var lazyload = new LazyLoad({ elements_selector: ".lazy" }); }
Franquia Divino Fogão: uma história cheia de conquistas e sucesso
Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

«
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Grandes conquistas é Divino: conheça a história do presidente do Divino Fogão


22/01/2020


Franquia Divino Fogão

A ideia de montar o primeiro restaurante surgiu quando Reinaldo Varela, natural de Mirandópolis, veio estudar em São Paulo (SP) e sentia falta do cheiro e sabor da comida de sua infância e adolescência.

Assim, em 1984, inaugurou o São Paulo I, em Pinheiros, em um local que lembrava uma legítima casa da fazenda do interior brasileiro, todo planejado pelo arquiteto Renato Marques de Oliveira.

A avó Dona Luiza, mais conhecida como vó Iza, foi uma grande apoiadora do projeto e abriu seu livro de receitas, inspirando os pratos que são servidos pela rede até hoje.

Em 1988, a esposa do Reinaldo Varela, Nani Scaburi Varela, se uniu a ele também nos negócios, o que deu um novo impulso à marca.

Nascida e criada na cidade de Massaranduba (SC), ela trouxe a experiência de comerciante herdada da família.

O primeiro restaurante se tornou ponto de referência para todos que vinham do interior.

Além disso, ficava em um lugar próximo à muitos prédios comerciais e oferecia uma boa alternativa aos que trabalhavam na região.

À noite, as pessoas se encontravam para ouvir música de viola, comer porções e petiscos, além de falar sobre rally, uma vez que Reinaldo Varela é apaixonado pelo esporte e, até hoje, participa de competições.

Para ele, o Rally é a profissão e o Divino Fogão o seu hobby. Em 1992, o São Paulo I recebeu um convite para montar uma loja no Shopping Eldorado.

Assim, o restaurante foi inaugurado com um estilo que todas as redes seguem até hoje: balcão grande, em estilo colonial, um fogão à moda antiga, uma grande coifa de cobre sobre o fogão, muitas panelas de barro e, na parede, azulejos portugueses.

Na praça de alimentação cheia de fast-foods, o São Paulo I se tornou uma grande atração, justamente por proporcionar uma alimentação presente no dia a dia dos brasileiros, mas diferenciada em meio aos seus concorrentes.

Em 1994 o casal Varela entrou no ramo das franquias.

O primeiro franqueado foi Charles Hanna, que abriu uma loja no Shopping Penha, Zona Leste de São Paulo.

O casal Varela, então, percebeu que a grande oportunidade para o restaurante estava nos Shopping e, então, decidiu que suas lojas seriam abertas apenas nos shoppings centers.

Com a expansão da rede para fora do estado de São Paulo, foi lançado um concurso cultural com o objetivo de dar um novo nome a marca a partir daquele momento.

Assim, uma moradora de Campinas (SP) sugeriu Divino Fogão, ganhou o concurso e um carro zero.

Hoje, a franquia Divino Fogão está presente em quase todas os estados do País levando o melhor da comida da fazenda por meio das 190 unidades, que recebem treinamento para manter o sabor típico da fazenda, além de uma variedade que permite atrair e cativar clientes.

O Divino Fogão conta com um buffet diversificado, que reúne pratos tradicionais da fazenda e um cardápio equilibrado com mais de 17 opções de saladas por dia, além dos grelhados e das sobremesas.

Entre as opções, podemos citar a combinação do arroz com feijão, além de linguiça, carne de porco, mandioca, polenta, feijão tropeiro, frango com quiabo, entre outros.

Para mais informações da franquia Divino Fogão, CLIQUE AQUI!