Buscando Franquias? Encontre aqui sua franquia «
Escolha pelo menos um opção para sua busca

ABF e Provar/FIA divulgam o desempenho do setor no 3º tri

30/11/2010

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) acaba de divulgar os resultados da pesquisa sobre o desempenho do setor de franquia no terceiro trimestre de 2010 e a expectativa para o quarto trimestre.

Realizado em parceria com o Provar – Programa de Administração de Varejo, da Fundação Instituto de Administração (FIA) e Felisoni Consultores Associados, avaliou os resultados a partir de uma amostra de 59 redes de franquias. A amostra conta com empresas dos seguintes ramos de atividade: Acessórios pessoais e calçados; Alimentação; Bebidas, cafés, doces e salgados; Beleza, saúde e produtos naturais; Comunicação informática e eletrônicos; Construção e imobiliárias; Cosméticos e perfumaria;Educação e treinamento; Entretenimento, brinquedos e lazer; Escolas de idiomas; Hotelaria e turismo; Limpeza e conservação; Móveis, decoração e presentes; Negócios, serviços e conveniência, Serviços automotivos e Vestuário.

Mantendo a tendência das pesquisas anteriores o segmento de Alimentação foi o que apresentou maior participação no estudo, 33% do total dos pesquisados, seguindo do setor de beleza, saúde e produtos naturais com 28,8% da participação.

Ao todo 7.570 lojas compõem a amostra, sendo 925 lojas próprias (12,2%) e 6.645 unidades franqueadas (87,8%). As empresas do ramo de alimentação destacam-se também pelo maior número de lojas, representando mais de um terço do total da amostra (33,5%), em seguida vem o setor de educação e treinamento com 22,9%. Já a participação das lojas próprias diverge entre os segmentos de negócio, sendo mais elevada para as empresas de Alimentação. A média das empresas prestadoras de Serviços é de 97,9% de lojas franqueadas.

No terceiro trimestre de 2010 verificou-se crescimento de 2,5% no total de lojas, sendo 1,9% de lojas próprias e 2,6% de lojas franqueadas. Para o 4º trimestre, o setor espera crescimento de 4,7% no total de lojas, sendo 4,9% de lojas próprias e 4,7% de lojas franqueadas. No 4º trimestre de 2009, esse crescimento foi de 3,3%.

Em termos de faturamento, o total do 3º trimestre de 2010 foi de 17,7% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado. Para o 4º trimestre deste ano, espera-se crescimento de 16,5% sobre o faturamento do quarto trimestre de 2009. Já de um trimestre para o outro, as variações podem ser bem diferentes entre si, explicado pelos efeitos sazonais. O terceiro trimestre de 2010 apresentou crescimento de 3,8% comparativamente ao faturamento do segundo trimestre deste ano. Para o quarto trimestre deste ano, espera-se crescimento de 15,2% em relação ao faturamento observado no terceiro trimestre de 2010.

Faturamento – 3º vs 2º ; 4º vs 3º


A AMOSTRA POR SETORES

Alimentação –  No terceiro trimestre de 2010 verificou-se um crescimento de 2,5% no total de lojas, sendo 1,5% de lojas próprias e 2,9% de lojas franqueadas. Para o 4º trimestre, o setor espera um crescimento de 5,3% no total de lojas, sendo 3,6% de lojas próprias e 5,9% de lojas franqueadas.  No 4º trimestre de 2009, esse crescimento foi de 3,7%. O faturamento total do 3º trimestre de 2010 foi 10,2% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado. Para o 4º trimestre deste ano, espera-se um crescimento de 3,9% sobre o faturamento do quarto trimestre de 2009. O terceiro trimestre de 2010 apresentou um crescimento de 1,8% sobre o faturamento do segundo trimestre deste ano.  Para o quarto trimestre deste ano, espera-se um crescimento de 8,4% em relação ao faturamento observado no terceiro trimestre de 2010. Para as empresas de Alimentação o índice esperado para o 4º trimestre de 2010 é igual a 173. Nesse período, incluindo a expectativa para o quarto trimestre de 2010, verifica-se um crescimento médio da ordem de 3,7% por trimestre.

Alimentação – Faturamento – 3º vs 2º ; 4º vc 3º 

Franquias que comercializa bens – No terceiro trimestre de 2010 verificou-se um crescimento de 2,8% no total de lojas, sendo 1,5% de lojas próprias e 3,2% de lojas franqueadas. Para o 4º trimestre, o setor espera um crescimento de 6,1% no total de lojas, sendo 4,8% de lojas próprias e 6,5% de lojas franqueadas. No 4º trimestre de 2009, esse crescimento foi de 4,4%. O faturamento total do terceiro trimestre de 2010 foi 10,6% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado. Para o 4º trimestre deste ano, espera-se um crescimento de 8,0% sobre o faturamento do quarto trimestre de 2009. O terceiro trimestre de 2010 apresentou um crescimento de 1,8% sobre o faturamento do segundo trimestre deste ano. Para o quarto trimestre deste ano, espera-se um crescimento de 14,1% em relação ao faturamento observado no terceiro trimestre de 2010. Para as empresas que comercializam Bens o índice esperado para o 4º trimestre de 2010 é igual a 183. Nesse período, incluindo a expectativa para o quarto trimestre de 2010, verifica-se um crescimento médio da ordem de 4,1% por trimestre.

Bens – Faturamento – 3º vs 2º ; 4º vs 3º 

Franquias que prestam serviços – No terceiro trimestre de 2010 verificou-se um crescimento de 2,3% no total de lojas, sendo 6,0% de lojas próprias e 2,3% de lojas franqueadas. Para o 4º trimestre, o setor espera um crescimento de 3,6% no total de lojas, sendo 5,7% de lojas próprias e 3,6% de lojas franqueadas. No 4º trimestre de 2009, esse crescimento foi de 2,4%. O faturamento total do terceiro trimestre de 2010 foi 36,0% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado. Para o 4º trimestre deste ano, espera-se um crescimento de 38,9% sobre o faturamento do quarto trimestre de 2009. O terceiro trimestre de 2010 apresentou um crescimento de 8,4% sobre o faturamento do segundo trimestre deste ano. Para o quarto trimestre deste ano, espera-se um crescimento de 17,6% em relação ao faturamento observado no terceiro trimestre de 2010. Para as empresas que prestam Serviços o índice esperado para o 4º trimestre de 2010 é igual a 270. Nesse período, incluindo a expectativa para o quarto trimestre de 2010, verifica-se um crescimento médio da ordem de 6,8% por trimestre.

Serviços – Faturamento – 3º vs 2º ; 4º vs 3º

Os resultados do terceiro trimestre e expectativas para o quarto trimestre, adicionados à série trimestral dos últimos anos evidenciam que os negócios de franquia: bens e serviços mantêm tendência de crescimento real com destaque para o segmento de serviços que cresce a uma taxa média superior ao de bens, sendo este relativamente maior. `O crescimento persistente do setor reflete-se também no crescimento da demanda por maior capacitação profissional em gestão desses negócios` completa Nuno Fouto, coordenado técnico da pesquisa.

Curiosidade – De acordo com as características das empresas ouvidas nesse estudo, pouco mais de 20% delas têm 5 anos de mercado, ou menos. `Mais da metade delas abriram franquias nos primeiros 5 anos, sendo que 22,4% iniciaram com lojas franqueadas já no primeiro ano.O tempo médio para abertura da primeira loja franqueada é de 7 anos e 9 meses` , avalia Nuno Fouto.

NOTÍCIAS RELACIONADAS