Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

Conheça a história da garota que saiu de casa aos 15 anos para se livrar de cultura machista e hoje é empresária de sucesso

21/03/2019

Franqueada Vazoli

Regiane de Paula deixou a área rural no Mato Grosso, passou por empregos como telefonista, secretária e até em cobrança e agora colhe sucesso como empreendedora

Moradora da pequena cidade de Nova Canaã do Norte, na área rural de Mato Grosso, Regiane de Paula tomou, aos 15 anos de idade, a decisão mais difícil de sua vida. Ainda adolescente, abandonou os pais e uma cultura machista para trilhar um caminho solo. 13 anos depois, ela colhe os frutos da carreira como franqueada da

 

 

 

.

“Meu pai tinha aquele pensamento de que mulher tem que ser dona de casa para cuidar dos filhos e marido. Não queria aquilo para minha vida. Como na minha cidade, o ensino ia até a oitava série, decidi que era o momento de arriscar. Logo sai de casa e fui morar em uma pequena kitnet no fundo da casa da minha madrinha”, conta Regiane.

O começo não foi fácil. O primeiro emprego, ainda aos 15 anos, foi como telefonista e depois secretária em uma concessionária de automóveis na cidade de Colider, ainda no Estado do Mato Grosso. A carreira como empregada também passou por áreas como consórcios, pós-venda e até mesmo cobrança.

“Gostava de trabalhar em concessionária, mas depois de casada senti que era a hora de empreender e ter meu próprio negócio. Como meu marido mudava de cidade constantemente por conta do emprego, a vontade de ter algo meu era ainda maior” explica a empresária.

As mudanças de cidades e de estado reavivou o espirito empreendedor da jovem que decidiu junto com o marido voltar para Sinop, no Mato Grosso. Ali, decidiram seguir o desejo de serem donos do seu próprio negócio. A primeira opção era empreender no ramo de estética, mas sem o conhecimento e técnicas, Regiane optou por procurar investimentos de preços acessíveis e do segmento financeiro que teve contato na época de empregada.

O dinheiro para a compra do negócio veio da rescisão do marido e Regiane entrou no negócio com o conhecimento e técnica de vendas. A Vazoli foi a empresa escolhida para ser o primeiro empreendimento do casal. “Tinha experiência em consórcios e venda. Já meu marido quando atuava em banco, trabalhava com financiamentos, então aderir a um negócio com foco em produtos financeiros foi sem dúvida assertivo.”, diz Regiane.

O próximo passo foi visitar a franqueadora em Olímpia e fechar o contrato. Em junho de 2015, a loja em Sinop foi inaugurada. No primeiro ano como franqueada da Vazoli, Regiane venceu dois prêmios, em seis meses a unidade mato grossense ficou em terceiro lugar no ranking das melhores franquias de toda a rede. Em seguida, a loja bateu o recorde do negócio em volume de contratos firmados.

A Vazoli nasceu em setembro de 2008, na cidade de Severínia/SP, atuando no ramo de empréstimos consignados e seguros em geral. A rede entrou para o mercado de franquias em 2011, recebeu por cinco anos consecutivos o selo de excelência pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). A franquia movimentou mais de R$400 milhões em 2018. Com mais de 90 cidades espalhadas por 20 estados brasileiros, a empresa tem como meta fechar o ano de 2019 com mais de 120 unidades.

 

QUERO MAIS INFORMAÇÕES DA FRANQUIA VAZOLI