

“Como tem se comprovado pelos prêmios recebidos nos últimos quatro anos, e pelo crescimento da rede, o Mercadão dos Óculos tem um modelo de negócio rentável e faz parte de um segmento que há décadas se mostra promissor, com estudos que atestam uma busca cada vez maior da população pela saúde ocular. Isso e todo o trabalho da franqueadora têm se sobressaído mesmo em um cenário desfavorável à economia, e a tendência é que continue assim, com ou sem pandemia”, finaliza.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 35% da população mundial tenha miopia. Esse número irá subir para 52% até 2050, ainda segundo a entidade. Passar muito tempo com olhos voltados para telas de smartphone e televisão é uma das explicações para esse surto. Ou seja, trata-se de uma questão de saúde com uma demanda maior a cada ano.

 

Para adquirir uma franquia do Mercadão dos Óculos, o investimento é a partir de R$ 100 mil. O prazo de retorno estipulado é de 15 a 20 meses.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS