Buscando Franquias?

Encontre aqui sua franquia

Escolha pelo menos um opção para sua busca

ABF apóia o seminário Franchising: Tendências e Desafios

31/07/2006

O evento realizado pela FGV no último dia 27, em São Paulo, contou com a participação de executivos do setor de varejo e serviços e profissionais interessados pela área, além da cobertura da imprensa.

Todos motivados para descobrir as novas tendências que o mercado oferece e em ouvir os desafios apontados por especialistas como,por exemplo, Adir Ribeiro, diretor do Grupo Cherto. `O que temos percebido como tendência no franchising é a presença dos multicanais, ou seja, franquias renovadas, que agregam serviços aos seus negócios`, afirma o executivo.

Ribeiro aponta o uso da tecnologia da informação como uma outra tendência. `Como desafio podemos destacar a capacidade de gestão e a transformação do franqueado em um empresário de fato e não  em mais um empregado`, completa.

Para a ABF, o seminário despertou o interesse de novos empreendedores. `A ABF tem grande satisfação em apoiar este seminário, pois além de ser realizado por uma entidade respeitada, como a FGV, serve como sinalizador do setor. As pessoas presentes foram sensibilizadas de alguma forma para um sistema seguro e com excelentes oportunidades de negócios`, Rogério Feijó, gerente de relacionamento da ABF.


Filomena Garcia, sócia-diretora do Grupo Cherto, especializada em varejo, discursou sobre a busca e seleção de franqueados e os perfis ideais. Pontos cruciais para avaliação das características necessárias e desejáveis em um franqueado. `O principal desafio do franqueador é estruturar o que ele quer, onde quer ir e quanto quer investir, além de criar oportunidades e não somente aproveitar as já existentes`.

`O selecionado tem que ter uma sinergia muito forte com a rede, ter paixão pelo que vai escolher. Se ele é um bom gestor, por exemplo, deve buscar uma empresa em que possa aliar essa característica com o tipo de negócio que deseja`, conclui a executiva.

Durante o seminário, Andréa Oricchio, da Viseu, Cunha e Oricchio Advogados, falou sobre condições financeiras, tributárias, aspectos gerais do Contrato Oficial de Franquia (COF) e a respeito das características típicas do sistema. Entre elas, a proteção da marca, definição de território, abastecimentos da rede, know how e a resolução de possíveis conflitos.

A questão da importância da expansão internacional coube a Paulo César Mauro, presidente da Global Franchising. O consultor traçou diretrizes para exportação das marcas e os modelos existentes. `A expansão agrega valor à rede, que reflete no aumento de vendas e lucros, além do ganho da experiência internacional e da prevenção contra a entrada de concorrentes estrangeiros`.

O consultor destaca que existem alguns modelos de sistema de expansão, que podem ser através de joint venture, rede própria e licenciamento de marca, entre outras. Entretanto, defende o sistema de franquias, por considerá-lo um modelo mais completo e seguro.

O encerramento do evento foi marcado pela apresentação da trajetória de sucesso das redes Portoblello e O Boticário, representadas por Juarez Augusto Leão e Sergio Barbi, respectivamente.

NOTÍCIAS RELACIONADAS