Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

Escolha pelo menos um opção para sua busca

ABF participou da Feira de Franquias e da reunião da FIAF em Valência

29/10/2010

Representando a ABF, Ricardo Camargo, diretor executivo e secretário geral da FIAF e Rogério Feijó, gerente de relacionamento, participaram nos últimos dias 21 a 23 de outubro da 21ͣ edição da SIF&Co, Feira Internacional de Franquias de Valência, na Espanha.

A feira abriu este ano um pouco maior e mais otimista do que em 2009, com cerca de 30% a mais de expositores, num total de 138 marcas, originárias de seis países. `Não se pode dizer que a crise está superada, mas aos poucos os diferentes setores da economia estão encontrando os seus caminhos para retomar o crescimento. Ainda há muito pessimismo no país, agravado principalmente pelas altas taxas de desemprego e falta de crédito`, observou Ricardo Camargo, diretor executivo da ABF. De acordo com Camargo, os organizadores do evento notaram uma recuperação não apenas na feira de franquias, mas em outros eventos promovidos por eles ao longo do ano.

Segundo o presidente da feira, Jaime de Ussía, o pior já passou: `Agora é hora de enxergar as oportunidades que o mercado oferece e tratar de desenvolvê-las`, declarou. Ussía completou dizendo que os resultados desta edição da feira serão muito satisfatórios e que é só uma questão de tempo para que o setor volte a ser relevante para a economia do país.

Camargo participou da cerimônia da 15ͣ edição do Prêmio Nacional da Franquia. A premiação reconheceu os melhores trabalhos de franquia em quesitos como: rede espanhola de maior projeção internacional, rede de varejo de maior projeção no mercado interno, rede de serviços de maior projeção no mercado interno, melhor utilização da internet, melhor trabalho de análise e pesquisa de mercado.

Também durante a SIF&Co ocorreu a 2ͣ reunião anual da Federação Ibero-Americana de Franquias – FIAF e reuniu representantes dos 11 países membros – Argentina, Brasil, Colômbia, Equador, Espanha, Guatemala, México, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela. Sob a direção de Ricardo Camargo, foi possível entender como está o momento político e econômico nestes países.

Camargo afirmou que assim como a Espanha, Portugal vive um momento econômico delicado, com fraco desempenho industrial, altos índices de desemprego e escassez de crédito. No âmbito da franquia, o mercado português é hoje o maior destino das marcas brasileiras, com 33 redes operando seus conceitos em solo lusitano. `Para os países da América Latina o cenário é bastante diferente, onde a indústria do franchising está aquecida e atingindo excelentes níveis de crescimento`, ressaltou.

Segundo o diretor da Câmara Venezuelana de Franquias, Alfonso Riera, o setor em seu país caminha independente das atividades do governo. Ele disse que não só há um desenvolvimento das marcas nacionais, mas que também há um movimento de entrada de marcas estrangeiras, com destaque para o Brasil, que já conta com nove marcas brasileiras em território bolivariano. A última foi a Fábrica di Chocolate e a próxima poderá ser a rede Spoleto, completando assim 10 operações, o que tornará o mercado venezuelano um dos dez principais destinos das marcas brasileiras.

Para Ricardo Camargo, países como a Colômbia, o Peru e o México, oferecem grandes oportunidades para as marcas brasileiras. O Chile também é uma boa opção e com o apoio da ABF, está organizando a associação de franquias local. `O Chile está estruturando o setor e em breve pleiteará sua entrada na FIAF. E a nossa recente missão com o MDIC ao país permitirá fazer um trabalho conjunto para reduzir os obstáculos e entraves para a entrada de marcas brasileiras no Chile e vice-versa`.

Na reunião ficou decidida a permanência da sede da FIAF em Valência, o que reforça mais uma vez a crença dos organizadores da feira na recuperação do mercado de franquias do país. A segunda reunião ocorrerá em Lisboa, no mês de maio de 2011.

Outra iniciativa da ABF para o intercâmbio e troca de experiências entre os países membros da FIAF é a realização em 2011 da primeira convenção internacional do Mercosul, que reunirá em Punta Del Este, no Uruguai, empresários e especialistas do franchising e do varejo do Brasil, Argentina e Uruguai.  

Oportunidades de expansão para o mercado espanhol

Algumas cidades espanholas possuem uma situação um pouco mais confortável por terem uma indústria do turismo ativa. O país é um grande destino turístico, o que ajuda a manter a atividade econômica ao longo do ano em algumas regiões do país. `E nestas localidades estão concentradas as oportunidades para o franchising se desenvolver`, afirma o gerente de relacionamento da ABF, Rogério Feijó.

Atualmente 11 franquias brasileiras operam no mercado espanhol, com destaque para a Livraria Nobel, que hoje possui 25 unidades no país.A ABF acredita no potencial do mercado ibero-americano e, juntamente com um grupo de empresários do setor e sob a orientação técnica da Apex-Brasil, incluiu países da região na próxima etapa do projeto de exportação de franquias. Ao longo do primeiro semestre de 2010 a entidade e técnicos da Apex Brasil se reuniram com redes franqueadoras para elaborarem o planejamento estratégico de exportação de franquias para os próximos 5 anos. Nos próximos dias o plano será submetido para aprovação da agência, juntamente com o novo projeto para o biênio 2011 e 2012.

Para as empresas interessadas em obter mais informações sobre internacionalização, a entidade disponibiliza em sua biblioteca 24 estudos de mercado de diferentes países, que estão à disposição dos associados e estudantes para consultas.

Para mais informações, os interessados poderão entrar em contato com o Departamento de Relacionamento da ABF – 11 3020-8826 – Rogério Feijó e 11 3020-8828 – Renata Maciel – [email protected].

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS